30/08/2017

INACEITÁVEL! Ibama vive situação crítica, revela auditoria

Comecei minha vida de ativista em defesa do meio ambiente aos 17 anos quando entrei na faculdade (1965). O IBAMA, desde que foi criado em 1989, era a pedra preciosa de nossa luta, o resultado de todo esforço dos "ecochatos".  

O Ministério do Meio Ambiente só foi criado em 1992, um ano antes que eu fundei a Sociedade Educacional "Fala Bicho". 

Nossa luta fervilhava e no IBAMA sentíamos a firmeza necessária para tocar a defesa da fauna. Éramos tão poucos neste setor, mas, tínhamos todo apoio deste órgão tanto que recebia sempre menção honrosa dos ambientalistas pela eficácia e determinação. 

Entretanto, por contrariar altos interesses financeiros dos exploradores de recursos naturais, o IBAMA começou a sofrer uma verdadeira pilhagem e esquartejamento político com a criação do ICMBio, em 2007, graças a Marina Silva. Isto enfraqueceu muito o órgão e em 2011 sofreu mais uma derrocada graças a LEI COMPLEMENTAR Nº 140,  que divide atribuições relacionadas ao meio ambiente com os Estados.

É uma tristeza e revolta todos nós que lutamos tanto por uma política decente pelo meio ambiente e, em especial, a fauna. Cheguei, em determinada época a levar papel higiênico para os funcionários da Superintendência do Rio que nem para isto recebiam recursos. Lutamos muito para manter o IBAMA em pé como, também, a criação da Delegacia do Meio Ambiente aqui do Rio e sua continuidade (quase foi desmantelada em algumas vezes). Hoje em dia, a matéria abaixo nos mostra a ladeira abaixo que o governo está jogando a causa ambiental e o fim do IBAMA...
E o povo? cadê? acho que os ativistas não existem mais...
-----------------
O Ibama está com dificuldades para cumprir sua principal função, que é fiscalizar as agressões ao meio ambiente, e muitas vezes não impede crimes como desmatamento e o tráfico de animais silvestres.

4 comentários:

  1. Aqui no RS, a tal superintendente é favorável ao abate dos animais do Pampa Safari. Ouvi uma entrevista com ela na rádio, em que ela afirmava que não era competência do Ibama autorizar ou não o abate, blábláblá. Porém, quem está brigando pelo abate é justamente o Ibama, que agora se irritou e quer porque quer abater os animais. Já estava tudo planejado, o abate, a venda dos animais, etc. Daí o pessoal se meteu e deu essa guerra de liminares. O Ibama em nenhum momento se posicionou como órgão fiscalizador, porque mesmo quando denunciaram que já haviam sido abatidos alguns veados, inclusive 3 grávidas, o Ibama não disse nem água, nem sal. Aos donos nada aconteceu. Eles falam que não têm dinheiro pra fazer os exames e tá tudo bem!!! Vê se isso é coisa do Ibama aceitar assim, sem nenhuma contestação. Pelo jeito, essa superintendente concordou com tudo, se é que já não estava sabendo antes. Enfim, sempre que a gente ouve que uma mulher assumiu tal cargo, que a coisa vai melhorar, etc., é mentira, porque as mulheres conseguem ser ainda piores do que os homens!!!!!!!!! Tinha uma presidente na Fundação Zoobotânica, alguns anos atrás, que defendia ferrenhamente a caça!!! Assim são as criaturas. Que morram, já que pra mais nada prestam.

    ResponderExcluir
  2. Queiroz Alcântara30/08/2017 09:42

    É muita hipocrisia. Fala-se tanto em Desenvolvimento Sustentável, mas é tudo mentira. Infelizmente, os ativistas ambientais são poucos comparado ao grande número dos oportunistas que têm no conjunto dos recursos naturais a fonte inesgotável do TER. Vejo com muita tristeza todo esse desmonte do IBAMA, das entidades protetoras, das leis que existem apenas no papel. Tenho dó de nós que continuamos a enxugar gelo..., mas somos teimosos, continuaremos a luta. Não podemos desistir da nossa luta.

    ResponderExcluir
  3. É desanimador! Nada presta neste país. Pobres animais.

    ResponderExcluir
  4. A maldição de tudo que atinge o meio ambiente foi a criação das tais "licenças ambientais municipais". Credo! Mil vezes credo. Pessoas sem o menor conhecimento fornecendo licenças interesseiras pra empreendimentos que simplesmente acabam com tudo. "Licenças a granel." Coisa horrível. Sentadas às suas mesas nas prefeituras, assinam tudo que lhes dão pra assinar, tudo com o interesse direto dos prefeitos, sem nem sequer levantar as bundas das cadeiras pra ir ao local averiguar do que se trata. São cargos de CC, que, se não fizerem o que o prefeito manda, DANÇAM !!! E mesmo quando se denuncia um profissional desses ao Ministério Público, nada lhe acontece. Como sempre, o denunciante é o MAU e o criminoso é o BOM. E o IBAMA também sempre funcionou assim. Nunca vou esquecer de uma denúncia que fiz contra um "empreendedor" e contra a prefeitura, que lhe deu a devida licença. Pois bem, adivinhem quem o PREGUIÇOSO funcionário do IBAMA, pra não precisar levantar a bunda da cadeira, mandou averiguar a denúncia??? A secretaria de meio ambiente da própria prefeitura, CORRESPONSÁVEL POR TUDO !!!!!!!!!!! Dá pra acreditar? Acreditem, aconteceu. Assim, de caso em caso, a gente vai perdendo a esperança, a vontade, o interesse, e vai pensando que o melhor é que todos os animais e os humanos morram, que o melhor é começar de novo, do ZERO. Não dá nem vontade mesmo de abrir a boca, de escrever, de reclamar, de denunciar. É tudo feito de propósito pra que nunca mais se faça nada. E os vagabundos recebam sem nem trabalhar.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪