Mostrando postagens com marcador CCZ. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CCZ. Mostrar todas as postagens

18/11/2017

Ong denuncia medicamentos vencidos em CCZ de Mogi das Cruzes

Vejam isto, minha gente!!!!!!!!!!! sem palavras!!!!!!!!!!! com a cumplicidade de veterinários? não vão se justificar não? que vergonha para a classe o comportamento destes profissionais que lá trabalham...
--------------
Uma Ong de Mogi das Cruzes encontrou vários remédios com datas de validade vencidas no Centro de Controle de

14/09/2017

Morador de Marília acumula animais e é acusado de maus-tratos

Minha nossa.... Que imundice.... Bem, espero que os coelhos não tenham o destino que não queremos imaginar....
----------------
Uma denúncia levou agentes da zoonoses e a polícia a uma casa no Bairro Palmital, em Marília. Vizinhos reclamaram de maus-tratos contra animais, que ficavam em local com

02/09/2017

Animais de estimação abandonados precisam de um novo lar em Bauru

Sinceramente, achei a matéria muito bem feita.... Aquele cachorrinho velhinho é demais..... Se estivesse lá em Bauru teria pego ele.... E se tivesse grana, ia traze-lo para o Rio mesmo sabendo que por aqui está cheio de velhotes iguais..... Na verdade, acho que estou ficando meia detraquê (amalucada) quando falo da minha primeira reação já que não tenho mais condição de nada kakaka.... leitores, me perdoem.... 
------------
A adoção de animais é uma atitude que vem conquistando corações das pessoas. Mas mesmo assim, os casos de maus-tratos e abandono de animais ainda preocupa organizações e protetores dos animais.

05/08/2017

Voluntários doam cochos para animais não passar frio nesse inverno - Campina Grande - PB

Todos que nos acompanham sabem o quanto procuro ser justa apontando o que vai em rumo errado e o que vai em rumo certo na causa de defesa animal. Estes meus apontes são, evidentemente, para que as pessoas reflitam e definam melhor sua condução dentro da causa.

Este trabalho mostrado na matéria abaixo eu quero aplaudir com todas as minhas forças!!!!! Temos que ficar ali, ao lado do executivo, pentelhando, cobrando, mostrando como fazer, contribuindo e mostrando o que é trabalhar bem e direito. 

Parabéns à estas pessoas muito promissoras em se tratando de conseguir melhoras para as condições dos animais. Fiquei encantada e, também, ao conhecer estes cochos feitos de pneus velhos que serão muito aproveitados. Alô SUBEM aqui no Rio. Reciclagem de material que é uma desgraceira para o meio ambiente. O Face da Cassandra que é dona de um pet shop é este . Acho que do Projeto 4 Patas é este.

27/07/2017

DF não tem cemitério público para animais

Gente do Céu!!!!! a capital do país não tem cemitério de animais!!!! inacreditável!!!!! agora, me diz uma coisa, os animais não adotáveis são mortos? Vejam bem o que diz a matéria. Sabemos que tem casos e casos, mas, não tem nenhuma ONG lá que possam tentar uma segunda chance para aqueles animais? Provavelmente, não há pessoal para tratamento no CCZ. Então porque não fazem convênio com uma ONG para fazer tratamento nos animais e dar nova vida à eles? Olha como os bichos estão tristes.... Sarna dá muito bem p´ra tratar.... aliás, dá para tratar de todos..... Será que nossos companheiros do DF não poderiam dar uma olhadinha e saber porque não dão atendimento clínico aos animais? Se precisarem, pressionamos todos juntos. É só avisar.
--------

19/05/2017

Voluntários fazem ensaio pet em estúdio no CCZ para estimular adoção de gatos - MS

Muito legal.... jamais pensei estar viva para ver isto.... CCZ era local de matança e hoje, veja só..... Penso que trabalhamos bem....
------------------------
Ideia surgiu para divulgar cães e gatos, adultos e filhotes, que aguardam adoção recolhidos no Centro de Controle de Zoonoses, em MS.

À espera de adoção responsável, gatos recolhidos no Centro de Controle de Zoonoses de Campo Grande foram modelos em um ensaio fotográfico feito por voluntários no último fim de semana.

O objetivo das fotos é divulgar e estimular a adoção dos animais, segundo a servidora pública Adriana Freitas, que também é fotógrafa profissional e defensora de causas ambientais.

Ela contou ao G1 que o trabalho divulgado nas redes sociais teve repercussão positiva logo nos primeiros dias.

“Procuramos fazer uma parceria com a diretoria para mudar a realidade desses animais que foram entregues lá e ficam muito tempo sem conseguir adoção. Conversamos com a nova diretora e ela falou que a dificuldade maior era em relação aos gatos”, explicou.

Adriana já tinha feito curso profissionalizante de fotografia para ajudar na causa animal, por isso, teve a ideia de fazer o ensaio fotográfico com ajuda de colegas de curso e do professor, Luciano Muta.

“Montamos um estúdio dentro do próprio CCZ, com ajuda de alguns colegas, para tentar mudar um pouco esse cenário e essa imagem que as pessoas têm do CCZ, porque muitos animais já são entregues vítimas de maus-tratos, mas lá são bem cuidados”, reforçou.

O professor de Adriana e também fotógrafo profissional, Luciano Muta, teve ajuda dos assistentes Adriana Freitas, André Lopes e Bruna Barbosa, que acabaram de se formar no curso de fotografia que ele dá aula.

Ele conta que foi a primeira experiência de trabalho com animais e que, apesar do comportamento mais inquieto dos gatos, o resultado foi bacana.

“Como o registro é rápido, a gente consegue um bom trabalho mesmo assim. Aceitei o convite por ter sido, pra mim, a primeira vez. Sempre quis fazer esse tipo de trabalho voluntário, para mostrar que todos os animais que estão procurando um lar são lindos”, contou.

Pelo menos 15 animais foram fotografados no mesmo dia, em um estúdio improvisado montado no próprio CCZ. Satisfeitos com o resultado do primeiro ensaio pet, os voluntários agora planejam fotografar também cães do CCZ.

“Não existe um lugar para obter um bom resultado na fotografia, qualquer lugar pode ser bom, esse é o desafio dentro da fotografia. Estou ansioso para fazer o ensaio dos cães, que será daqui 3 semanas, e espero obter os mesmos resultados”, finalizou.
Serviço
O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) fica na avenida Senador Filinto Müller, 1.601, na Vila Ipiranga, em Campo Grande. As adoções podem ser feitas de segunda a sexta, das 17h às 19h e aos sábados, domingos e feriados, das 14h ás 19h. Mais informações pelo telefone (67) 3314-5000/5001.


FONTE: G1

22/04/2017

Ministério Público aciona a Justiça contra maus-tratos de animais em Caratinga

Que mundo é este? ter que representar contra o poder público por ele não estar fazendo sua parte?eita paisinho!!!!!!
------------------------
O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 5ª Promotoria de Justiça de Caratinga, no Vale do Rio Doce, ajuizou, na última semana, duas ações contra o município, a fim de executar Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) não cumpridos pela administração.

Os acordos buscavam a implantação de um novo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e a adoção de políticas públicas eficientes no controle populacional e na proteção dos animais domésticos da cidade, inclusive de medidas paliativas durante a construção do novo Centro.

Os TACs foram firmados após o MPMG apurar, em 2013, a prática de maus-tratos contra animais mantidos no canil municipal e a inadequação das instalações do local. Entre os problemas verificados, estavam a manutenção dos bichos em ambiente insalubre, sem água e comida, falta de funcionários e a prática de eutanásia constante em animais doentes.

Apesar de ter se comprometido a adequar o funcionamento do canil às normais legais, a administração não cumpriu a obrigação. Diante disso, em março do ano passado, a fim de se regularizar o CCZ da cidade, outro acordo foi firmado pelo MPMG com o município. Dessa vez, a administração cumpriu apenas parte do ajuste, tendo providenciado local adequado e provisório para manter, tratar e dar destinação adequada aos animais de rua até o efetivo funcionamento do novo Centro e, ainda, promovido a desocupação do antigo local.

Porém, conforme o promotor de Justiça Igor Augusto de Medeiros Provinciali, em relação às demais cláusulas do acordo, o município se mostrou omisso, não comprovando seu cumprimento. “Apesar de ter apresentado os projetos de execução do novo centro, a administração não informou ações que comprovassem o início da execução. Também não comprovou o envio de projeto de lei à câmara para normatizar o controle das populações dos animais domésticos e a prevenção das zoonoses no município. Expirado o prazo de 12 meses para o cumprimento das obrigações, o MPMG verificou a necessidade de execução do acordo”, explica.

Pedidos
Nas ações, o MPMG pede que o município pague a multa de R$100 mil, decorrente do descumprimento do acordo, e demais valores que vierem a vencer no curso do processo; que finalize, no prazo de 90 dias, a construção do Centro de Controle de Zoonoses e o dote de estrutura material e de pessoal mínimo, com servidores capacitados; que apresente ao MPMG, em 30 dias, cópia do projeto e do cronograma das obras, contendo licenças ambientais, obras de saneamento básico, iluminação e fornecimento de água potável; que recolha apenas animais nocivos à saúde e à segurança da população, que estejam em fase de doença terminal ou que apresentem quadro irreversível de saúde; que realize campanhas de adoção dos animais recolhidos, entre outras medidas.

Para garantir o cumprimento das obrigações, o MPMG pede o bloqueio de verba dos cofres municipais e a execução das obras por terceiros, caso os prazos não sejam atendidos.

De acordo com Igor Augusto, a responsabilização do gestor público anterior e de pessoas que possam estar dificultando o cumprimento de parte do TAC assinado está sendo apurada. A ação de execução das obrigações de fazer foi distribuída à 2ª Vara Cível de Caratinga

FONTE: hojeemdia

05/04/2017

Recaptura de animais deve ser reiniciada - Ji-Paraná - RO

Sou radicalmente contra animais na rua. Recolher acho ótimo. PORÉM, deve-se ter um local decente para levá-lo para serem tratados, castrados e adotados. A sociedade que abandona seus animais nas ruas deve ser penalizada. 

Além disto, todo município deveria ter uma taxa específica para que se tenha um atendimento destes animais com dignidade. Aí o cidadão seria o controlador de outro cidadão que abandonasse estas vítimas nas ruas. Simples assim.

Agora, a turma desta Prefeitura deve saber que não pode mais matar, né? Será que tem alguma ONG de proteção naquela área?
----------------
O serviço estava parado devido problemas na bateria do veículo usado para capturas.
O Centro de Controle de Zoonoses fica localizado na rua Mil e Cem, próximo a Linha 94

As constantes reclamações ao Centro de Zoonoses (CCZ) de Ji-Paraná, divisão subordinada a Secretaria de Saúde (Semusa), sobre a proliferação de animais, especialmente de cães e cavalos soltos nas vias públicas aumentaram nos últimos meses. Recentemente, o serviço estava parado em decorrência de problemas na bateria do veículo usado para capturas de cachorros, mas já foi solucionado segundo o diretor Antônio Adair Filho.

Segundo Adair Filho os pedidos para retirar animais, principalmente cães, aumentou bastante nos últimos meses. Entre os bairros de onde parte a maioria das solicitações estão o Nova Brasília, Dom Bosco, Parque São Pedro e Presidencial. De acordo com ele, os próprios donos dos animais os abandonam nas ruas, colocando em risco a saúde pública. “O correto é entregá-los no Centro de Controle de Zoonoses, e aqui fazemos uma avaliação do estado que o animal se encontra”, declarou.

Ainda segundo Antônio Adair, a equipe que o ficou substituindo já está elaborando um calendário de capturas tanto de cães quanto de equinos (cavalos). Ele frisou que os dois veículos estão funcionando normalmente e que o serviço abrangerá todos os bairros, mas primeiramente os que mais registram reclamação por parte da população. O Centro de Controle de Zoonoses fica localizado na rua Mil e Cem (390) com a rodovia estadual – avenida Edson Lima do Nascimento (antiga Linha-94). “Os donos de cães e gatos que não queiram mais ficar com seus animais, em vez de abandoná-los nas vias públicas, podem deixá-los no Centro de Zoonoses”, concluiu Adair Filho.

Doenças 
De acordo com o Centro de Zoonoses, a população deve tomar cuidado com os animais soltos nas vias, eles podem transmitir doenças como: Ebola, Henipavírus (transmitida por morcegos) Raiva (cães, gatos e mamíferos), Febre de Nilo Ocidental (Aves); Febre hemorrágica (carrapatos) e Hantavirose (roedores).

08/02/2017

Defensor de animais com leishmaniose assume CCZ e quer fim do 'descarte' - Campo Grande

Todas as pessoas que fossem ocupar cargos do gênero teriam que ter este perfil, não?
------------------------
Veterinário quer incentivar adoção pare evitar cães e gatos 'no lixo'

Pela primeira vez, o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses de Campo Grande) deve passar por mudanças na política de recolhimento e doação de bichos. O veterinário e professor da universidade federal de Mato Grosso do Sul, André Luis Soares da Fonseca, defensor do tratamento em cães com leishmaniose, assume o órgão e quer incentivar a adoção para acabar com o 'descarte' de cães e gatos.

Como profissional, André fez duras críticas à

13/01/2017

Vistoria encontra estrutura precária no CCZ de Suzano

É difícil encontrar neste país um local público decente..... principalmente, se animais estiverem envolvidos...
-----------
Representantes da administração municipal de Suzano fizeram uma vistoria nesta quarta-feira (11) no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Suzano e encontram uma estrutura precária. Na primeira sala por onde passou o secretário de Saúde, Luís Cláudio Rocha Ruillaumon, não havia computador e nem estrutura para os 11 funcionários trabalharem.


 Em outra sala, havia pouco espaço para ração, geladeira e outros equipamentos.
"Nós viemos na sexta-feira passada, inicialmente não tinha veterinário presente, embora a Prefeitura de Suzano tenha quatro veterinários concursados para prestar serviço também para o canil municipal,

10/08/2016

CCZ vai pedir autorização no MP de Cachoeiro para disponibilizar adoção de cachorro agredido por idosa - ES

Este pessoal que não lê direito as coisas, acaba falando um monte de besteira. Há uma semana li em vários locais da rede social que este cão tinha morrido..... Pelos calos do profeta!!!!!! Há paciência!!!!! Leiam sobre o caso AQUI e vejam as notícias:
----------------------------
O animal permanece internado em um clínica particular do município e tem apresentado melhoras significativas no quadro de saúde. Ele já anda e se alimenta normalmente 

O Centro de Controle de Zoonoses de Cachoeiro de Itapemirim vai buscar uma autorização judicial junto do Ministério Público (MP) para disponibilizar para adoção o cachorro Ambrósio, que sofreu

26/07/2016

Dia de passear com cães no CCZ de São Paulo




Gente, achei a matéria bacaninha!!!!!! muito boa..... tomara que muita gente se anime e faça parte do trabalho.....
---------------------------


Sugiro que vejam esta matéria apresentada no mesmo programa: Minha família é o bicho: vovós elefantas

04/07/2016

Pitbull mata outro cão, assusta moradores e é capturado pelo CCZ Santarém - PA

Este pobre coitado teve sorte de não ser morto da forma mais violenta possível. E o pobre cachorro que ele matou? como é que fica? cade os donos irresponsáveis? ô nojo!!!!!
-------------------------
Animal atacou dois cachorros nesta quinta (30), no residencial Salvação.
Moradores acionaram o CCZ com medo que ele atacasse crianças.
Um cão da raça pitbull foi capturado pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) após atacar dois cachorros e matar um deles na manhã desta quinta-feira (30) no Residencial Salvação em Santarém, oeste do Pará. Os moradores acionaram o órgão com medo que o animal atacasse crianças no local.


Segundo moradores, o animal apareceu solto na manhã desta quinta pelas ruas do residencial. Quem presenciou a cena da briga entre os cães ficou assustado. Muitos moradores ficaram com medo

07/06/2016

Cães e gatos morrem após cirurgias no castramóvel em Poços de Caldas - MG

Sinceramente, acho que deve ter faltado mesmo os devidos cuidados pós-operatórios com os animais. Se em plena cidade a gente explica explica explica e as pessoas fazem errado, que dirá numa fazenda.....
--------------------
Sete animais, entre gatos e cachorros, morreram após serem castrados pelo serviço do castramóvel, oferecido em Poços de Caldas (MG).  Segundo o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), os animais eram três gatos e quatro cachorros e todos foram castrados em uma fazenda, na zona rural do município.


De acordo com o CCZ, os bichos teriam morrido por que os donos não cumpriram as exigências do período pós-operatório. A direção do CCZ informou ainda que faz o acompanhamento de todos os

14/03/2016

Vídeo de carro arrastando corpo de animal gera polêmica na internet - Juazeiro do Norte - CE



Bem, no caso a polícia deveria entrar no circuito por dois motivos: descobrir o carro que arrastava o animal pela cidade e apurar a denuncia de que os animais de porte grande estão passando fome na Unidade do CCZ daquela Prefeitura.
------------------------------


04/03/2016

Centro de zoonoses de Porto Ferreira cadastra donos de animais para castração da fêmea - SP

Tenho muito orgulho de ter contribuído para  implantação do conceito de que castração é uma obrigação governamental em nome da saúde pública de uma cidade. Conceito este que segue pelo país afora..... Como pioneira em 1995, consegui derrubar a muralha que separava o bom gestor público das questões ligadas aos direitos dos animais.  Axé para Márcio Figueiredo, Rosinéa Fernandes, Osvaldo Luis e Ronaldo Gazolla que permitiram tornar meu sonho uma realidade aqui no Rio de Janeiro  e que serviu de start para todo país..... Como sou feliz, minha gente!!!!!!!
-----------------------


02/03/2016

Estudantes denunciam maus-tratos a animais durante treinamento em CCZ

Patifaria...  imperdoável.... gente nojenta... insensível!!!!!! Aqui no Rio, a inesquecível protetora Lya Cavalcante me procurou e fizemos, juntas, cachorros de pano para treinamento dos soldados do exército que antigamente participava das campanhas de vacinação. Isto em 1993. Gente medíocre lá do CCZ de Palmas!!!!! todos sabem que a laranja pode ser usada como treinamento para aplicar a injeção. O manejo pode ser aprendido sem maltratar nenhum animal, pô!!!!  Pior foi estes estudantes que aceitaram fazer isto, embora alguns tenham denunciado.... Que adiantou se os animais foram sacrificados depois de uma série de picadas de "soro"? fala sério, soro? sempre foi água mesmo.....  Se quiserem apresentar seus protestos contra o CCZ da Prefeitura de Palmas usem este caminho: Ouvidoria Prefeitura de Palmas.  Detalhe é que eles fazem castração e adoção.... Como podem ser tão contraditórios?
------------------------
Alunos foram convidados para participar da campanha antirrábica de Palmas.
Apenas três animais teriam sido disponibilizados para dezenas de estudantes.

Estudantes do curso de medicina veterinária do Centro Universitário Luterano de Palmas denunciaram nesta sexta-feira (26) maus-tratos a animais do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da capital, durante um treinamento para uma campanha

21/01/2016

Donos de animais apreendidos nas ruas ameaçam equipe do CCZ - Feira de Santana - BA

Quando é que isto tudo vai acabar? Gente, quando eu estava conveniada com a Prefeitura, usava a "carrocinha" para ir nas favelas fazer nosso programa de atendimento às comunidades. Eu quase pulava no gogó das pessoas que vinham pedir para levar animais.... crianças, então, era a maioria.... E isto foi de 1997 à 2001. Eu respondia: vou levar é você, seu coisa ruim..... Ô nojo!!!!!!! Agora, não sou a favor de deixar bichos na rua em hipótese nenhuma....
------------------------
Donos de animais apreendidos pela equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), por estarem soltos nas ruas de alguns bairros, não apenas demonstram insatisfação com as ações, mas ameaçam verbalmente os funcionários que participam das equipes.

Ameaçar ou desacatar servidor público em exercício da função ou razão dela é crime previsto no Código Penal. Se condenado, o autor da ameaça pode pegar de seis meses a dois anos de prisão, ou pagar multa.

Apreensões na Asa Branca, na região do Centro

07/01/2016

Prefeitura desiste de construir Centro de Controle de Zoonoses - Londrina - PR

O secretário é inteligente.... é muito mais barato apoiar as ONG´s do que montar uma estrutura governamental para fazer o que fazemos por amor e com total competência. É o que a companheira da ADA falou: nós fazemos por amor, mas, temos que ter o mínimo.... 

Se estes caras do executivo soubessem que pensar não dói, estaríamos bem de vida!!!!! aliás, viram o que é ação do executivo? se fosse com esta papagaiada de procurar político do legislativo a coisa só fica no nível do engana que eu gosto..... Temos que perturbar prefeito, governador, secretários de saúde/educação/meio ambiente .... isto dá certo, eu garanto!!!!! Já era hora da proteção animal aprender isto, pô!!!!!!
-------------------------

Segundo o Secretário de Saúde, Gilberto Martin, a avaliação é que sai mais barato fazer parceria com as Ongs que recolhem e cuidam de animais abandonados.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪