26/07/2017

Guerra aos Humanos - Um vídeo imperdível para avaliar nosso ativismo pelos animais


Sinceramente, eu sei que o ativismo pelos direitos dos animais incomodam muito, mas, nunca pensei de ouvir estas razões para ser contra estes direitos. Somos chamados até de mentecaptos.... Penso que todos deveriam assistir este vídeo e refletir no tamanho de nossa luta. Muitos vão se identificar com os pensamentos que rolam como verdades....


Publicado em 18 de ago de 2016

Chegou a hora de mostrar a dimensão de uma ideia que vem sendo paulatinamente sendo imposta por ideólogos esquerdistas, através deste vídeo produzido pelo Discovery Institute e traduzido pelos Tradutores de Direita, sobre como uma coisa tão benigna, como o amor aos animais, pode-se tornar uma obsessão, ao ponto de, acabar colocando o direito dos humanos abaixo do direito dos animais irracionais na tentativa de iguala-los.

No clássico, A Revolução dos Bichos, de Orwell, o autor personifica os animais dando-lhes características humanas. Neste livro, os bichos, liderados pelos porcos, fazem uma revolta na fazenda e acabam assumindo seu controle.

Com a ideia de que promoverão a igualdade, os porcos, acabam convencendo a maioria dos animais a se revoltarem contra os humanos que os oprimiam, mas ironicamente acabam se corrompendo com a criação de uma elite suína entre os animais da fazenda, culminando com uma liderança ainda mais nefasta e mais controladora do que a dos humanos.

Essa fazenda, obviamente, era uma alegoria da União Soviética, na qual os flertes de igualdade acabaram por implementar o medo em todos que acreditaram na utopia proposta, até mesmo matando os seus para se perpetuarem no poder. Embora nesta narrativa os animais sejam puramente representações humanas, não sendo estes nada mais do que alegorias de uma realidade vivida e percebida por Orwell, no presente documentário, apresentado por Wesley Smith, o contrário acontece: os animais, mesmo não gozando da cognição e da autoconsciência recebem dos próprios humanos uma elevação social, tornando-se iguais eles no que tange aos direitos e deveres.

É como se os corpos dos animais de Orwell assumissem a capacidade irracional mais primitiva, mas seus espíritos viessem a assombrar a humanidade possuindo os humanos, impondo com a mesma ditadura animal os opressores que não querem acatam suas imposições ideológicas zoófilas. E o pior, nesse cenário apocalíptico, estes iluminados “piedosos” e “amigos dos animais”, se tornarão ao mesmo tempo os juízes, e essa é a parte mais assustadora, afinal de contas, quase todo mundo conhece alguém que diz preferir os animais em detrimento dos humanos e que, mesmo que cobertos de nobres intenções, desconhecem as consequências de sua militância, bem como, a aderência da mesma com agendas ideológicas totalitárias.

O animalismo é uma postura pouco conhecida no âmbito do marxismo cultural e consiste, basicamente, na vitimização extrema dos animais e na criminalização do ser humano. Defende um veganismo agressivo e uma campanha de ódio contra quem consome produtos animais e seus derivados. Segundo os seguidores destas ideias, o "especismo" (termo fabricado por eles para atingir seus objetivos) consiste na crença de que os animais são inferiores aos humanos, ou merecedores de menos direitos sendo que eles (os animalistas) se colocam na posição de anti-especistas. Apenas mais um dos inúmeros exemplos da estratégia maquiavélica de “dividir para conquistar” que vem sendo aplicada com maestria pelos marxistas, nos mais diversos segmentos sociais, há décadas - negros contra brancos, mulheres contra homens, etc .

Sua ideia é controlar a humanidade para agir consoante sua filosofia, em nome dos animais irracionais, que continuarão a miar, ladrar, ganir, rosnar, uivar, bufar, sem ao menos se darem conta do que se passa, no conjunto das complexas relações interpessoais, inerentes ao ser humano, emulando figurativamente na mente dos mentecaptos animalistas, uma complexa expressão de agradecimento que, na verdade, nunca se deu - e nem se dará.

7 comentários:

  1. Humanos são animais racionais ...A questão é respeitar a natureza... A Humanidade não sobreviverá sem a mãe-natureza.

    ResponderExcluir
  2. fabiola ratton26/07/2017 11:51

    Que nojo desse texto, hein? Coloca ativistas do direito dos animais como pessoas com um plano maquiavélico. Muita gente vai usar esses argumentos para tentar acabar com o pouco que foi conquistado...

    ResponderExcluir
  3. karina medaglia26/07/2017 12:43

    desculpa mas não tem como não usar o termo especista, o movimento de defesa animal não é de esquerda, é dar voz a quem não tem, realmente acho só mais uma posição preconceituosa, perdoe mas não perco tempo refletindo sobre isto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Karina que é puro especismo, mas, gosto de publicar o que nossos opositores pensam (que há de concordar ser a maioria ainda) para que passamos cada vez mais nos fortalecermos em argumentação. É para um reflexo....

      Excluir
  4. ESSE TEXTO PODERIA TER SIDO ESCRITO POR DECARTES NO ALTO DA SUA ARROGANCIA EM TAXAR OS ANIMAIS COMO MERO CONJUNTO DE SEMOVENTES, CRIATURAS ORGANICAS Q PODEM SER TRATADAS COMO TRATAMOS, NESSA MENTALIDADE RETROGADA NEM SE FALA NA DESGRACA Q FICA A SAUDE HUMANA E DO PLANETA PELA MISERIA COLOSSAL Q IMPINGIMOS AS ANIMAIS TODOS OS DIAS É A COITADIZACAO DO OPRESSOR PARA SE COLOCAR COMO VITIMA, Q NEM ALGUNS EVANGELICOS FAZEM, ATACAM GAYS E QDO SE LEVANTA É PERSEGUICAO RELIGIOSA. SO UM IMBECIL DIREITOPATA BOLSONAZI PARA CAIR NESSE TEXTICULO ANTROPOCENTRICO MAL REDIGIDO E FUNDAMENTADO UGO T. WERNECK VIANNA

    ResponderExcluir
  5. e falar q estamos ligados ao marxismo, q patético, coisa q de quem não sabe nada mesmo, eu particularmente detesto os dois modelos pq na funcionam posto q são de humanos com interesses pessoais, mas entre os dois a esquerda tem uma agenda tanto quanto repulsiva a da direita como direitos a sacrifícios religiosos e manifestos de torturada com alcunha de culturais imemoriais etc e são carnistas iguais ao de direita como as tb feministas q muitas são mulheristas e não feministas pq não defendem as fêmeas e sim so as mulheres e nunca nem se quer refletiram a respeito, esse imbecil do texto esta com teoria conspiratória e mania perseguição pq se sente incomodado certamente por saber q nuo fundo é aquele psicopata q diz q ama animais com o beiço labmbuzado de bacon e q compra carro com couro e cachorro de grife. ou falta de assunto mesmo. não sei qual lado é pior pq temos ainda os centristas q acendem vela pra deus e pro diabo conforme de sua ética da conveniência, mas a direita pela arrogância típica dos ignorantes conseguem me dar um prurido maior. esses lados tem q ser usados por nos como usam a todos, fora isso bota num saco bate de um lado do outro e tacar da ponte rio niteroi. Ugo Werneck

    ResponderExcluir
  6. Quanta bobagem junta !! A salada na cabeça de Don Quixote após suas leituras das obras de Cavalaria Medieval é brincadeira infantil perto de tantas besteiras escritas acima - tanto no texto central, quanto nos comentários anônimos muito mal redigidos embaixo.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪