03/01/2018

Alckmin diz que vai vetar projeto que proíbe carne às segundas-feiras

Como falei em nossa postagem do dia 31, o governador não ia assinar. Quisera que tudo desse certo, mas, infelizmente, meus pés estão fincados na realidade. Agora, o positivo é que o assunto foi falado e discutido.... É só continuar a bater para chegarmos, um dia, à vitória esperada...

---------
Medida valeria para escolas e restaurantes de órgãos públicos do estado. Texto pretendia obrigar bares e estabelecimentos a terem 'cardápio alternativo' sem carne e derivados.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse nesta terça-feira (2) que irá vetar o projeto de lei (PL) que estabelece a “segunda sem carne” no estado. De autoria do deputado Feliciano Filho (PSC), que é ligado à causa animal, o PL número 87/2016 foi aprovado na Assembleia Legislativa em 27 de dezembro.

“Embora louve a boa intenção dos propositores do projeto, ele é equivocado. Primeiro, ele cerceia o direito das pessoas. Mais um intervencionismo do Estado, desconsiderando a capacidade de julgamento e de decisão das pessoas”, disse o tucano em entrevista ao Canal Rural.

O texto proibia “o fornecimento de carnes e seus derivados às segundas-feiras, ainda que gratuitamente, nas escolas da rede pública de ensino e nos estabelecimentos que ofereçam refeição no âmbito dos órgãos públicos”.

A redação não deixava claro se a medida valeria apenas para carne vermelha ou se abrangeria também aves e peixes. Hospitais e unidades de saúde pública ficariam isentas desta proibição.

O projeto também pretendia obrigar restaurantes, lanchonetes e bares a fixar em local visível ao consumidor um “cardápio alternativo sem carne e seus derivados”. O texto previa multa de 300 Unidades Fiscais do Estado de São Paulo (Ufesps) em caso de descumprimento (o que equivale, atualmente, a R$ 7.521).

O deputado afirmou, em sua página no Facebook, que a lei daira à população “um dia por semana para pensar sobre a aflição dos animais nos abatedouros e lembrar que, como nós, eles também têm direito a uma vida livre de sofrimento”.

Fonte: G1 SP

8 comentários:

  1. Os pecuaristas financiaram a campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) em 2014, e agora cobram a fatura!

    NÃO VOTEM P/ PSDB!

    ResponderExcluir
  2. Estamos ainda a anos-luz das pessoas evoluírem e deixarem de comer seus irmãos animais por sentimentos de piedade e compaixão. Obrigar só vai deixá-las revoltadas. É preciso acordar as consciências e tocar os corações...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Conscientização sim, cerceamento de direito não.

      Excluir
  3. isso é politica isso é braziuuuuuuuuu
    o eterno jogo do interesse eu faço, mas depois de cobro comm juros e correção....
    Deus não perdoa, porque eles sabem o que fazem

    ResponderExcluir
  4. Quando a gente se dá na conta do horror da pecuária e dos matadouros, não deixa de comer carne apenas às segundas feiras mas SEMPRE, para toda a vida, sem volta, sem arrependimento, sem "recaída". Esmola pouca é bobagem e acho até que ficar sem comer carne às segundas feiras, duplica a vontade nos outros dias da semana para os adeptos da lambança. Quem acha que precisa financiar o assassinato de seres inocentes, continue numa boa, use e abuse sem moderação, desfilando sua obesidade mórbida com a pança cheia de pedaços dos cadáveres mal digeridos e mal suportados pelo coração saturado de gordura e substâncias mórbidas, mas isento de compaixão.

    ResponderExcluir
  5. Vamos vetá-lo caso se candidate à Presidente da República.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Por quê 95% da população tem que se sujeitar a 5% que se recusam a comer carne? Vocês que são veganos tem que conscientizar a população com os argumentos de vocês, não forçar goela abaixo as suas concepções. O grande problema é que a dieta a base de soja tão fomentada por veganos só vai causar massivos problemas hormonais, e os aminoácidos da proteína animal não podem ser adquiridos de nenhuma forma, senão, pela própria carne. Isso sem mencionar ter que tomar vitamina A, B12, D e Zinco por polivitamínicos, que prova que se uma dieta vai lhe fazer deficiente em um mineral/vitamina, então não é saudável!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪