12/07/2017

Gato deficiente que havia sido levado da porta de casa é encontrado em Maceió

Como é bom a gente ler isto, não? é um alívio para nosso coração.....
------------
Mulher localizou o animal e entrou em contato com a dona no sábado (8). Animal anda se arrastando após ter tido as patas quebradas.

O filhote de gato deficiente de apenas 4 meses que havia desaparecido na semana passada em Maceió foi devolvido à dona na noite de sábado (8), no bairro do Poço.

Pali Mondal, voluntária da ONG Pata Voluntária, grupo que faz trabalho com animais de rua, estava cuidando do gatinho. Ela conta que ele foi encontrado no bairro do Poço, de onde havia sumido.

“Na noite anterior, eu e as meninas do grupo estávamos numa das ruas do bairro colando cartazes e panfletando para achar meu gatinho. Foi nessa mesma rua que ele foi encontrado. Uma mulher viu os cartazes e me ligou avisando”, conta Pali.

Ainda segundo ela, o animal estava magro e assustado. Ele foi levado para casa e passa bem. “Meu bebê está comigo a salvo”, conclui.

Segundo vizinhos, o gato havia sido levado por um carroceiro. Pali chegou a oferecer uma recompensa de R$ 1 mil por informações que levassem ao paradeiro do animal.

O gato, batizado de “Ivar, o Desossado”, teve os ossos das patas traseiras quebrados, e anda se arrastando. Por conta disso, ele precisa fazer exames de rotina e tomar medicamentos.

"Ele foi jogado de um carro na Amélia Rosa [avenida na Jatiúca] e desde então está comigo. Levaram para mim porque eu tenho um abrigo de animais e acabei adotando ele", lembrou.

Ela disse ainda que as patas do filhote já estavam quebradas. Ele foi avaliado por um médico veterinário, mas ele disse que não tinha mais solução, o gato ficaria deficiente. "Ele nasceu normal. Pode ter sido uma pessoa ou um carro que passou só nas patas traseiras, Não temos como afirmar".

FONTE: G1

2 comentários:

  1. Se o que aconteceu com esse gatinho foi um acidente, tudo bem, afinal acidentes acontecem, mas se as patinhas dele foram quebradas por pura maldade só posso desejar que o agressor tenha o mesmo destino.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪