06/10/2016

Idoso abandona planos de aposentadoria e abre santuário para cães abandonados

Um ser que vem de outra dimensão.... É muito lindo de se ler estas notícias.... Achei o site dele Arunachala Animal Sanctuary and Rescue Shelter onde além de abrigar os animais oferece atendimento veterinário para a população. Parece bem simples, mas, nota-se que lá existe muito amor.  Vejam o vídeo de 2011 e se acabem de chorar de tão lindo....
------------------------
Quando o aposentado Leslie Robinson estava prestes a completar 70 anos, ele decidiu que iria passar o restante de seus dias no Himalaia, mas primeiro, ele iria visitar Tiruvannamalai na Índia por cerca de 10 dias. Mal ele sabia que iria ficar ali pelos próximos 10 anos.


Como um amante dos animais, Robinson simplesmente não podia deixar a cidade onde estava hospedado após descobrir que as autoridades planejavam matar cães abandonados
em alguns dias sob o pretexto de controle populacional. Centenas de telefonemas depois, Robinson foi capaz de atrasar o plano das autoridades com uma condição: era preciso um programa alternativo para salvar os animais.

Foi então que ele decidiu abandonar seu plano de ir ao Himalaia e abrir o santuário Arunachala Animal Sanctuary and Rescue Shelter.
Agora, aos 80 anos, Robinson trabalha com uma equipe de 23 pessoas para ajudar o maior número de cães abandonados possível e, como existem inúmeros animais desabrigados na Índia, esse trabalho parece nunca ter fim.

As pessoas levam animais abandonados ou feridos ao santuário que oferece água, alimento, espaço para brincar, cuidados veterinários e muitos abraços aos animais. A clínica do Arunachala recebe até 800 pacientes por mês.

O local cuida principalmente de filhotes de cachorro, mas outros animais também recebem abrigo e atendimento se necessário. Isso mostra o quão compassivo o local é com todos os seres vivos.

A escolha de Leslie Robinson de resgatar animais é verdadeiramente inspiradora. Milhares de animais na Índia devem suas vidas à bondade do idoso, informa o One Green Planet.

Sua determinação é admirável. Ele usou suas economias para fundar o santuário e, posteriormente, recebeu apoio de doadores privados Em um mundo no qual tantas pessoas se afastam das dificuldades, especialmente quando estão relacionadas a outros animais, Robinson decidiu reorganizar sua vida para ajudá-los. Este é um desafio, pois o abrigo sempre precisa de dinheiro, mas Robinson continua seu belo trabalho.

FONTE: anda

4 comentários:

  1. A coisa mais bela que já vi,tanto amor, dedicação e abdicação de seu dinheiro e sua vida em família fazendo os animais sua família querida.Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  2. Não só os animais precisam de você, Robinson, humanos também precisam aprender lições que seu coração sabe ensinar.

    ResponderExcluir
  3. Muitas vezes uma pessoa passa toda a vida preocupada com os estudos, o trabalho, a família e a mesmice do dia a dia, sem se dar conta das necessidades daqueles que o rodeiam. Se na aposentadoria alguém como ele percebeu isso, significa que ele aprendeu muito com os ensinamentos da vida, se tornando uma pessoa completa e por isso, feliz.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪