08/02/2017

Trabalhador da indústria de laticínios preso por maus-tratos a uma vaca

Mais um caso de punição contra empregados de fazenda. A Mercy for Animals lembrou casos que esteve a frente da investigação sobre maus-tratos a animais de fazenda.
Fonte: Mercy for Animals
Colaboração: Helô Arruda
------------------
De acordo com a publicação The Fresno Bee, um trabalhador de uma fazenda leiteria na cidade de Fresno, Califórnia, foi preso na sexta-feira passada sob suspeita do abuso animal.

Um supervisor de laticínios disse às autoridades que viu o funcionário no vídeo de vigilância batendo em uma vaca com um tubo de metal. IMAGENS FORTES.


As fitas mostram Pablo Carcamo batendo na vaca enquanto ela estava sendo levada para a estação de ordenha. Autoridades prenderam o trabalhador sob acusações de abuso animal. A fiança de Carcamo
foi fixada em US $ 50.000 e ele enfrentará um juiz na terça-feira.

Infelizmente, abusos como este são muito comuns em fazendas de laticínios. A Mercy For Animals realizou mais de 50 investigações secretas em fazendas nos Estados Unidos, Canadá e México, e descobriu terríveis crueldades contra animais.

Em maio de 2014, um vídeo secreto do MFA mostrou aos trabalhadores da Chilliwack Cattle Sales - a maior fábrica de laticínios do Canadá - batendo, chutando e perfurando animais, usando correntes e tratores para içar vacas no ar, cutucando e espremendo feridas e agredindo touros nos testículos.

Esta investigação levou a um total de 20 acusações de crueldade animal contra a fazenda e seus proprietários. As acusações levaram a condenações. A fazenda se declarou culpada de três crimes de crueldade com animais. Um de seus proprietários, Wesley Kooyman, declarou-se culpado por uma acusação. A empresa e Kooyman foram sentenciados à pena máxima permitida por lei - uma multa de $ 75.000 dólares. Kooyman também foi proibido de possuir animais e ter qualquer controle sobre a fazenda industrial por um ano.

Em 2016, uma investigação secreta do MFA em Perdue Farms, na Carolina do Norte, expôs os trabalhadores chutando e atirando galinhas e violentamente pisoteando-as até a morte. O funcionário Danny Miranda se declarou culpado de três crimes de crueldade com animais.


Enquanto essas punições deixam uma mensagem clara de que o abuso animal não será tolerado, em última análise, a melhor maneira de proteger as vacas e outros animais de criação de sofrimento desnecessário é deixar carne, ovos e laticínios fora do seu prato.

Um comentário:

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪