Mostrando postagens com marcador Centro Animal. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Centro Animal. Mostrar todas as postagens

05/08/2017

Centro Animal realiza 3,5 mil procedimentos mensalmente - SP

É ão bom saber e ler sobre a ampliação dos programas de cuidados de animais.... Muito legal.... Acho que tem muito veterinário que entra na profissão para atender nestas situações....
-------
Único serviço veterinário gratuito da região funciona anexo ao Centro de Controle de Zoonoses, em César de Souza

Os animais têm ocupado cada vez mais um papel importante nas famílias. Para cuidar da saúde dos cães e gatos, especialmente da população carente de Mogi das Cruzes, a Prefeitura criou o Centro de Bem Estar Animal. A unidade que funciona anexa ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em César de Souza, oferece diversos atendimentos gratuitos para os animais. Por mês, o serviço realiza uma média de 3,5 mil procedimentos. O centro é o único serviço clínico veterinário gratuito da região. 

O Centro de Bem Estar Animal foi inaugurado em outubro do ano passado e recebe um repasse mensal de R$ 100 mil para manter os atendimentos dos animais domésticos. A unidade é gerenciada pela Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Clivepa).

O serviço oferece uma série de atendimentos aos cachorros e gatos. São consultas, aplicações de medicamentos, exames, além de cirurgias gerais, ortopédicas e oncológicas. O Centro de Bem Estar Animal também realiza exames laboratoriais, exames de imagem, curativos, castrações, vacinação, entre outros procedimentos.

O atendimento é voltado apenas para os moradores de Mogi, preferencialmente para a população carente ou inscrita em programas sociais. A unidade também atende os cães e gatos que são resgatados pelo CZZ, que comprovadamente não tenham donos, como os animais errantes, abandonados ou vítimas de maus-tratos.

Para obter atendimento gratuito no Centro de Bem Estar Animal, as pessoas precisam levar alguns documentos, entre eles o RG, CPF, comprovante de endereço de Mogi, além do cartão do Sistema Integrado de Saúde (SIS). O atendimento na unidade é realizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. O período da manhã é dedicado às consultas e retornos. Durante a tarde, são feitas as cirurgias.

Os atendimentos são realizados mediante à retirada de senhas. Elas são disponibilizadas das 8 às 10 horas. A prioridade é para os casos de maior urgência e emergência. O centro não realiza consultas de rotina ou check-ups médicos.

O Centro do Bem Estar Animal funciona na estrada de Santa Catarina, 2570, em César de Souza. Mais informações pelo telefone 4699-1957.

Região atende animais abandonados
As maiores cidades do Alto Tietê contam com serviço de zoonoses, dedicado em sua maior parte ao atendimento de animais de rua. Para população geral, as Prefeituras oferecem o serviço de castração e vacinação antirrábica. Suzano inicia na segunda-feira a campanha de imunização contra a raiva. Em Mogi, a campanha começa na terça-feira. 

Em Arujá, a Prefeitura possui o Canil Municipal, que atende os animais que não têm donos. O espaço oferece serviço de castração, além da vacinação antirrábica para os animais. Para ter acesso à cirurgia, os munícipes precisam ficar atentos aos prazos de cadastro divulgados pela Secretaria de Saúde. No período, os proprietários devem procurar o canil com o RG, CPF, comprovante de residência de Arujá e a carteirinha de vacinação do animal em dia.

Poá conta com a Divisão de Zoonoses que realiza castração, atendimento clínico e cirúrgico para animais abandonados e de protetores. Por mês, a Prefeitura faz uma média de 60 castrações e 60 atendimentos clínicos e cirúrgicos. As pessoas que quiserem denunciar alguma situação de abandono ou risco podem entrar em contato por meio do e-mail: zoonoses@poa.sp.gov.br ou pessoalmente na Divisão de Zoonoses, na rua São Manoel, 361, Vila Amélia. O telefone do serviço é o 4638-1330.

Em Suzano, o Setor de Zoonoses da Secretaria de Saúde não conta com serviço clínico voltado para a população. Os veterinários do departamento realizam atendimento dos animais que podem oferecer risco à saúde pública, como transmissão de doenças. Nestes casos, os especialistas realizam as avaliações e orientações. A cidade também iniciará a partir de segunda-feira a vacinação contra a raiva. Mais informações pelo telefone 4745-2064. (L.N.)

FONTE: portalnews

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪