05/04/2017

Recaptura de animais deve ser reiniciada - Ji-Paraná - RO

Sou radicalmente contra animais na rua. Recolher acho ótimo. PORÉM, deve-se ter um local decente para levá-lo para serem tratados, castrados e adotados. A sociedade que abandona seus animais nas ruas deve ser penalizada. 

Além disto, todo município deveria ter uma taxa específica para que se tenha um atendimento destes animais com dignidade. Aí o cidadão seria o controlador de outro cidadão que abandonasse estas vítimas nas ruas. Simples assim.

Agora, a turma desta Prefeitura deve saber que não pode mais matar, né? Será que tem alguma ONG de proteção naquela área?
----------------
O serviço estava parado devido problemas na bateria do veículo usado para capturas.
O Centro de Controle de Zoonoses fica localizado na rua Mil e Cem, próximo a Linha 94

As constantes reclamações ao Centro de Zoonoses (CCZ) de Ji-Paraná, divisão subordinada a Secretaria de Saúde (Semusa), sobre a proliferação de animais, especialmente de cães e cavalos soltos nas vias públicas aumentaram nos últimos meses. Recentemente, o serviço estava parado em decorrência de problemas na bateria do veículo usado para capturas de cachorros, mas já foi solucionado segundo o diretor Antônio Adair Filho.

Segundo Adair Filho os pedidos para retirar animais, principalmente cães, aumentou bastante nos últimos meses. Entre os bairros de onde parte a maioria das solicitações estão o Nova Brasília, Dom Bosco, Parque São Pedro e Presidencial. De acordo com ele, os próprios donos dos animais os abandonam nas ruas, colocando em risco a saúde pública. “O correto é entregá-los no Centro de Controle de Zoonoses, e aqui fazemos uma avaliação do estado que o animal se encontra”, declarou.

Ainda segundo Antônio Adair, a equipe que o ficou substituindo já está elaborando um calendário de capturas tanto de cães quanto de equinos (cavalos). Ele frisou que os dois veículos estão funcionando normalmente e que o serviço abrangerá todos os bairros, mas primeiramente os que mais registram reclamação por parte da população. O Centro de Controle de Zoonoses fica localizado na rua Mil e Cem (390) com a rodovia estadual – avenida Edson Lima do Nascimento (antiga Linha-94). “Os donos de cães e gatos que não queiram mais ficar com seus animais, em vez de abandoná-los nas vias públicas, podem deixá-los no Centro de Zoonoses”, concluiu Adair Filho.

Doenças 
De acordo com o Centro de Zoonoses, a população deve tomar cuidado com os animais soltos nas vias, eles podem transmitir doenças como: Ebola, Henipavírus (transmitida por morcegos) Raiva (cães, gatos e mamíferos), Febre de Nilo Ocidental (Aves); Febre hemorrágica (carrapatos) e Hantavirose (roedores).

2 comentários:

  1. Ebola? Sério isso? Devo rir ou chorar com essa imbecilidade?
    O problema não são os animais e sim a falta de educação e conscientização dessa gente irresponsável. Agora, se não houver uma ONG para fiscalizar esses CCZs, quem garante que eles cumprirão com a lei? Isso aqui é Brasil!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪