Mostrando postagens com marcador Barretos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Barretos. Mostrar todas as postagens

30/08/2017

Entidades do rodeio comemoram aprovação da PEC da Vaquejada

Enquanto esta regulamentação não acontece ainda podemos tentar alguma coisa para impedir a realização de rodeios.... Depois da Regulamentação, teremos que usar as próprias exigências para interditar, entende? São duas estratégias diferentes....
-----------
Confederação Nacional de Rodeios aguarda publicação de regulamentação entregue ao MAPA, na abertura da Festa do Peão de Barretos.

Entidades ligadas ao rodeio comemoraram a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Vaquejada, pela Câmara dos Deputados, em junho. A PEC autoriza a prática de atividades de montaria no Brasil, consideradas patrimônio cultural, como a vaquejada, o rodeio e do laço, desde que assegurem o bem-estar dos animais utilizados.

Para que a PEC possa valer, é necessária uma regulamentação específica para cada modalidade. A proposta de normas para o rodeio, no que compete à disputa de montarias e as provas cronometradas, foi entregue pela Confederação Nacional de Rodeios (CNAR) ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, durante sua visita à Festa do Peão de Barretos.

A expectativa da Confederação é que essa proposta seja avaliada e aprovada pelo MAPA para ser promulgada em breve, segundo o diretor Emílio Carlos dos Santos, o Kaká. “A vaquejada foi a primeira a entregar uma proposta e teve a publicação muito rápida”, disse.

A proposta de regulamentação trata do bem-estar dos animais, com regras para transporte, acomodação e condições de apresentação, entre outras, e também sugere punições para quem não as cumprir. "Se as normas forem seguidas, não há maus-tratos e não há nem como criminalizar o rodeio. Nossa preocupação é se os estados e municípios têm condições de realizar a fiscalização dos eventos porque o nosso objetivo é excluir os que não fazem direito”, diz Santos.

Para o presidente do clube Os Independentes, associação que organiza a Festa do Peão de Barretos, Hussein Gemha Júnior, a PEC irá acabar com os boatos sobre maus-tratos de animais nas competições.

“A PEC veio numa hora essencial. Tinha muita conversa sobre maus tratos e uma mentira contada muitas vezes vira verdade. A PEC vai dar condição, legitimidade e chancela de que o que está sendo feito é o correto. E se alguém tiver coisa errada vai pagar por isso", afirma.

Durante a discussão da PEC, o clube Os Independentes tomou a frente da defesa dos rodeios e enviou aos parlamentares um dossiê sobre a prática do rodeio em Barretos, com explicações detalhas sobre os procedimentos realizados.

O presidente da União Nacional do Rodeio (UNR), Esnar Ribeiro, também acha que a lei veio em boa hora. “A PEC foi uma sorte porque o rodeio é tão grande que as pessoas do interior não imaginam que uma canetada pode acabar com uma cultura de 60 anos,
 e esse levante dos ambientalistas contra o rodeio poderia ser muito prejudicial sem essa lei”, diz.
Já o diretor de veterinária e de rodeios da Festa do Peão de Barretos, Marcos Sampaio de Almeida Prado, o Kiko, acredita que a PEC vai por fim às discussões sobre maus-tratos dos animais e dar tranquilidade aos organizadores de rodeios.

“As pessoas que são radicalmente contra não conhecem o trabalho, não conhecem o sistema do rodeio. Nós estamos abertos e convidamos todas as ONGs de proteção animal para vir aqui ver o que acontece, mas elas não vêm. Agora não vai ter mais discussão porque é lei”, afirma.


FONTE: G1

29/08/2017

Movimentando R$ 3 bi, rodeios geram discussão sobre tradição e maus-tratos

É uma novela bem antiga!!!! só que a sociedade já concluiu e se manifesta sempre contra rodeio porque é maus-tratos aos animais sim..... Os políticos que estão no congresso, graças ao "dinheirinho extra", votaram que não é assinando a maldita PEC 50. Se a proteção animal fosse rica, poderia ter comprado aqueles canalhas, né mesmo? Que vergonha nosso país funcionar deste jeito..... eita povinho despreparado.... estamos afundando geral  na "caquinha"!!!!!
----------- 
De um lado, um mercado que fatura mais de R$ 3 bilhões, realiza cerca de 2.000 provas por ano no país e se apega às tradições culturais do campo. De outro, entidades de proteção animal e ações judiciais que já resultaram no cancelamento de eventos país afora.

Em tempos cada vez mais polarizados entre defensores e críticos dos rodeios no país, é possível afirmar que existe um rodeio "ideal"? Sim. E não.

Enquanto para organizadores as provas se profissionalizaram e, ao menos nos principais eventos do país, seguem uma série de normas de proteção e bem-estar para touros e cavalos, para ONGs de defesa animal o "ideal" é a não realização de rodeios.

A Folha ouviu entidades ligadas aos rodeios, que listaram medidas adotadas nos últimos anos para proteger os animais.

Barretos –que até o dia 27 realiza a sua tradicional Festa do Peão de Boiadeiro–, por exemplo, cancelou há dez anos a prova do laço, devido à falta de um redutor de impacto para proteger os bezerros e também deixou de organizar a competição de bulldog (imobilização de um bezerro pelo pescoço), na qual um animal morreu em 2011.

Nas competições na cidade e nos principais eventos do país o uso de esporas pontiagudas é proibido, os animais ficam pouco tempo no recinto que abriga o rodeio –para sentirem menos o barulho e a iluminação das arenas– e são analisados por veterinários antes e após as montarias.

O evento é um dos feitos sob chancela da ABTR (Associação Brasileira dos Criadores de Touros de Rodeio), que surgiu para defender os donos de boiadas, segundo o tropeiro Paulo Emilio Marques, presidente da entidade.

"A ideia é sempre pensar no animal, no horário para começar e terminar a jornada. Se as provas vão começar às 22h, ele não precisa chegar às 17h, pode chegar 19h30, 20h. E precisam ficar bem instalados." Seus animais são submetidos a rações balanceadas e exames de sangue a cada dois meses.

Em Itu, há dez anos foi assinado um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) entre a organização e o Ministério Público que prevê medidas que prezem o bem-estar dos animais.

O acordo prevê que os bois fiquem no máximo quatro horas no recinto das provas, que não sejam transportados em caminhões superlotados, que os shows só comecem após todos os animais serem retirados e analisados por veterinários e não sejam usados em montarias por dois dias seguidos.

"Não temos queima de fogos mais e os bretes [onde os touros ficam antes das montarias] não são próximos a caixas de som, assim os animais têm proteção acústica melhor. Se todos adotassem medidas assim, seria muito melhor para os animais", disse Ana Paula da Silva Dótoli, veterinária do rodeio de Itu. O TAC prevê ainda que um veterinário indicado pela Promotoria fiscalize o rodeio.

Na PBR (Professional Bull Riders), os touros ainda são filmados no embarque e desembarque, conforme o diretor Adriano Moraes, tricampeão mundial. "A PBR tem padrão e manejo próprios, o mesmo da PBR na Austrália, nos EUA e no Canadá, sempre prezando o cuidado com o animal."

Presidente de Os Independentes, que organiza a Festa do Peão de Barretos desde 1956, Hussein Gemha Júnior disse que o bem-estar sempre foi preocupação do evento, que usará cerca de 240 touros nos 11 dias de provas.

NÃO RESOLVEM

Todas essas medidas são paliativas, na avaliação de ONGs, que buscam cada vez mais coibir a realização de rodeios usando os mais variados argumentos.

Desde o último ano, ao menos seis eventos com montarias em touros foram proibidos pela Justiça após ações de entidades de proteção animal em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina.

Na maioria dos casos, a Justiça veta o uso de instrumentos nos animais, o que, na prática, inviabiliza o evento.
O principal argumento é de que o sedém (corda de lã presa nos touros antes das montarias) causa sofrimento, é instrumento de tortura e o animal pula na arena para tentar se soltar.

"Mas não é só o sedém, ele é um dos que causam sofrimento. Os animais sofrem de todas as formas, com choques, estresse e tortura psicológica", disse Vanice Orlandi, presidente da Uipa (União Internacional Protetora dos Animais).

Além desse argumento, entidades têm usado um decreto de 1995 do ex-governador Mário Covas (1930-2001) para tentar coibir os rodeios. O decreto veta rodeios no perímetro urbano das cidades. Mas ele não atinge todos os rodeios. O de Barretos, por exemplo, é feito na zona rural.

A brecha foi encontrada pela ONG Amor de Bicho Não Tem Preço, que conseguiu barrar rodeios na região de Campinas. Para Claudia de Carli, dirigente da entidade, os rodeios usam os argumentos culturais para acobertar maus-tratos.

O argumento dos rodeios é o de que o sedém apenas estimula os animais, que já pulam por índole. "Ele só incomoda. Estamos muito evoluídos em relação a isso. Somos os mais interessados em tratar bem nossos animais", disse Marques.

FONTE: Folha de SP

14/08/2017

Festa de Barretos busca 'padrão Fifa' em rodeios e celebra PEC da vaquejada

Como sempre, minha "ídola" e mestre Vanice Orlandi dando o correto recado para estes mequetrefes que insistem nestas argumentações idiotas sobre que sejam maus-tratos. Estes caras que exploram rodeios e vaquejadas podem estabelecer o que  sejam maus-tratos se eles são os únicos que os promovem nos animais? É tão surreal que assusta qualquer um que consiga somar 2+2..... As argumentações daquele nojento do Paulo Emílio é de doer as cáries dos dentes.... ô nojo!!!!!
--------------
Arenas com pasto separado para bois, limpo, com sombra, água potável e pista com areia em quantidade adequada para os touros pularem soltos. Animais preservados, que só chegam às provas momentos antes, para não se estressarem com a iluminação e o barulho característico das festas de peão no Brasil.

Para tentar amenizar as críticas aos rodeios, donos de boiadas de todo o país se uniram para criar regras para eventos "padrão Fifa" em relação ao bem-estar animal.

O formato será colocado à prova na Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos (a 423 km de São Paulo), que abre sua 62ª edição na próxima quinta-feira (17).

Criada há três anos, a ABTR (Associação Brasileira dos Criadores de Touros de Rodeio) tem hoje cerca de 40 tropeiros, que reúnem 1.800 touros. "A ideia foi exigir que eventos sigam as regras e ter uma associação para nos defender. Falam [ONGs] que touro é maltratado e era cada um por si, não tínhamos união. Agora temos condutas e regras", disse o tropeiro Paulo Emilio Marques, presidente da ABTR e que teve em seu plantel o lendário touro Bandido, que morreu de câncer em 2009 e ganhou fama nacional na novela "América" (2005).

Peão cai e tenta sair de baixo do touro após participar de montaria na festa de peão de Barretos - 18.ago.2016 -
Pierre Duarte/Folhapress
De acordo com ele, os organizadores de rodeios precisam fornecer boas condições para os animais antes das provas, sob o risco de o evento não ser realizado. Isso inclui horário para começar e terminar as disputas, a chegada dos animais aos locais pouco antes das montarias –em vez de aguardarem por horas a fio a sua vez de entrar nas arenas– e a permanência num pasto à parte, para descansarem.

O crescimento da ofensiva dos criadores de touro coincide com a aprovação da PEC 304, que definiu não considerar "cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, desde que sejam manifestações culturais [...] registradas como bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro".

"Encaramos a aprovação da PEC como uma vitória do rodeio. A regulamentação e o reconhecimento favorecem diretamente o rodeio. Demonstra claramente que é reconhecida pela Constituição a força cultural e também econômica do rodeio", disse Marcos Sampaio de Almeida Prado, diretor de Rodeio da Festa do Peão de Barretos.

Segundo ele, a festa deste ano terá foco forte na valorização do rodeio como esporte e três disputas –finais da PBR (Professional Bull Riders), braço brasileiro do circuito norte-americano, da Liga Nacional e o Barretos International Rodeo.

Como novidade, a programação terá um duelo entre os cinco melhores competidores e os cinco melhores touros, valendo R$ 10 mil ao vencedor. Só na etapa internacional serão distribuídos R$ 370 mil em prêmios.

Touros frutos de melhoramento genético –normalmente filhos de animais famosos como o próprio Bandido– chegam a custar até R$ 250 mil. Paulo Emilio tem 250 animais, dos quais cerca de 30 estarão em Barretos para as provas no estádio de rodeios projetado por Oscar Niemeyer (1907-2012).

RISCO
Entidades de proteção animal alegam que as provas que usam animais, como rodeios e vaquejadas, causam maus-tratos aos bichos e deveriam ser banidas. Elas afirmam que os touros só pulam por sofrerem tortura com o sedém (cinta de lã colocada na virilha dos animais) preso aos testículos e choques elétricos antes das montarias e por ficarem estressados devido à iluminação e ao barulho das arenas.

"Qualquer medida que tomem será paliativa, para tentar nos calar. Muitas provas são de perseguição a animais e isso, por si só, já é uma tortura. Nenhum animal entra numa arena em fuga se não sofrer antes", disse Vanice Orlandi, presidente da Uipa (União Internacional Protetora dos Animais).

Segundo ela, a crueldade é inerente aos rodeios e vaquejadas e o tipo de solo das arenas não muda isso. "Se o animal vai cair na areia fofa ou não, não importa, o certo é que ele não seja perseguido e jogado ao chão."

Já Paulo Emilio afirmou que o sedém é apenas um estímulo e não agride o animal. "Ele gera um incômodo, apenas para dar estímulo. Machucar, como falam, é outra coisa, bem diferente. Um jóquei usa chibata na mão, mas apenas para estimular, não para machucar o cavalo nas provas. Estamos muito evoluídos, esse pessoal não tem noção. É questão de índole. Tem boi que você solta e ele sai andando, enquanto outros pulam mais do que deveriam."

A Festa do Peão de Boiadeiro acontecerá entre os dias 17 e 27 de agosto, no Parque do Peão, em Barretos. Os ingressos custam de R$ 20 a R$ 1.200.

Fonte: Folha de São Paulo

17/04/2017

Inseparáveis, cadela e marreco chamam atenção em passeio pelas ruas de Barretos - SP

Dia 12 publicamos um caso parecido. Este aqui abaixo é bem bonitinho....
------------------
Uma amizade inusitada chama a atenção dos moradores de Barretos (SP). Inseparáveis, o marreco Patolino e a cadela Paloma saem toda tarde para passear com o dono, o aposentado Antônio Villas, e chamam muita atenção pelas ruas onde passam.

“Não é todo dia que você vê um pato andando atrás de um cachorro. Para você ver que os animais são bastante sociáveis, enquanto o ser humano mata o outro. É uma lição de vida para nós”, afirma o motorista de ônibus Antônio Carlos da Silva.

Paloma e Patolino moram no orquidário do aposentado, onde também vivem três gatos persas e algumas calopsitas. Mas, o idoso diz que, entre os bichos de estimação, a cadela e o marreco são os únicos que estão sempre juntos.

Villas conta que comprou Patolino e uma fêmea de marreco há dois anos, quando visitava um criadouro em Mirassol (SP). As aves tinham três dias de vida e, assim que chegaram a casa do aposentado, logo se apegaram à Paloma.

“Ele se aproximou dela, mas ela não se importava. Depois, ela começou a ter cuidado com ele, porque nunca teve problema de avançar, tentar morder. Se ela tiver comendo a ração, ele pode chegar perto, não tem ciúme”, afirma.

Patolino não deixa a companheira nem mesmo na hora do passeio diário dela. Na coleira, Paloma é conduzida pelo dono e o marreco segue atrás, sozinho. Na praça em frente à casa de Villas, a ave dispensa a escada e desce pela rampa, toda independente.
“Ele atravessa a rua direitinho, nunca teve problema. Dependendo do horário, do movimento da rua, o povo começa a parar e perguntar, é impressionante. Os dois viraram a atração da cidade”, diz o aposentado.

A dona de casa Irani da Silva parou para filmar a caminhada de Patolino e Paloma. O vídeo foi enviado pelo WhatsApp para a família. “Vão dizer: 'com certeza é mentira isto'. Mas, eu provo com o vídeo que fiz. Não é mentira, está aqui”, brinca.

Fonte: G1- EPTV - 16/04/17

01/09/2016

Aposentados, touros de Barretos vão para asilo com tratamento de 'estrela'

Asilo para animais de rodeio? tira o tubo!!!!!!!!!!!!!!!!!
------------------------
Animais fazem natação, cooper e recebem ração enriquecida com vitaminas.
Tropeiro diz investir R$ 1,3 mil por mês em cuidados especiais aos 'atletas'.

Há seis anos, Pesadelo estava no auge da carreira e brilhava na arena de Barretos (SP). Temido pelos peões, foi eleito um dos cinco melhores touros do país. Mas, como todo atleta, começou a sentir os efeitos da idade. Manco e sem o mesmo desempenho, foi aposentado.

Hoje, o touro que já teve o “passe” avaliado em R$ 1 milhão, passa os dias em um asilo para

14/01/2016

TJ-SP mantém proibição a prova de laço e vaquejada no Festa de Barretos

Muito bommmm ............ pena que não acabaram de vez com este inferno que são os rodeios.....
------------------------
O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu, por unanimidade, manter a proibição a qualquer tipo de prova de laço ou vaquejada no município de Barretos. O pedido foi feito pelo procurador-geral de Justiça de São Paulo em Ação Direta de Inconstitucionalidade requerendo a revogação de lei que permitia as práticas.

Segundo o desembargador Péricles Piza, relator da ação, a norma em questão, que permite as atividades, “não se coaduna com os preceitos constitucionais vigentes. Isto porque, o ordenamento pátrio procurou zelar pela preservação

25/08/2015

Rodeio de Barretos levanta questão sobre maus-tratos contra animais


Não sei até quando esta patifaria vai continuar.... Vi cenas de rodeio ontem na TV e quase não tinha ninguém na plateia.... Nesta foto ai abaixo pode-se observar alguma coisa..... O pessoal s[o vai mesmo por causa dos shows.... Náo sei porque insistem em enfiar goela abaixo do povo este sofrimento impingido aos animais...... vergonhoso!!!!!
-------------------------------

Nessa quinta-feira (20) teve início a 60ª edição do Rodeio de Barretos, um dos maiores do gênero no mundo. Considerada uma grande atração do interior de São Paulo, o evento ainda é alvo de polêmica, afinal, por que Barretos, Jaguariúna ou Americana podem promover grandes rodeios e Rio Claro, Corumbataí ou Santa Gertrudes foram proibidas de realizar seus eventos?

O advogado William Nagib comenta que “Rio Claro tentou fazer sua festa de peão com rodeio de animais, mas a Justiça barrou, a pedido do Ministério Público e da Comissão dos Direitos dos

29/08/2014

Show! Grande touro Pitbull detona peão em Barretos - SP

Quando vamos conseguir acabar com esta crueldade explícita? é igual a touradas, mas, sem aparecer sangue.... ou seja, todo mundo vê e ainda aplaude tamanha covardia..... Pior é que aqui no Brasil temos a lei que criminaliza  Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. Nosso rabinho anda compriiido demais p´ra gente falar de outros países, né mesmo?   O título da matéria é "Touros levam a melhor em rodeio internacional de Barretos, SP"

Bom dia Cidade - Ribeirão Preto - Rede Globo - 29-08-14

28/08/2012

Parque do Peão ganha centro de estudos do comportamento animal

.
Um dos maiores deboches desta turma dos rodeios foi a criação deste "Ecoa".... a vontade é de vomitar!!!!! Se eu tivesse mais um pedaço de estomago, contaria que é este Tenório... o cara vai morrer tentando provar que os touros não sofrem nenhum estresse ou dor nos rodeios.... Leiam a matéria do Globo Rural:
_____________________


"Com novos equipamentos, pesquisadores de Funesp farão pesquisas sobre estresse dos touros de rodeio
por Alana Fraga

O diretor de planejamento dos Independentes, Marcos Murta, e o coordenador do laboratório, Tenório de Vasconcelos, nas instalações do Ecoa (Foto: Miguel Schincariol/Ed. Globo)
BARRETOS - A Festa do Peão de Barretos ganhou a primeira sede mundial para o desenvolvimento de pesquisas de saúde, comportamento e bem-estar animal dentro do rodeio. Com a presença da ministra de Relações Internacionais do Canadá, Daiane Ablonczy, e o embaixador do Canadá no Brasil, Jamal Khokhal, o Centro de Estudos do Comportamento Animal (Ecoa) foi inaugurado neste sábado (25/8), no Parque do Peão, em Barretos (SP). Representantes dos Independentes já haviam visitado as instalações canadenses do centro semelhantes no país anteriormente num intercâmbio de conhecimento.

Coordenado pelo professor e pesquisador da Fundação de Amparo à Pesquisa da Unesp (Funesp), Tenório de Vasconcelos,

25/08/2012

Empresário do interior de SP faz botas com hipopótamo, elefante e arraia

.
Cliquem na imagem abaixo para ler no UOL o tanto que este empresário fatura com o tal 
rodeio de Barretos... ô nojo....



Tem  mais esta matéria aqui, com outras informações:
Empresário aposta em bota de cobra, elefante, arraia e até hipopótamo

Site que vende as tais botas... ô nojeira
PONTO DE VENDAS - botas de peles exóticas

30/07/2012

Prova de bulldog é cancelada em Barretos. Em compensação, arquiva-se acusação sobre a morte de animal

.
O rodeio de Barretos vetou a prova chamada bulldog (imobilização de bezerro). Olha só:  http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/ribeiraopreto/1127711-apos-morte-de-animal-rodeio-veta-prova-de-agarrar-bezerro.shtml

Foto: Folha de São Paulo

Mas, em compensação, leiam isto:

29/07/2012 - 06h45
Morte de animal foi arquivada pela Promotoria de Barretos (SP)
DE RIBEIRÃO PRETO

A morte do bezerro na edição do ano passado da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos (423 km de São Paulo) chegou a ser alvo de investigação do Ministério Público Estadual. Uma representação que buscava proibir a disputa da prova de bulldog foi feita pelo Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal.

A Promotoria de Barretos arquivou o caso. A decisão da promotora Adriana Nogueira Franco, do mês passado, tomou como base um outro inquérito que o Ministério Público já havia instaurado.

14/06/2012

Agências de Viagem a pleno vapor!!!!! rodeio de Barretos...

.
Olha o que me mandaram.... fala sério!!!!!!!!!!!! 
as agências de viagem a pleno vapor!!!!
tanto lugar bonito, vão vender crueldade...
Clique na imagem se quiser ver mais


.

25/08/2011

RESULTADO DO TWITAÇO, SEDÉM E ENTREVISTA SOBRE RODEIO


CLIQUEM AQUI PARA LER
Agora, galera, vejam a ótima entrevista feita pelo site UOL com o organizador do Evento em Barretos. É hilária. Parabéns ao Carlos, presidente do PEA, que se colocou muito seguro e calmo.

MAS, ANTES, um recado para ALGUMAS CRIATURAS da proteção que, em vez de pensar, preferem repetir a besteira que ouviram. Isto só prejudica o todo e desmoraliza a causa. Sedém é uma corda que passa pelo vazio do boi, na virilha, e atinge a região onde fica o penis do animal. Não tem nada a ver com o saco do boi!!!! pelo amor de Deus!!!!! A anatomia do boi é semelhante a do cachorro. Observem e não repitam mais a besteira...

O tal camarada entrevistado na matéria alega logo a nossa ignorância!!!! É lamentável, mas, ele está certo. Sempre falo aqui da nossa responsabilidade diante da causa que é coletiva. Vejam a arte da Iracema Hochman que, aliás, já publicamos aqui no blog há algum tempo. Parece até que não adiantou nada....


LEIA A MATÉRIA DO UOL
.

22/08/2011

TWITAÇO NACIONAL CONTRA FESTA DE BARRETOS

De: Pedro S. Teixeira [mailto:ordepdarc@gmail.com]
Enviada em: domingo, 21 de agosto de 2011 20:12
Para: falabicho@falabicho.org.br
Assunto: Twitaço nacional contra a festa de Barretos #odeioRodeio

O VegTemas convida todos os ativistas pelos Direitos Animais a participarem do Twitaço que estamos marcando para a próxima terça-feira (23/08/2011) em protesto à festa do Peão de Barretos.


Cada participante faz MUUUUUUUUUITA diferença!!!


Saiba como participar: http://vegtemas.org/twitaco-nacional-contra-a-festa-de-barretos-odeiorodeio/

Ilustração retirada do site de Fábio Chaves
.

BEZERRO É SACRIFICADO APÓS PROVA EM BARRETOS

Gente, alguma contestação da crueldade que existe num rodeio? as fotos que o UOL publicou, não deixam dúvidas. Detalhe que o UOL é um dos patrocinadores desta patifaria contra os animais... Cliquem nos links abaixo para ler a matéria e ver a sequência de fotos:


http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/963017-bezerro-e-sacrificado-apos-prova-na-arena-de-barretos.shtml

http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/4203-bezerro-e-sacrificado-apos-prova-em-barretos#foto-78277

Vejam no vídeo da BAND o fracasso da platéia para o rodeio. Na matéria da Globo, também, aparece a platéia vazia. A quantidade de pessoas que vão lá são para ver os diversos shows.



.

27/06/2011

BOI QUE INVADIU VITRINE É LEILOADO

Pelo menos, por enquanto, ele não vai ser morto...
o comprador é inteligente... e rico, claro!
ah, a gente com a grana dele, heim?



Globo News - 27/06/11
.

24/06/2011

BOI QUE FICOU PRESO NA VITRINE VAI SER LEILOADO

"Ele devia já ter virado bife..." Fico impressionada com a indiferença da repórter diante de uma vida.... eu tenho vontade de largar tudo, sabiam? ir para um lugar que não haja humanos.... principalmente, aqueles que insistem em se comparar a animais.... Pior que este leilão vai ser lá em Barretos, terra do rodeio... que tal?



Bom dia Brasil - Rede Globo - 24/06/11
.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪