RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador CCZ Campo Grande. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CCZ Campo Grande. Mostrar todas as postagens

5 de setembro de 2017

CCZ multa pessoas que abandonam animais em Campo Grande - MS





Muito bom, né?
-----------
Multas estão sendo aplicadas a pessoas que abandonam os animais nas ruas e no próprio Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da capital. 



22 de junho de 2017

Para estimular adoção, CCZ faz ensaio fotográfico com animais e servidores

Muito bom!!!! estimular a adoção e castração dos animais domésticos feita por órgãos públicos tem outra repercussão, né mesmo?
-------------
O Centro de Controle de Zoonoses recebe mais de cem animais por mês
Para estimular adoção responsável de animais, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Campo Grande promoveu ensaio fotográfico de cães e gatos recolhidos das ruas da Capital.

Sob lentes de fotógrafos voluntários, o ensaio teve a participação de servidores e aconteceu no fim do mês passado. A divulgação foi feita no Facebook, na página “Amigos do CCZ”.

Em pouco tempo, os cliques dos fotógrafos Antônio Arguello, Marcelo Calazans, André Lopes e Everson Carvalho, entre outros voluntários, tiveram centenas de curtidas e compartilhamentos.

O sucesso foi tanto que o projeto encabeçado por uma Organização Não Governamental (ONGs) acabou repercutindo nacionalmente e foi tema de reportagem especial exibida na noite deste domingo (18) no programa Domingo Espetacular, da Rede Record.

A coordenadora do CCZ, Iara Domingues, explicou que a  maioria dos animais são resgatados da rua e levados ao centro bastante debilitados.

“Geralmente eles chegam sujos, vítimas de alguma violência, maus tratos ou atropelamento. No CZZ ele recebe todo o cuidado necessário, se recupera e é colocados para adoção”. Segundo a coordenadora, o Centro chega a receber de 150 a 200 animais por mês.

O interessado em adotar precisa ser maior de 18 anos e, no ato da adoção, apresentar RG, CPF, comprovante de residência recente, além de assinar um termo se comprometendo a cuidar do animalzinho, que agora passa a ser de responsabilidade dele.

FONTE: correiodoestado