Mostrando postagens com marcador árvores. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador árvores. Mostrar todas as postagens

12/05/2017

Macacos morrem eletrocutados perto de área de preservação ambiental - SP

Vão podar as árvores e depois ver o que vão poder fazer? faça-me o favor!!!!! que providências!!!! quando? quando morrer mais 50 macacos?
-----------------
Moradores da Vila dos Comerciários, na Zona Oeste de Marília, encontram quase todos os dias - macacos mortos eletrocutados pela fiação elétrica em uma área de conservação ambiental. Eles reclamam da negligência das autoridades competentes, que parecem não se importar com os bichos. 

O representante comercial Belmiro de Oliveira mora na região e já testemunhou muitas dessas mortes.“Tem bando de 30, 40 macaquinhos que sobem nos postes e não é a primeira vez que caem, sempre acontece. Acho que umas cinco, seis vezes já caíram macacos no chão e provavelmente todos eles morrem", acredita.

Foi o que aconteceu com um macaquinho prego que morreu eletrocutado quando tentou passar de uma árvore a outra. "Esse aí continuou no fio e como tem a barrinha que separa um fio do outro, ele pegou nos dois polos e ficou grudado”, afirma o aposentado Antônio Viana Trindade.

Já outro macaco, que também foi eletrocutado, conseguiu escapar com vida, só não escapou das sequelas de ficar sem uma das mãos. A área onde os macacos ficam é de preservação ambiental, mas que nem por isso ficou livre dos postes.

E como as árvores continuam crescendo, os galhos avançam sobre os fios e quando os macacos passam pelo local, pulando de galho em galho, eles acabam encontrando muitas vezes um fio energizado pelo caminho.

Alguns moradores tentam ajudar. Toda vez que o aposentado vê os macacos ele corre para o meio da mata e começa a assoviar, chamando os animais, para impedir que eles cheguem aos fios de alta tensão. Mas, os moradores cobram uma atitude das autoridades, como a poda das árvores, para evitar a aproximação dos macacos. “Faz 13 anos que moro aqui e nunca vieram cortar as árvores” afirma a moradora Eunice Evaristo Moura.

A CPFL informou que vai fazer podas, imediatamente, no local e analisar a possibilidade de instalar cabos que não dão choque nos animais.

29/03/2017

Conheça os minúsculos seres que bem poderiam ter vindo de outros planetas

Alguém já tinha ouvido falar nesta coisinha que pode ter vindo de outro planeta? Não deixem de ver o vídeo ao final.... incrível.....
------------------------
Alguns quase se tornaram extraterrestres recentemente
É um alienígena? Provavelmente não, mas de todos os animais na Terra, o tardígrado pode ser o melhor candidato.

Isso ocorre porque tardígrados são conhecidos por poderem passar décadas sem comida ou água, para sobreviver a temperaturas de quase zero absoluto bem acima do ponto de ebulição da água, para sobreviver a pressões de perto de zero para bem acima do nível dos oceanos e sobreviver à exposição direta a radiações perigosas.

A vasta sobrevivência desses extremófilos foi testada em 2011 fora de um ônibus espacial em órbita. Tardígrados são tão duráveis, em parte porque eles podem reparar seu próprio DNA e reduzir o seu conteúdo de água corporal para alguns por cento.


Alguns quase se tornaram extraterrestres recentemente quando foram lançados em direção à lua marciana Phobos a bordo da missão russa Fobos-Grunt, mas permaneceram terrestres quando um foguete falhou e a cápsula permaneceu em órbita terrestre. Tardígrados são mais comuns do que os seres humanos na maior parte da Terra.


27/02/2017

Raposas escalam árvores para caçar coalas na Austrália

A Austrália só faz maluquice e os bichos é que pagam com a vida..... Introduziram raposas e agora vão fazer outra matança alegando preservação de animais nativos. A primeira foi em 1997 e foi por isso que sugeri o art. 31 da Lei de Crimes Ambientais que foi aprovado: "Introduzir espécime animal no País, sem parecer técnico oficial favorável e licença expedida por autoridade competente". Detalhe? introduziram raposas para matar coelhos que por sua vez foram introduzidas para alimentar felinos nativos. Tudo deu errado, claro!!!!
------------------------
Predadores são flagrados pela primeira vez andando no alto das árvores

RIO — Pela primeira vez, cientistas flagraram raposas vermelhas escalando árvores na Austrália, provavelmente atrás de presas antes consideradas seguras, como o coala. A espécie foi introduzida no país no século XIX para a caça recreativa, mas se adaptou rapidamente ameaçando espécies nativas, como wallabies e

04/05/2016

Os esquilos são os animais que mais plantam arvores

Amo enlouquecidamente esquilos!!!!!!!!!! são lindos demais!!!!!!!! acho que se um dia conseguir encostar, respeitosamente claro, um dedinho em um deles, vou desmaiar...... amo amo amo estes bichinhos.....
------------------------
A forma como eles plantam é bem inusitada

Os esquilos são animais roedores típcos das áreas tropicais e temperadas. O que pouca gente sabe é que eles são os maiores plantadores de árvores no mundo. A forma que eles fazem isso é bem inusitada.

Esses pequenos bichinhos são fãs de sementes e grãos, na maioria das vezes, eles enterram estes alimentos para esconde-los, mas acabam

17/02/2016

Cães amarrados a árvores: caso deve ser investigado pelas autoridades

ATUALIZAÇÃO em 18/02/16
Vídeo traz versão do dono sobre cães achados mortos em av. de Maceió
----------------------
Que coisa macabra..... pior que a gente vai ter que esperar a investigação para saber o que houve de verdade.....
------------------------
A cena de dois cães pendurados em uma árvore em um trecho do canteiro central da Avenida Durval de Góes Monteiro chocou quem passava pelo local na noite deste domingo, 14. Dois cães, de raça não definida, estavam perdurados por cordas e ferro, provocando a revolta de quem circulava pelo local.

A imagem provocou a indignação de entidades protetoras dos animais e até da Comissão do Bem-estar animal da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas, que também recebeu a denúncia.

Inicialmente, a cena foi atribuída a um morador de rua conhecido na região que ‘cuida’ de cerca de oito cães. O ‘cuidador’ utiliza a região para ficar com os animais e já teria sido denunciado por maus-tratos,

28/01/2016

Amazônia libera mais CO2 com caça a macacos grandes e anta, diz estudo

Pior que a informação está ao alcance das pessoas, mas, estas, seguem indiferentes ou, então, já consciente que a Terra está perdida. Amo os animais (todos) porque eles são parte deste planeta maravilhoso que temos a felicidade de viver.
------------------------ 
Defecando sementes, animais ajudam espalhar árvores de madeira densa.
Sem mamíferos frutívoros, plantas como a maçaranduba começam a rarear.

A caça a grandes mamíferos da Amazônia prejudica a capacidade da floresta de estocar carbono porque atrapalha a reprodução de árvores densas, que dependem desses bichos para espalhar sementes, diz um novo estudo.

A conclusão foi tirada de uma simulação que projetou o impacto que a Amazônia sofrerá caso cada um dos 915 mil domicílios em zona

14/03/2015

Fazenda Modelo inseri musicoterapia e planta árvores nos canis - RJ

Olha, eu não sei se a ideia foi dele, mas, o Dr. Fernando Ferreira que fez aquele show no CCZ do Rio de Janeiro, é o atual administrador da Fazenda. Precisa falar? pois é, e o prefeitinho do Rio ignora nosso desejo que este veterinário seja o Secretário..... Juro que não entendo....
----------------------------------------
MUSICOTERAPIA E ÁRVORES NOS CANIS 
Realizamos o plantio o plantio de árvores em muitos canis do Centro de Proteção Animal e também estamos inserindo a musicoterapia nesses canis. O trabalho continua!

10/11/2014

Macaco pode ficar sem casa no interior de SP

Pergunto eu: o que fazer em tal situação? particularmente, sou a favor de recolher o animal e tentar com profissionais da proteção animal um abrigo posto que ele ficará super-vulnerável desta hora em diante que o caso veio a público.... Quem sabe a Sílvia e o Marcos do Rancho dos Gnomos?
---------------------------------------------------------------

Bom Dia Brasil - 10/11/14

Em Irapuã, no interior de São Paulo, o assunto é o risco de despejo de um macaco Bugíu. As árvores onde ele mora podem dar lugar a um loteamento.

05/06/2014

Abraçar árvores: a estratégia dos coalas para fugir do calor

Que coisinha mais linda estes bichos, não? Olha, eu adoro abraçar árvores, mas, não é pelos mesmos motivos que o coala.... acho que a energia que existe nas árvores é um bálsamo quando estamos deprimidas....
_______________

Revista Eletônica "O Grito do Bicho" - www.ogritodobicho.com
O irresistível coala raramente bebe água e não tem glândulas sudoríparas, o que sempre intrigou os cientistas, que queriam saber como os animais se refrescam do calor.

Zoólogos anunciaram nesta terça-feira ter descoberto o segredo do mamífero: abraçar árvores, pois seus troncos podem ser alguns graus abaixo do que os arredores.

Os coalas têm altas taxas de mortalidade quando são registradas ondas de calor. Incapazes de suar, eles respiram de forma ofegante como estratégia para se refrescar, mas na natureza, eles raramente bebem água e quando precisam fazê-lo, o recuso costuma ser escasso.

Como escaladores de árvores, os coalas não costumam buscar superfícies frias e sombrias como muitos outros animais.

Ansiosos por desvendar o segredo do marsupial, uma equipe de zoólogos observou 37 coalas na natureza durante inverno e verão no sudeste da Austrália, em 2009, 2010 e 2011.

Nos dias mais quentes, eles descobriram que os animais se posicionavam mais frequentemente com os membros esticados de forma que pareciam abraçar o tronco das árvores ou ramos mais baixos.

Quanto mais quente fica, mais baixo os marsupiais ficavam nas árvores e com mais frequência em árvores diferentes do eucalipto, sua fonte de alimentos.

Isto poderia ser explicado porque o eucalipto é apenas de 1,46 a 1,87 grau Celsius mais frio do que a temperatura do ar, enquanto a acácia é 5ºC mais fria.

Com base em suas observações, os estudiosos concluíram que os animais perdem substancial calor corporal em contato com os troncos das árvores quando faz calor.

FONTE: Terra

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪