21/01/2017

Carteiro constrói rampa para cão idoso de sua vizinhança

Achei tão simpática a atitude do carteiro....
------------------------

Perdendo apenas para os gatos em popularidade, os carteiros são sempre mostrados como inimigos dos cães em vários tipos de mídia, principalmente nos filmes americanos. Felizmente, essa rivalidade não é tão recorrente na vida real.

Há algum tempo, nós contamos a história do carteiro australiano Martin, que sempre era recebido por uma cadelinha chamada Pippa que pegava as correspondências de seus humanos. A
amizade entre os dois era algo tão forte, que quando Martin não tinha nenhuma encomenda pros tutores, ele improvisava uma cartinha só para não decepcionar a cadelinha.

Há alguns anos, o carteiro Jeff Kramer começou a cobrir uma rota diferente na cidade de Boulder, no Colorado. Em uma das casas estava o labrador Tashi e pode-se dizer que foi “amizade à primeira vista”.

“No primeiro dia que eu o vi, ele correu o mais rápido que pode e veio em minha direção balançando a cauda de um lado para o outro,” contou Jeff ao DailyCamera. “Ele é um cão muito amável e eu tenho uma queda grande por cães.”

Todos os dias, mesmo quando Jeff não tinha nada para entregar na casa de Tashi, ele sempre parava para cumprimentar o seu grande amigo.

Infelizmente, o labrador que agora tem 14 anos, já é um cão idoso e a idade avançada trouxe uma série de problemas, entre eles, as dificuldades em se movimentar. Tashi não consegue mais descer as escadas de sua casa sozinho.

“Nós tínhamos que, literalmente, carregar ele para subir ou descer as escadas,”contou Karen Dimetrosky, a tutora do labrador. “Isso era um pouco complicado levando em consideração que ele pesa aproximadamente 70 libras (31.75 Kg).”

Vendo a situação do seu amigo, o carteiro então decidiu fazer o mesmo que ele havia feito para o seu antigo cãozinho, Otie, quando o mesmo começou a ter os mesmos problemas. Sem esperar nada em troca, ele construiu uma rampa de madeira para que Tashi pudesse entrar e sair de casa.

“Ele é um homem incrível. Nós temos a rampa há apenas alguns meses e isso tem ajudado a todos nós,” conta Karen. A tutora contou que a amizade entre os dois é tão forte, que Jeff lembrou e foi até a casa de Tashi no dia de seu 14º aniversário.

O carteiro confirmou que ao contrário da crença popular, a maioria dos cães que ele vê em sua rota são amigáveis, mas ainda têm aqueles que não vão com sua cara.

“Cerca de 40 cães que sempre são amigáveis e vem me cumprimentar quando vou entregar alguma correspondência em suas casas. Mas tem uns três ou quatro que parecem que querer me devorar,” contou Jeff.

FONTE: gazetaderondonia

5 comentários:

  1. os cachorros, ñ é inimigo dos carteiros, eles apenas estão dando sinal da natureza de que chegou aproximação de estranho no portão da casa onde os cachorros moram. eu acho assim.

    ResponderExcluir
  2. Se o carteiro tem medo de cães os cães sentem... por isso latem ou rosnam, estão guardando seu território! Mas se o cão "sente" que o humano não tem medo e é gentil acontecem as grandes "amizades"!

    ResponderExcluir
  3. Você merece, JEFF que quando estiver bem velhinho, DEUS em pessoa lhe dê a mão para ajudá-lo a subir a rampa do Céu, onde não existe doença, velhice ou morte e você terá sempre este rosto bonito de um homem bom e sempre jovem.

    ResponderExcluir
  4. Eu amo quem ama os animais!

    ResponderExcluir
  5. Linda história! Esse homem merece muitas bênçãos. Aproveitando, se tem uma coisa que acho maravilhosa nos EUA são as casas sem muros.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪