10/05/2017

Pelo fim das mutilações a sangue frio em leitões

Por favor, não deixem de assinar esta campanha pelo fim de uma crueldade totalmente dispensável aos leitões. Enquanto não conseguimos acabar com a industria da carne, que possamos diminuir o sofrimento destes animais. CLIQUE AQUI para assinar. 

O formulário é lá no final e é meio diferentão. Por favor, assinem!!!!! olha, o vídeo tem imagens fortes, mas, para assinar não precisa ver, né? O texto é muito bom pela qualidade das informações que a maior parte das pessoas não sabem.
---------
Imagens divulgadas por duas organizações da proteção animal denunciam o uso sistemático de mutilação de leitões na agricultura intensiva.

Como parte de sua campanha #couic 2018, a Associação WELFARM apresenta um vídeo do Eurogroup for Animals sobre as explorações de suínos europeus. Ele mostra as muitas mutilações que são comumente realizados em leitões. Realizados rotineiramente causam sofrimento significativo para os animais. Estima-se que a cada ano na França, 10 milhões de leitões são castrados sem anestesia e têm mais que o dobro da cauda cortada em 90% de fazendas de criação intensivas e que resultam vidas impróprias para os pobres animais.

MUTILAÇÃO PROIBIDA
O filme mostra fazendeiros cortando caudas de leitões, uma prática chamada de "corte da cauda" praticado para evitar que os animais mordam a cauda de seus pares por causa de um ambiente estressante por falta de estímulo e de alta densidade. Ele é utilizado em 90% de explorações agrícolas francesas. "A mutilação é realizada rotineiramente na criação intensiva de gado, embora seja proibida pela Diretiva Europeia 2008/120 / CE ", diz a associação.

" A criação de porcos na palha ou ao ar livre oferece condições de vida mais adequadas às necessidades e comportamento dos animais e oferece uma solução para os problemas da mordedura em caudas."Adiciona a associação.

EXISTEM ALTERNATIVAS
O vídeo também mostra pequenos machos para ser castrados sem anestesia. 85% dos machos são vítimas na França. Por quê? Para evitar a possível ocorrência de uma carne mal cheirosa para os consumidores. No entanto, alternativas indolor para o animal como um "odor vacina" ou a detecção de carcaças odoríferas são usadas em outros países europeus.

Finalmente, alguns animais têm dentes lixados para que os leitões não machuquem seus pares por causa de sua promiscuidade. Comportamento que seria menos presente em fazendas ao ar livre.

A Fundação 30 Milhões de Amigos lamenta que tais práticas são comuns, embora existam soluções!

5 comentários:

  1. O serumano é desprezível.

    ResponderExcluir
  2. VAMOS ACABAR COM ISSO CHEGA DE TANTA MALDADE COM OS ANIMAIS,,BASTA,,POVO FAMINTO,,

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪