31/12/2016

Ficando a par da verdade: "Esclarecimento da UIPA ao público"

A presidente da UIPA/SP vem sofrendo uma perseguição indescritível por protetoras loucas cujo interesse parece ser "assumir" a entidade para ter uma fonte de renda para atender interesses pessoais.  Até o Facebook da entidade foi hackeado desde ontem, provavelmente, para fechar a série de atentados contra a Dra. Vanice Orlandi que é uma das pessoas que mais respeito pelo conhecimento na nossa causa. 

A recém falecida e amiga Izabel Cristina, presidente da SUIPA, aqui no Rio, durante todo seu mandado sofreu, também, inúmeras ações de pura maldade que só
trouxeram prejuízos a causa animal. Eu mesma posso depor contra estas protetoras psicopatas que usam a causa de defesa animal para exercitar seus diabólicos sentimentos. 

O pior de tudo são as pessoas ingenuas e crédulas que acreditam que ONG´s como a SUIPA, UIPA e até a nossa "Fala Bicho" pudessem ser presididas por pessoas capazes de cometer atos de maus-tratos contra animais. Eu sofri uma perseguição terrível por 2 anos e fui vencida, infelizmente.

Enfim, como a UIPA está sem comunicação com o grande público e seus sócios, estou publicando a verdade dos fatos contradizendo esta campanha difamatória que só trará prejuízo aos animais que lá estão abrigados.
====================

“Caluniar é roubar, porque o nome é o primeiro dos patrimônios do homem, a base de seu crédito, o nervo de sua força, o estofo do seu trabalho, a herança da sua prole, a última consolação da sua alma.”

(Rui Barbosa)
Conforme já divulgado anteriormente pela Uipa, sua presidente desmantelou, em 2015, um esquema de fraudes que havia sido, recentemente, implantado na entidade, excluindo todos os seus envolvidos, o que a tornou alvo de denuncismo por parte de quem pretende reaver os proveitos perdidos.

Em virtude de falsas denúncias, a Uipa sofreu, de janeiro a dezembro, INACREDITÁVEIS DEZ VISTORIAS, por parte da Polícia Ambiental, Polícia Civil, Centro de Controle de Zoonoses, Vigilância Sanitária e Conselho Regional de Medicina Veterinária, QUE NÃO VERIFICARAM INDÍCIO ALGUM DE PRÁTICA DE MAUS-TRATOS.

Conforme o relatório de inspeção realizada em 20 de outubro último, os animais alojados estão contidos em espaço adequado, ambiente devidamente limpo e organizado, com ambientação apropriada e fichas de procedimentos padronizados para os vários setores da entidade, incluindo o atendimento aos animais alojados (a atualização do CMVS foi concluída poucos dias após aquela inspeção).

Como todas as investidas contra a Uipa fracassaram, a foto de um cão em péssimas condições, QUE JAMAIS ESTEVE NA UIPA, passou a ser usada para denegrir a sua imagem. Sem falar em outras manobras ardilosas como o vídeo de um cão branco e preto com bicheiras, filmado em janeiro, quando ingressou na entidade JÁ NAQUELE ESTADO, e que, de forma imediata, recebeu toda a assistência veterinária necessária. 

Ao que parece, há quem imagine que os animais acolhidos pela Uipa por lá aportam em perfeitas condições. De tão calamitosas, a entidade nem pode exibir as fotos de muitos dos animais que acolhe, o que faz em respeito à sensibilidade de seus seguidores (falsos protetores costumam exibir fotos desse gênero para angariar fundos para subsistência própria, o que não é o caso da Uipa).

Nada mais fácil do que produzir fotos e vídeos chocantes em uma entidade que recebe animais em estado de absoluta penúria. Nada pode ser mais vil do que valer-se desse material para imputar maus-tratos a animais, justamente, à entidade que os acolheu para recuperá-los. A simples imagem, destacada de todo um contexto, não pode servir para avaliar a conduta técnica dos veterinários, ou do trabalho da entidade. 

Se a Uipa eliminasse a vida dos enfermos, ou se não lhes ministrasse assistência veterinária, certamente, não haveria animal algum na enfermaria para ser fotografado ou filmado: essa é a conclusão lógica a que chegam as pessoas dotadas de mediana inteligência, não?

Luta-se, até o fim, pela vida do animal, mas em alguns casos, não existe reação ao tratamento, e apenas a eutanásia pode livrá-lo do sofrimento imposto por algum mal incurável. Nesses casos, a necessidade de prática de eutanásia, que é uma medida de assistência veterinária, é identificada pelo veterinário e autorizada pela Administração. 

E a enfermaria, criticada por leigos, foi erguida em 2006, nos moldes requeridos pelos agentes sanitários, que não recomendam a contenção de cães em gaiolas.

Animais sequelados por acidentes, ou por cinomose, encontram-se em tratamento na enfermaria. Se a Uipa os tivesse eutanasiado, estaria sendo acusada de maus-tratos. Se os mantêm vivos, com tratamento diário ministrado por um veterinário, da mesma forma, é acusada de maus-tratos!

Como dizia Machado de Assis, “preso por ter cão, preso por não ter cão”.

Apesar de toda a difamação que a atinge, a Uipa não cessou suas atividades centenárias de acolher, recuperar, manter e promover a adoção de cães e gatos. Aliás, é a única, em São Paulo, que mantém-se aberta à visitação pública e recebe animais trazidos pelas Polícias Ambiental, Militar e Civil, CET e Corpo de Bombeiros.

Se a manutenção da entidade tornar-se inviável, em decorrência de tanta difamação, a cidade perderá a única ONG que realiza esse trabalho, que aliás, mereceu a Medalha Anchieta da Câmara Municipal de São Paulo. 

As pessoas deveriam ser mais criteriosas e atentar para o caráter daqueles que difamam a Uipa e os interesses que os movem. Quem se preocupa com o bem-estar de cães e gatos, não submete à difamação uma entidade que os mantém sob sua guarda, porque temeria deixá-los sem recursos. 

Se a Uipa não contasse com milhares de associados, mais de meio milhão de seguidores, um abrigo de nove mil metros quadrados e a clínica veterinária mais antiga do país, decerto que não atrairia o olhar de quem se vale do sofrimento de animais para subsistência própria. 

Com a lembrança de Rui Barbosa, deixo o meu desabafo:

“De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto” 

Vanice Teixeira Orlandi
Presidente
-------------------------
Tenho publicado várias postagens sobre o assunto. Confiram estas:
  1. Precisamos por um fim a esta injustiça feita à SUIPA do Rio e à UIPA de Sampa.
  2. Manifestação na porta da UIPA/SP? ah, vão arrumar o que fazer, suas dementes!

10 comentários:

  1. Cristina Calixto01/01/2017 00:04

    Qd a minha irmã me mostrou essa publicação contra a UIPA, eu ainda disse à ela q havia algo de podre no ar, pq vc sempre defendeu a entui da de. Mesmo assim postei, a fim de ver se alguém se manifestava. E eis q eu não estava errada...

    ResponderExcluir
  2. Vamos lutar pela SUIPA e UIPA, pois a Justiça será feita, encontrando um meio de colocar esses psicopatas na prisão, respondendo por injúria grave e difamação...

    ResponderExcluir
  3. Ô, Danielle Santos, vc. após falar um festival de besteira nos comentários perguntou: "E aliás, vocês vão apagar meu comentário também ou me não aprovarem?"
    Vou responder: sim, não aprovei seu comentário porque demonstra pleno desconhecimento de causa. Aliás, vc. já foi alguma vez na UIPA? deveria ir e conhecer a entidade. Então, quando mostrar seu conhecimento da causa, vai ter seus comentários liberados em nosso blog.

    ResponderExcluir
  4. Sou de São Paulo e garanto que a UIPA sempre esteve de portas abertas para receber animais e visitantes. Eu mesma já a visitei diversas vezes, acompanhando pessoas que queriam adotar ou encontrar seu animal perdido que pudesse ter sido recolhido e ido parar lá e nunca encontrei nada que desabonasse a conduta da ONG. Visitamos todos os alojamentos, inclusive a enfermaria onde animais estavam sendo avaliados e não presenciei nada de errado.
    Esse denuncismo tem cheiro de politicagem, envolvimento com a deputaiada e tudo para puxar o tapete de gente competente. Essa novela eu conheço muito bem!
    É preciso unir forças, porque nesse país de "espertinhos" a corda sempre arrebenta do lado honesto.

    ResponderExcluir
  5. Sou protetora de animais há 25 anos e sempre me utilizei de recursos próprios para atuar na área. E conheço a UIPA por dentro e há muitos anos e posso atestar a seriedade da empresa. Chegou até o meu conhecimento essas denúncias contra a UIPA e como sou uma pessoa que gosto de me inteirar sobre o assunto antes de me manifestar fui procurar os responsáveis por tal denúncia e não é que me deparo com uma moça ( que por questões legais não posso dizer o nome )que me é de certa forma bem conhecida. Essa moça digamos de moral levemente distraída, trabalhava como acompanhante aqui em SP e coincidentemente fazia programas com meu ex marido e tenho farto material que comprova a situação pois nisso foram envolvidos detetives e tudo mais tenho até cópia de emails que ela mandava para ele. Enfim essa moça teve dois filhos de pessoas famosas( pois ela esperava garantir a aposentadoria assim ) e envelheceu e está desesperada a procura de uma nova fonte de renda e é claro que está sonhando com um cargo na UIPA que possa lhe render a aposentadoria tão esperada....Por esse motivo é interessante observar quem fala muito mais do que o que fala. É uma pena que essa vagabunda esteja procurando fama e dinheiro ás custas do sofrimento de centenas de animais. Só que tem uma coisa se a UIPA fechar eu vou divulgar todo o material de investigação que possuo e ela vai ficar bem famosa...

    ResponderExcluir
  6. Pessoa que mandou um comentário Anônimo:
    não vou publicar porque diante das acusações que fez só o farei se vc. se identificar..... Eu não sou de tirar postagens do ar só porque vc. se acha ou porque tenho medo de vc. Nem sei quem vc. é. Se eu estiver enganada como diz, eu terei a humildade de reconhecer simplesmente porque eu tenho caráter.

    Pelo jeito, vc. deve ser uma das criaturas enlouquecidas que andam enfiando os pés pelas mãos com objetivos escusos, porque, na verdade, não consigo acreditar que sua preocupação é com os animais.... Então, se quiser se identificar para apresentar suas denuncias e informações, apresente-se. Eu publicarei.

    Agora, pára de me ameaçar, combinado? Quando vc. nasceu eu já era formada no conhecimento de psicopatas e mau-caráter..... Posso lhe encaminhar à um ótimo profissional para que faça uma avaliação deste seu estado mental alterado. Vc. está possuída, criatura do mal!!!!!! Vá se benzer com um pai de santo, um padre, um rabino, um pastor, sei lá....Vc. está parecendo encarnação do demo!!!!!!! cruzes!!!!! vade retro......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Anonima esta misturando causa pessoal com causa animal. A PROVA de adulterio iria mudar em que?

      Excluir
    2. Assim como as pessoas que invadiram a UIPA de uma forma vil e covarde, o faz igualmente quem a esse blog vem: ameaçar, ofender de forma anônima. Se tivesse um mínimo de integridade se identificaria sem problema algum. Volto a dizer: certamente há motivos sombrios nessa perseguição à UIPA, e a meu ver, os piores estão nos bastidores, movendo todas as ações desses fantoches sem cérebro.

      Excluir
  7. Também estou sofrendo perseguição e difamação nas redes sociais. Parece que isso virou moda. Esses bandidos se armam em quadrilhas e muitos fakes e páginas criminosas. Estou observando os ataques a UIPA e vi também contra a SUIPA. Por trás disso tem pessoas gananciosas.estão pouco se lixando para bicho.Querem as doações dos animais. Sou única protetora da minha cidade e sei que sem o meu trabalho os animais ficariam sem proteção ou assistência,mas até veneno estão jogando no meu quintal para matar os bichinhos que resgato em estado deplorável e restauro suas vidas. estou com muitas dívidas e tem dia que flata ração.Meus resgatados em sua maioria são velhos,cegos,sequelados e amputados,sem falar nos vira latas pretinhos que ninguém adotar. É triste ver tanta maldade ,tanta ganância e tanta crueldade. Temos de nos unir para salvar as poucas ONG e protetores honestos e sérios que ainda existem.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪