Mostrando postagens com marcador Caldas Novas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Caldas Novas. Mostrar todas as postagens

24 de junho de 2015

Araras-canindé visitam moradores de prédio em Caldas Novas - GO

Morador 'toma café' na companhia de araras, em Caldas Novas  (Foto: Nilvan Oliveira/Vc no G1)


Gente estes bichos são lindos demais! Que privilégio destes moradores, não?
--------------------------------




video

Aves pousam em frente a apartamento para se alimentar em árvore, em GO.
Biólogo diz que elas são sociáveis, mas não podem ser atraídas e capturadas.

Pelo menos duas vezes na semana, o técnico em eletrônica Nilvan Oliveira, de 56 anos, tem companhias especiais para tomar o café da manhã no apartamento em que mora, no Setor Lago das Brisas, em Caldas Novas, região sul de Goiás. Da janela do 2º andar, ele contempla algumas araras-canindé que costumam pousar em uma árvore e se alimentam de seus

16 de dezembro de 2013

122 cães são retirados em Caldas Novas por ação de prefeitura - Goiás

Esta matéria circulou no dia 09/12/13, mas, não tinha publicado porque tentei apurar se havia alguém no pedaço para resolver a parada. Daí, nosso leitor e companheiro de luta Alexander nos ligou para falar sobre o caso. A ARPA BRASIL está a frente, graças a Deus!
_________________________
foto: Elpides Carvalho
Um sentimento de revolta, tristeza, comoção e compartilhamento ganhou a rede social Facebook, ontem, após ação de retirada de 122 cães, a princípio de forma ríspida, das ruas da maior cidade turística de Goiás. O caso ocorreu, no último final de semana, em Caldas Novas, em uma ação promovida pela prefeitura municipal, por meio do Departamento de Vigilância Sanitária do local, com parceria do Centro de Zoonoses de Goiânia.

A psicóloga e protetora dos animais Roberta Leite, internauta responsável pela indignação na rede, contou à reportagem do Diário da Manhã, que acredita no intuito de limpeza urbanística por causa das proximidades das férias. “A Lei que regulamenta o controle de cães e gatos é clara: só se podem pegar animais doentes, sadios não. 

Além disso, até a forma de capturar e condução dos animais foram erradas. A verdade é que prefeitura resolveu limpar na cidade”, declara.

De acordo com Roberta, partes dos animais capturados foram transportados e amarrados com cordas em carrocerias de veículos irregulares, como Pick Up. “Outros

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS