18/10/2016

Animal! Teatro, figurinos e samba 2017 marcam noite na Águia de Ouro

Acho que será um momento importante para a Causa Animal!!!!! Galera de Sampa está de parabéns!!!!
------------------------
Na noite do último sábado, dia 15, a Águia de Ouro lançou oficialmente o samba que irá embalar seu desfile no Carnaval de 2017 em evento realizado em sua sede em São Paulo.

Com isso, o cardápio com os quatorze hinos do Grupo Especial 2017 está completo.

A composição que irá ilustrar na Avenida o enredo "Amor com amor se paga. Uma história animal", é de autoria de Douglinhas, Juca, Pelezinho, Ivanzinho, Cuca e Fernandinho SP.

A quadra localizada na Zona Oeste começou a receber o público por volta das 21h. 

O espaço foi tomado por comunidade, sambistas e parceiros, ansiosos para conhecer o novo hino e conferir de perto as fantasias que vão contar a história do enredo no Anhembi. Nos camarotes estiveram diversos representantes de ONGs que realizam importante trabalho direcionado para a causa de proteção aos animais.

Segundo apurou a reportagem do SRZD nenhuma delas apóia a agremiação com recursos financeiros. A parceria se dá através de ações relacionadas ao tema e de interesse comum entre as entidades e a escola.

Antes do momento alto da noite, show de pagode para abrir os trabalhos. Na sequência, foi a vez da ala musical e dos ritmistas da bateria comandada por mestre Juca relembrarem antigas composições do repertório azul e branco. 

Em entrevista ao SRZD, Juca, comandante da "Batucada da Pompéia", garantiu que a comunidade, novamente, abraçou o projeto de Carnaval e, consequentemente, o samba que foi concebido através de processo interno, e ainda arriscou bastante confiante: "Vamos brigar pelo título".

Ele também desabafou rebatendo as críticas feitas através das redes sociais direcionadas ao samba-enredo, e lamentou o comportamento de alguns compositores que, segundo ele, já estiveram envolvidos em outros projetos de Carnaval da Águia de Ouro e revelaram, nos últimos dias, uma postura bastante inadequada e desrespeitosa junto ao pavilhão. (Breve entrevista na íntegra em vídeo)

Embaixadora do enredo marcou presença

Quem mais uma vez marcou presença e mostrou-se muito entusiasmada com o andamento dos prepatativos para o desfile oficial foi a embaixadora do enredo, a apresentadora Luisa Mell, conhecida por sua militância em favor da defesa dos animais, sobretudo, os cães. 

A primeira parte da festa teve ainda o brilho da rainha de bateria Cinthia Santos, do quadro de casais de mestre-sala e porta-bandeira, passistas, baianas e componentes dos demais segmentos.

Encenação teatral marcou apresentação dos pilotos 

Centenas de cadeiras foram dispostas pelo terreiro, formando um grande auditório.

Como num teatro, o público pôde se acomodar para assistir o espetáculo montado especialmente para apresentar os figurinos que vão passar pelo sambódromo paulistano.

Um grande telão e duas telas de projeção exibiam imagens para ilustrar os elementos do enredo, apoiadas por efeitos sonoros e locução. Os primeiros atores chegaram ao palco já nos primeiros minutos do domingo, encontrando uma comunidade empolgada e receptiva.

Conforme o andamento das projeções avançava, acompanhadas pelas respectivas trilhas-sonoras, os figurantes, gradativamente, desfilavam com as fantasias dos diferentes setores, vestindo roupas que estamparam originalidade.

Após o término da apresentação teatral breve palavra do presidente Sidnei Carriuolo, do carnavalesco Amarildo de Mello, e a exibição de um vídeo dando destaque ao time 2017. O encerramento trouxe novamente os músicos para o centro das atenções para a exibição do novo samba.

Conheça a letra do samba-enredo 2017 da Águia de Ouro 

Alma de artista
Dama ou vagabundo
Amigo do mundo, teu olhar afaga
Namora a lua no meu barracão
Amor que não se acaba

Amanheceu, já clareou!
Sou um apaixonado na Avenida
Que verdadeiramente te ama e, não te faz sofrer
Se um dilúvio acontecer eu não te esqueço
Como te esqueceu...Noé
Me sinto em Torre de Babel
Repleto de tantas confusões
Perdido querendo me encontrar
Mas sempre estarei com você
Arteiro de grandes histórias
Na tela do cinema emociona
Estrela que inspira
É tua a calçada da fama do meu Carmaval

Faz a criançada gargalhar
Ao ver o vilão fracassar
Herói tão valente e muito engraçado
Atração do desenho animado

Hoje a minha Águia vem pedir
Pra humanidade refletir
Sinceramente um novo olhar
Um picadeiro não é mata
Nem piscina é oceano
Como diz Luisa Mell
Não maltratem os animais
Projetam esses companheiros
Que guiam, socorrem
E que se arriscam por nós
São anjos mandados por Deus
Que clamam um futuro melhor

Veja como foi o momento em que o samba foi apresentado:

'Ah muleque': um intérprete com a cara da escola

Embora tenha emprestado o talento de sua voz para diferentes pavilhões, Douglinhas Aguiar é, sem dúvida, um dos casos bem sucedidos de identificação de um profisisonal com uma escola de samba.

A voz que vai defender mais um hino da escola da Zona Oeste, começou sua caminhada no mundo do samba na coirmã Pérola Negra, em 1986.

São três décadas dedicadas ao Carnaval. E três décadas, não são três dias. Ao vivenciar as inúmeras transformações pelas quais os desfiles de escola de samba passaram nesse período, Douglinhas é autoridade ao dizer sobre os impactos que as mudanças impõe para aqueles que conduzem o canto dos componentes:

"Hoje em dia há uma cobrança muito grande no segmento, por conta da disputa, cada vez mais acirrada.

Isso, é algo que veio junto com a profissionalização. E nós temos que nos preparar para essa nova realidade, sempre aliando a essência do samba, com as exigências do concurso", explica e acrescenta que o contexto também se modificou no que diz respeito ao público que acompanha a festa:

"Há alguns anos, principalmente pela amplitude e alcance de tudo que é feito e publicado através das mídias sociais, a exposição é enorme, somos avaliados quase que imediatamente". Além de traçar o cenário desses tempos, detalha como tem se adapatado neste processo:

"Depois de tantos anos ainda consigo seguir fazendo uma das coisas que mais gosto, que é cantar samba-enredo, mas tive que me adaptar.

O andamento cada vez mais corrido, do samba e do desfile, da bateria, faz com que a gente tenha um desgaste maior. Por isso tenho procurado, inclusive, a ajuda de especialistas para estar sempre pronto para realizar meu trabalho da melhor forma", conta projetando 2017:

"Estamos trabalhando muito. O samba aborda um enredo que eu particularmente gosto muito. É muito diferente do que fizemos esse ano, é um tema mais leve e que traz algo muito bacana, que é o amor.

No início desta nova etapa tive uma conversa bastante proveitosa com o presidente Sidnei e ele me deu abertura para estruturar nosso time, foi aí que chamei o Fernandinho SP para me auxiliar. Esse reconhecimento, e essa confiança, valem mais que qualquer coisa", diz um dos mais competentes cantores de samba-enredo da folia paulistana.

Águia apresentou novo comando de sua comissão de frente

Após a saída do coreógrafo Robson Bernardino a Águia de Ouro terá nova liderança em sua comissão de frente. Trata-se de um duplo comando: Cris Rabello, nome bastante conhecido no segmento, e do ator e produtor Marcelo Gomes.

Cris é formada em ballet clássico pela Escola Municipal de Bailados de São Paulo, é professora de ballet, jazz, alongamento e coreógrafa há mais de duas décadas.

Sua carreira também contempla a formação pela Royal Academy of Dance, de Londres, especialização na Escola Coreográfica do Bolshoi, em Moscou, e aprendizagem de teatro e expressão com renomados profissionais brasileiros.

Sua atuação no Carnaval começou em 1993 quando foi jurada do Grupo Especial avaliando os quesitos de mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente, harmonia e evolução, incumbência que teve até 1999.

Nos anos seguintes saiu como componente em diferentes agremiações. Em 2005 coreografou carros alegóricos e, um ano depois, assinou seu primeiro trabalho como coreógrafa do primeiro quesito apresentado nos desfiles.

A partir daí não parou mais. Teve seu trabalho reconhecido e elogiado pela crítica e pelo público. Contabiliza no currículo passagens pela X-9 Paulistana, Leandro de Itaquera, Sociedade Rosas de Ouro e Estrela do Terceiro Milênio.

'Nem reinos, nem religião, apenas amor'

Amarildo de Mello, responsável por traduzir história em elementos visuais, falou ao SRZD sobre todo o processo de concepção e criação do tema.

Ao explicar o que pretende levar para a Avenida constatou a ousadia da agremiação ao escolher um enredo que não se apoia em elementos utilizados com bastante frequência pelos artistas da folia, entre eles, religiões e reinos.

Vídeo: Amarildo de Mello detalha o enredo da Águia de Ouro


A inspiração para este desfile, bastante relacionada com a paixão por cachorros do presidente da Águia de Ouro, Sidnei Carriuolo, é a nova aposta da agremiação na busca do título inédito.

Sonho alimentado justamente numa temporada especial para a comunidade da Pompéia, que celebra este ano, quatro décadas de história, contribuindo com a cultura popular e o com o Carnaval brasileiro.

Veja a logomarca oficial do enredo da Águia de Ouro

Sétima escola a se apresentar na primeira noite de desfiles da sexta-feira, em 24 de fevereiro, a Águia de Ouro abordará as relações entre os cães e o homem.

FONTE: sidneyrezende

4 comentários:

  1. Sem dúvida, é mais uma vitória da proteção animal. Porém, vou fazer o papel de advogado do diabo: duvido que depois desse evento eles não ofereceram uma churrascada cervejada. Duvidoooooooo!

    ResponderExcluir
  2. Mesmo não gostando do Carnaval, tenho que admitir que essa sim é uma verdadeira festa nacional, é diversão, é patrimônio cultural pois o carnaval brasileiro é único no mundo inteiro.

    ResponderExcluir
  3. Vital Fernandes19/10/2016 00:42

    Claro que devemos comemorar, pois acho que trará maior visibilidade para nossa luta. Sempre amei Carnaval e desfilei por muitos anos, mas confesso que, desde que me tornei vegano, dentre muitas outras coisas, também abri mão dos desfiles como forma de protesto a uma indústria milionária de plumas e penas. Só não consegui, ainda, força suficiente para deixar de ver a minha amada Portela passar. Pela causa, vou assistir e torcer muito pela "Águia de Ouro", de São Paulo. Ficaria muito orgulhoso se minha Águia Portelense também defendesse, um dia, os mesmos ideais.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪