RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador Chipre. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Chipre. Mostrar todas as postagens

28 de agosto de 2017

Os burros selvagens que estão dividindo a opinião - Chipre

Só fiquei pensado até quando estes pobres sobreviverão sabendo que a China está comprando pele e carne de burros no mundo inteiro.... 
---------------
Eles se defenderam durante décadas, com uma pequena ajuda de seres humanos.  São os burros selvagens no nordeste de Chipre que estão prosperando! 

Os especialistas estimam que deve haver cerca de 2.000 hoje em dia, vagando pelas colinas, dunas de areia e estradas rurais da remota península de Karpas. Um estudo de campo anterior em 2003, cobrindo uma área de 132 km2, constatou o número em 800-900. "Eles são uma grande atração para os turistas, tanto para os locais e os estrangeiros", disse o guia biólogo no deserto Tugberk Emirzade.  "Eles são animais muito fofos. Eles são muito amigáveis ​​e são interessantes. Eles têm uma história interessante na ilha e devem ser utilizados no turismo ".

Os fazendeiros cipriotas gregos já possuíam burros na área, mas os abandonaram quando fugiram da invasão turca, desencadeada por um breve golpe de inspiração grega, que dividiu Chipre em 1974. Os burros selvagens dos Karpaz são muito amigáveis, desde que achem que você pode ter comida para eles.

O estado cipriota turco separável é reconhecido apenas por Ankara. 
O governo cipriota grego é reconhecido internacionalmente como representando toda a ilha e representa Chipre na União Européia.

O domínio dos burros, no ponto mais oriental de Chipre, é um ponto focal para os peregrinos entre a população cipriota grega e turca da ilha por causa de um mosteiro dedicado ao apóstolo André, um dos primeiros seguidores de Jesus. 

Os burros aguardam ansiosamente os visitantes. Carros significam pessoas, e as pessoas significam comida. Os motoristas freqüentemente encontram pacotes nas estradas estreitas sinuosas com alimentos para serem oferecidos aos burros que enfiam seus focinhos pelas janelas do carro na esperança de uma recompensa. 

Amado por turistas, detestados por alguns moradores que dizem que prejudicam as colheitas e tornam as estradas perigosas, os burros selvagens de Karpas são verdadeiros sobreviventes.

Fonte: LiveLeak
TRadução livre do Google para "O Grito do Bicho"

5 de janeiro de 2017

Voluntários de Chipre lutam para alimentar a crescente população de gatos

Noutro dia uma leitora me perguntou: é melhor matar ou deixar morrer em situações de calamidade onde não há como salvar os animais? Ela se referia aos animais que estão morrendo de fome e doença na Venezuela devido a situação financeira do país. Se fosse comigo, preferia morrer sem sofrimento. Não sei se será o caso destes gatos. Enfim..... vamos ao debate.....
Fonte: BangkokPost
Colaboração: Helô Arruda
----------------------
A lenda diz que uma imperatriz romana trouxe gatos para Chipre para lutar contra cobras venenosas, mas séculos depois é a crise financeira da ilha que está provocando um boom populacional.

Cerca de 1.700 anos depois que a imperatriz Helena enviou os caçadores de bigodes para o país mediterrâneo, os amantes dos animais estão lutando para cuidar de uma população de gatos dispersos

23 de abril de 2015

Um flamingo negro.... lindo!

Nossa amada Helô nos mandou já traduzido e tudo mais. Olha que coisa linda!
-----------------------------------------------

A maioria dos flamingos é conhecida pelo colorido rosa brilhante. Esse mês um flamingo em particular causou excitação entre os estudiosos por causa de sua plumagem negra.

Ele apareceu no Centro Ambiental Akritiri, no Chipre, e os especialistas acreditam que ele seja único. Um caso semelhante foi divulgado em 2013 em Israel e, como os flamingos são migratórios, possivelmente é o mesmo pássaro. A beleza negra acontece por conta de uma condição genética chamada melanismo que cria um excesso de pigmentação escura e torna negra a plumagem.



Para algumas criaturas o melanismo é um benefício pois ao se tornarem negros podem se camuflar na escuridão. Mas flamingos adultos não tem predadores naturais por isso nesse caso é apenas uma questão de ser diferente do resto da família. "Um indivíduo melanístico é muito raro de se encontrar. Basicamente é o oposto do caso de um albino pois neste caso existe uma produção de melanina maior do que o normal" disse Pantelis Charilaou chefe do departamento ambiental da Base Britânica em Chipre. Os flamingos na verdade nascem com as penas cinzentas mas com o tempo elas se tornam rosadas devido à alimentação baseada em camarões e algas. Os camarões contêm canthaxatina que age como um corante natural e colore as penas de rosa brilhante.

Fonte: Mirror Online