27/01/2017

Cachorra vai sozinha ao mercado fazer compras para sua dona - Caldas, MG

Que bonitinha, mas, fico temerosa agora pela meninona que ficou famosa...
--------------
Uma cachorrinha que vive no distrito de São Pedro de Caldas, em Caldas (MG), tem chamado a atenção por realizar tarefas não muito comuns para animais. A Laila, que é uma mistura das raças Rottweiller com Bassêt, não é do tipo que dá apenas a patinha, ou capaz de deitar e rolar. A cachorra também faz serviços “domésticos”, como ir ao açougue buscar carne ou um refrigerante na mercearia.


O tamanho da cachorrinha é de uma fera, mas a carinha e o formato do corpo são no melhor estilo "salsichinha", resultado curioso. "É um cruzamento de Rottweiller com Bassêt, mas ela é um Bassêt
meio gigante", explicou a cabeleireira Lucimar Aparecida Silva Franco, dona do animal.


A "gigante" toma conta da vida e do coração da dona. As duas se tornaram companheiras inseparáveis. "Se eu descer a escada aqui em casa 10 vez por dia, 10 vezes por dia ela desce comigo. Vou para o armazem, ela vai junto. Vou para o salão, ela vai junto. todo mundo conhece a Laila aqui, ela é amiga de todo mundo", contou Lucimar.


A cachorra que tem uma vida de muita liberdade, vive em um distrito que tem pouco mais de 1,4 mil habitantes localizado no Sul de Minas Gerais. E como acontece em muitos cantos do interior, homens e animais convivem bem. Laila vive sem coleira, passeia sozinha, faz amigos e ganha admiradores por onde passa.


"A cachorra é inteligente demais. Se o ser humano fosse inteligente igual à ela, o mundo era uma beleza", contou o lavrador Antônio Alves Garcia.

A Laila já está com 10 anos de idade e nesse tempo se mostrou bastante inteligente. Aprendeu dos truques mais simples, como dar a patinha, até aos mais complicados, como a encenação do tombo do marido de Lucimar, quando caiu da escada da casa deles. Mas a esperteza da cachorra não para por ai. E, se ela já chamava a atenção por causa da simpatia e da inteligência, nos últimos tempos ela começou a fazer coisas que não são comuns entre outros cachorros ensinados. O resultado é que a dona dela já não precisa sair de casa para fazer compras.

"Então, tinha dia que eu tava sem tempo e falava para a Laila ir buscar, daí eu comecei a ensinar por brincadeira e um dia falei pra ele ir ao açougue comprar carne, ela saiu e foi. Coloquei um bilhete no saquinho, deixei para a moça do açougue e ela foi e aprendeu. Agora ela vai todo dia", contou Lucimar.


Com a encomenda na mão, ou melhor, na boca, ela volta para casa. A Laila é tão responsável, que mesmo amando carne, não abre a embalagem. "Nunca fura não, entrega certinho para mim. Depois ela ganha um agrado", explicou a dona da Laila.

Situação que já não espanta mais os comerciantes do distrito. "Ela vem todo dia, pega e leva. Passei a ver que ela fazia o que realmente eles falaram que ela fazia", disse a comerciante Rosângela Muniz.
Fato que enche Lucimar, a dona da Laila, de orgulho. "Muito orgulhosa, eu tenho até medo de alguém roubar a Laila de mim", disse a dona da cachorra.


Fonte: G1.

6 comentários:

  1. Coisa linda! E tem gente que acha que animal não é família.

    ResponderExcluir
  2. Muito bonitinho mas sem noção porque "tanto vai o pote à fonte, que um dia quebra" e se a tutora "tem medo de alguém roubar ela de mim", melhor "tirar o cavalinho da chuva" antes que dê zebra, ainda mais que Laila é idosa além de obesa e merecia estar aposentada, curtindo a fresca da tarde no varandão da morada e saindo "sempre" acompanhada para aquela atividade física diária, básica, imprescindível pra afinar a cintura mas sem dar mole pro azar, mesmo porque a visão e audição não devem estar nos trinks pra que essa fofa se arrisque por aí atravessando a rua porque, abre o olho gente boa, tão roubando até criancinha no colo da mãe, é mole?

    ResponderExcluir
  3. Linda !!
    Mas gente, o pobre animal é obesinho e idoso. E sem agilidade atravessando ruas ? Subindo e descendo escadas várias vezes por dia ? Ela já está meio manquinha.

    De qualquer modo a tutora ama ela e certamente não se dá conta destes problemas........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem tutor bonzinho que acaba matando o cão justamente porque ama ele.

      Excluir
  4. Muito linda, esperta e também muito divertido ver a Laila em ação, mas por amor, eu jamais a deixaria andando sozinha, mesmo numa cidade pequena e tranquila como essa.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪