RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador Acre. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Acre. Mostrar todas as postagens

3 de agosto de 2017

Bombeiros fazem capacitação para resgate de animais silvestres em Rio Branco - Acre

Como fico feliz de ver os CETAS que dão certo! É muito bom quando as superintendências dos Ibamas locais funcionam....
----------
Atividade é coordenada pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama). Primeira das três turmas foi encerrada nesta terça (1°).

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) formou, nesta terça-feira (1°), a primeira turma de bombeiros no Curso de Manejo e Contenção de Animais Silvestres. A capacitação vai ter ainda duas turmas durante esta semana.

O treinamento padroniza o trato de bichos capturados na capital e interior. A chefe do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama, a bióloga Elaine Oliveira, explica que a atividade é direcionada aos bombeiros por eles realizarem o recolhimento desses animais em vias públicas.

“Nosso maior intuito é que os animais sejam capturados e conduzidos dentro dos procedimentos, tudo para garantir a integridade física do bombeiro e do animal, para que seja encaminhado ao Cetas da melhor forma possível. Para isso, era necessário capacitar as pessoas”, complementa.

Com aulas teóricas e práticas, a iniciativa, ainda conforme a bióloga, conta com a parceria de profissionais da Universidade Federal do Acre (Ufac) e do Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar (PM-AC).

FONTE: G1

29 de julho de 2017

Alegando maus-tratos, ONG entra com ação civil para impedir provas de vaquejada na Expoacre 2017

Queria muito saber se os companheiros conseguiram sucesso nesta empreitada. Temos que continuar a agir do mesmo jeito que sempre agimos porque a lei nos permite e nossa concepção de maus-tratos é a mesma.  A ONG Patinha Carente disse que iam ter uma reunião com o MP, mas, não colocou o resultado da conversa.
-------
Organização da prova diz que segue todas as normas exigidas e ainda não foi notificada. Vaquejada está marcada para ocorrer nos dias 29 e 30 de julho.

Alegando maus-tratos contra animais, a Associação Patinha Carente decidiu protocolar uma ação civil pública, nesta quinta-feira (27), pedindo uma liminar da Justiça para impedir que sejam realizadas as provas de vaquejadas na Expoacre 2017. A etapa classificatória da disputa está marcada para ocorrer no dia 29 e a final no dia 30 de julho.

Ao G1, o diretor jurídico da Associação de Vaquejada do Acre (Avac), Marivaldo Bezerra, disse que ainda não foram notificados da ação. Ele afirma que estão tranquilos, pois estão dentro das emendas constitucionais exigidas. Bezerra destaca que os bois usam protetor de calda e que fizeram modificações nos currais e na pista da vaquejada para garantir o bem-estar dos animais.

“Também temos um veterinário que atua junto conosco e faz todo o acompanhamento. Eles [ONG] em nenhum momento nos procuraram, falta conhecimento em relação ao esporte. Essas situações ocorriam anteriormente, mas hoje isso mudou. Eles pedem que atuemos de acordo com as regras, mas isso já é previsto em lei e já estamos seguindo”, afirma.

No documento, a associação diz que a prova consiste em derrubar o boi com as quatro patas para cima e que nesse momento o animal sofre “um desenluvamento, nome técnico dado ao “arrancamento do rabo”. A organização também iniciou um abaixo-assinado que já conta com 477 assinaturas, segundo a presidente da organização, Vanessa Facundes.

“A vaquejada é uma forma de maus-tratos animais para divertimento humano. Então, vamos tentar impedir e ingressamos com a ação que é o “remédio constitucional” correto para esse tipo de situação por que atinge o bem meio jurídico do meio ambiente. Não concordamos e estamos defendendo o direito dos animais”, afirma.

Ainda na ação, a ONG destaca que o objetivo não é impedir a realização da feira de agronegócios, mas a crueldade que os animais são submetidos durante as provas. Vanessa destaca que em outros estados há leis que regulamentam esse tipo de prática que são consideradas inconstitucionais.

“Esses animais não falam, não podem se defender, mas eles também sentem dor e sofrem muito. Então, nós temos de ser a voz deles. A vaquejada é um ato muito cruel e acreditamos que a liminar é a melhor opção para defende-los”, finaliza.

FONTE: G1

8 de maio de 2017

Adolescente foi morto a tiros por defender cachorro de pedrada, diz polícia - Acre

Meu Deus!!!! controle populacional já!!!!! p´ra que o mundo precisa de marginais tão jovens? p´ra que nasceram? Pior que o destino deste cão é sombrio!!!!! Se algum de nós pudesse pegar este cão seria muito bom....
----------------
Jovem foi morto na quarta-feira (3) enquanto fazia trabalho de aula na casa do vizinho. Menores de idade são suspeitos.

Uma discussão após ter defendido o cachorro pode ter motivado o homicídio do jovem Francisco Aldo Miranda, de 17 anos, morto a tiros enquanto fazia trabalho de aula na casa de um vizinho em Cruzeiro do Sul. O crime ocorreu na quarta-feira (3) e teria sido motivado após um dos suspeitos tentar agredir o cachorro da vítima, segundo a polícia.

O delegado Lindomar Ventura, que está a frente do caso, diz que o estudante não tinha passagem pela polícia e que foi ameaçado após o desentendimento.

“Pelo o que conseguimos apurar a motivação foi devido a uma discussão dias antes quando, o Aldo teria defendido o cachorro dele que foi agredido com uma pedra por um dos acusados, que jurou matar ele”, diz o delegado.

Ventura diz ainda que foram identificados dois menores como os possíveis autores do crime. A dupla é moradora do bairro Formoso, mesmo local onde o jovem foi morto.

“Como passou o flagrante, apesar de termos feito uma intensa procura, estamos fazendo o procedimento para entregar a Justiça pra que seja finalizado e eles apresentados como os autores do homicídio”, finaliza.

Entenda o caso
O jovem de 17 anos foi morto no bairro do Formoso na quarta-feira (3). Segundo a família, ele já estava sendo ameaçado há dias. Dois suspeitos chegaram a pé e efetuaram os disparos contra a vítima, que fazia um trabalho escolar. Ele morreu no quintal da casa do vizinho.

30 de março de 2017

Cão mora na frente de hospital e é 'adotado' por funcionários no AC

Um cãozinho destes não merece ficar sem um lar e um alguém para amar.....
------------------------
Funcionários não sabem como animal foi parar em hospital do interior. 'Já apareceram pessoas querendo adotá-lo', diz a psicóloga Jamile.
A história do cachorro de rua Beethoven é igual a de muitos animais sem donos que ficam perdidos nas ruas. Mas, ao invés de ter sido adotado por alguém, foi ele quem adotou um lugar para morar.

O local escolhido foi a entrada do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. O nome Beethoven foi carinhosamente escolhido pelos funcionários que trabalham diariamente na unidade de saúde. A psicóloga Jamile Souza diz que não sabe há quanto tempo o cão está no local, mas garante que todos já se acostumaram e que ele tem um comportamento dócil.

“Já apareceram algumas pessoas querendo adotá-lo, mas ninguém consegue tirar ele daqui. Não sei se veio com algum paciente que entrou no hospital e acabou falecendo e o animal ficou aqui à sua espera. Mas isso eu não posso afirmar, só sabemos que apareceu aí na frente e foi ficando e conquistando o afeto de muitas pessoas”, diz.

A psicóloga garante que Beethoven é bem tratado e que não faz mal a ninguém que entra e sai do hospital. "O cachorro não é agressivo, passa o tempo todo deitado embaixo dos bancos. Não causa nenhum transtorno, fica sempre deitado”, acrescenta.

Ela diz ainda que são os próprios funcionários que se revezam e cuidam do animal. "A direção não toma conta do cachorro, mas não temos como expulsá-lo daqui. O que fazemos é colocar água e comida para ele e algumas pessoas que passam por aqui também.

Alguns funcionários que gostam do Beethoven colocaram vasos de água e comida para ele se alimentar. Eu quando tenho alguma coisa também dou para ele. Enquanto o dono não aparece ele vai ficando por aqui", finaliza.
FONTE: G1

23 de março de 2017

Policiais no Acre acolhem gatas de rua na delegacia e diminuem estresse no trabalho

Que delícia de viver!!!!!!!! se todos fossem no mundo iguais à esta gente.....
------------------------
“Essas gatas são consideradas parte da equipe e ajudam a melhorar o ambiente"

Os gatos são uma ótima companhia para quem trabalha em serviços muito intensos que causam estresse no trabalho. Quem pode garantir isso são os funcionários da Delegacia de Flagrantes (Defla), em Rio Branco (AC).

Tudo começou com uma gata de pelos brancos que apareceu na delegacia dois anos atrás. Ela foi ficando nos arredores e, aos poucos, conquistou os agentes policiais. “As pessoas se apegaram ao animal e passaram a cuidar e zelar da alimentação, do banho e até onde ela poderia dormir”, disse o delegado Rodrigo Noll ao ContilNet Notícias.

Uma segunda gata, dessa vez de cor cinza, apareceu logo em seguida e também foi acolhida. “Além da alegria que despertam, também acabaram com os ratos que existiam no terreno da delegacia. São exímias caçadoras”, elogiou o delegado.

Hoje castradas, as duas gatas já tiveram filhotes. Com exceção de Pretinha e Pano de Chão, filhotes de Elizabeth, todos os demais foram adotados. “Algumas pessoas foram à delegacia registrar uma ocorrência e saíram da delegacia com um filhote de gato debaixo dos braços”, conta Rodrigo.
Diminuição do estresse no trabalho

Segundo o agente de polícia Francisco Progênio, por ser bastante dócil, Elizabeth acessa praticamente todas as salas da delegacia. “A presença dela acabou se tornando importante por quebrar o clima formal e, até certo ponto, rígido que é próprio das unidades de Segurança Pública. A Defla é como nossa segunda casa, passamos muito tempo no local de trabalho”, detalhou Francisco.


Os funcionários também zelam pela saúde dos bichinhos. Recentemente, Elizabeth precisou passar por uma cirurgia de remoção de pedras no rim. O valor do procedimento foi pago com uma vaquinha feita entre os policiais. “Essas gatas são consideradas parte da equipe e ajudam a melhorar o ambiente, que costuma ser estressante para os policiais e para a população, que busca em seus momentos mais difíceis a Polícia Civil”.
Fotos: Reprodução/Arquivo Pessoal

21 de dezembro de 2016

PF desarticula quadrilha que caçava onças para fazer tapetes como troféus - Acre

Gente podre mesmo!!!! são uns psicopatas irrecuperáveis..... P´ra que o mundo precisa de umas criaturas assim?
------------------------
Duas pessoas foram presas e 10 mandados de busca e apreensão cumpridos. 
Operação Mustache ocorreu em quatro cidades do Acre.
A Polícia Federal (PF-AC) deflagrou a Operação Mustache nesta segunda-feira (19) nas cidades de Rio Branco, Bujari, Capixaba e Senador Guiomard. O objetivo é desarticular uma quadrilha que, segundo a PF, caçava onças pardas e pintadas para fazer tapetes e usá-los como troféus. 

Durante a ação, foram cumpridos oito mandados

8 de dezembro de 2016

Acre adere ao Sistema Urubu pela proteção de animais silvestres

Achei legal, mas, tive dúvidas se vai funcionar efetivamente porque seria preciso uma grande divulgação do aplicativo....
------------------------
O atropelamento de fauna no Brasil é uma grande ameaça. Cerca de 475 milhões de animais silvestres são mortos todos os anos, resultando em mais de 15 mortes por segundo. Para reverter esse quadro, o Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE) criou o Dia Nacional do Urubuzar – 15 de novembro.

O Acre aderiu ao Sistema Urubu nesta quarta-feira, 30. A solenidade foi promovida na Área de Proteção Ambiental do Lago do Amapá, na sede do Sindicato da Indústria de Areia, Argila e

14 de novembro de 2016

Bombeiros atendem nove ocorrências de captura de animais durante chuva - Acre

Esta semana de chuvas, não está fácil não.....
------------------------
Entre ocorrências, estão capturas de cobras, jacarés e macaco. 
Ocorrências foram registradas em bairros de Rio Branco nesta quarta (9).

Com a chuva de 54 milímetros que atingiu a capital acreana nesta quarta-feira (9), o Corpo de Bombeiros atendeu nove ocorrências para fazer a captura e resgate de animais em bairros de Rio Branco. Entre as ocorrências, estão a captura de cobras, jacarés e até macaco que se abrigaram dentro de residências.

O major Cláudio Falcão, do Corpo de

12 de setembro de 2016

Cavalgada reúne 5 mil pessoas em Cruzeiro do Sul, aponta organização

Pois é, cancelaram e depois permitiram o raio da cavalgada que, no ano passado,  resultou em vários flagrantes de maus-tratos aos animais.  Com certeza, esta matéria tendenciosa não fala a verdade por algum motivo. O escrito ao final dá nojo de ver tantos participantes "tão bonzinhos" com os cavalos....
------------------------
Cavalgada ocorreu nesta quarta-feira (7); 150 cavalos desfilaram no evento.
Governo voltou atrás após anunciar que não teria Cavalgada.
A Cavalgada reuniu 5 mil pessoas prestigiaram , na manhã desta quarta-feira (7), em Cruzeiro do Sul, distante 648 km da capital Rio Branco. A estimativa foi divulgada pela organização do evento. A Polícia Militar (PM) não fez o balanço do número de participantes. A edição deste ano não contou com as festas particulares, as chamadas comitivas. Nenhuma ocorrência foi

20 de julho de 2016

Irregularidades na Cavalgada podem gerar multas de até R$ 5 mil

----------------Olha, já tentaram "fiscalizar" uma cavalgada e não houve sucesso. Será que vai dar certo agora? uma cavalgada com trio elétrico? pelos calos do profeta, que promotor é este????? Não foi falado na matéria quem vai fiscalizar.....
------------------------
Participantes e comitivas devem assinar Termo de Conduta com o MP.
Cavalgada 2016 é realizada no próximo domingo (24).

Com as inscrições para Cavalgada 2016 abertas, o Ministério Público do estado do Acre (MP-AC) informa que, em caso de irregularidades e descumprimento das cláusulas do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), as comitivas devem pagar multa de até R$ 5 mil e os participantes de R$ 1 mil. As inscrições para as comitivas ocorrem até a quinta-feira (21) e para

23 de abril de 2016

Sociedade 'Amor a Quatro Patas' sofre com falta de recursos para cumprir pagamentos - Acre


É bom saber que temos companheiras ativas lá na cidade do Rio Branco, mas, lamentavelmente, vivendo os mesmos problemas do país afora. Quem for da área e puder dar uma força, manda ver..... Agora, um comentariozinho a parte: que apresentador fraquinho, não? tadinho....
-------------------------


video

24 de julho de 2015

Cavalgada: participante que quebrar regras pode levar multa - Acre

Eu só queria ter certeza que isto vai ser fiscalizado.....
----------------------------------------------------------------------------

TAC prevê punição a quem maltratar animais (Foto: Rayssa Natani/ G1)
Ministério Público do Acre quer evitar maus-tratos contra animais.  Cavalgada ocorre no domingo (26) e faz parte da Expoacre 2015.

Os participantes da Cavalgada 2015 devem ficar atentos às regras estabelecidas este ano para evitar, sobretudo, maus-tratos contra os animais na festa, como registrado no ano passado. Um  Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o

2 de julho de 2015

Governo reforça mudanças para a Cavalgada 2015 - AC

Eu penso que deveria haver a proibição total do evento, mas, como acho difícil, vamos ver se vão cumprir o estabelecido no TAC. Que nossos companheiros fiquem alertas já que qualquer deslize será a gota que falta para proibição em definitivo.
--------------------------------------------------------


Mesmo sendo um evento realizado pela Comissão Organizadora de Comitivas, a Cavalgada já tem cunho de festa popular que marca o início da Expoacre. Para a edição 2015, algumas mudanças entrarão em vigor, de acordo com exigências do Ministério Público do Acre, que reuniu instituições

30 de julho de 2014

Associação flagra maus-tratos e quer retirada de animais da Cavalgada - AC

Em cavalgadas acontece coisas que ninguém acredita.... A TV Amazonas publicou esta matéria, tambem: Médica veterinária fala sobre maus tratos contra animais durante cavalgada 
-------------------------------

Homem puxa cavalo que está visivelmente cansado (Foto: Rayssa Natani/G1)
Imagens mostram animais machucados e usos de esporas, que é ilegal.
'A gente vai lutar para tirar os animais do meio disso', diz ativista.

Patas machucadas, uso de esporas, animais sangrando e com sede foram algumas das cenas registradas pela associação 'Patinha Carente', durante a Cavalgada, realizada neste domingo (27).  Durante o percurso, cenas de maus-tratos contra os animais foram comuns. A entidade

18 de março de 2014

A dramática situação dos animais que enfrentam as cheias de rios do Norte

Gente, quem puder ajudar... A Sociedade Amor à Quatro Patas está a frente desta luta... não custa de onde estivermos, dar uma força.... não está mole o trabalho que estão fazendo....

video
Acre TV - Rede Globo - 15/03/14


video
Acre TV - Rede Globo
(entrevista com Keiko Renata)

Nossas postagens a respeito:

13 de fevereiro de 2014

Animais são recolhidos para canis devido a cheia do Rio Acre

Inacreditável, mas, parece ser verdade.... isto é produto dos protestos e alertas de
nossa legião de atuantes pelo direito animal.... muito bom!!!!! nenhuma prefeitura quer ficar
 mal na fita, já repararam?

video
Bom dia Amazônia - Rede Globo - 11/02/14

4 de março de 2013

Cruzeiro do Sul tem 18 mil cães abandonados nas ruas - AC

Gente, olha o terror que estão tocando nesta cidade.... Será que tem alguma ONG por lá para nos dar dimensão do problema? Cliquem na imagem para ler a matéria do G1 - Acre: