19/10/2016

Abraham - Por que Deus não interfere na matança dos animais?

Uma leitora muito querida me mandou este material e achei que deveria dividir com nossos leitores visando um debate enriquecedor para melhor compreensão do que somos ao defender os animais. É um vídeo dos Trabalhadores da Luz . São espiritualistas que divulgam temas. Destaco no vídeo um momento que me tocou bastante porque é assim que penso, ou seja, ninguém precisa se dizer vegano, vegetariano ou seja o que for.... quem tem amor pelos animais emite energia que demonstra seu grau de evolução. Abraham é um dos espíritos que enviam mensagens.
------------------

18 comentários:

  1. Não sei o nome de quem falou no video... Mas ela é maravilhosa, como parte de Deus com TODOS OS SERES... Toda a luta que fizermos em prol dos animais, é de igual modo, a EDUCAÇÃO DO HOMEM. DEUS deu liberdade ao homem, e por isso não interfere... Mas o sofrimento dos HOMENS, MULHERES e CRIANÇAS, DESTRUÍDAS PELA GUERRA... ANIMAIS DESTRUÍDOS PELA BRUTALIDADE HUMANA, TEM QUE PARAR. COMO..?? Trabalhando cada um para isso, mas se nossa força, de nada servir... A GUERRA PEDE VIOLÊNCIA PARA SE ALCANÇAR A PAZ. O HOMEM É A ERVA DANINHA DE NOSSO MUNDO... TUDO MATA E DESTRÓI.!!!!

    ResponderExcluir
  2. Deus não interfere porque ele não existe. Nós é que precisamos agir com nossa própria consciência e moral, assumindo nossas responsabilidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou obrigada a concordar com você, afinal se o Deus da Bíblia é o Todo Poderoso, tudo ouve, tudo vê e tudo pode, então ele poderia acabar com todo o sofrimento dos animais e das pessoas que lutam por um mundo melhor, num piscar de olhos.

      Excluir
  3. Cadê o livre arbítrio dos animais? Isso aí é conversa mole

    ResponderExcluir
  4. Um bom tema para discussão porque há uma diversidade de posturas em relação a ele, sobretudo baseadas na crença religiosa de cada um. Algumas perguntas que me faço no momento são: Por que o mundo é assim? Por que o homem já não nasceu com o DNA do amor? Por que há espécies que só se alimentam de carne? Se a árvore boa dá bons frutos, por que o homem é tão erva daninha, como disse o Luis Nunes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso, colega, que não precisamos saber TODAS as respostas para distinguir o Bem do Mal, mesmo porque crianças espirituais que ainda somos, nos assemelhamos aos "por quês" infantis cujas respostas os papais e mamães poderiam perfeitamente responder mas não convém para os bebês ouví-las cedo demais.

      Excluir
  5. "O sofrimento de um animal é o sofrimento de todos, a alegria de um animal é a alegria de todos" mas escolher vê-los sofrer ou sorrir é opção nossa, não dá para a gente esperar a "freqüência mudar" e não acredito que animais sabem que vão morrer para serem comidos por humanos e estejam conformados com seu holocausto perfeitamente evitável. Eles nascem esperando ser felizes, humanos não deixam. Não fosse a interferência de corajosos abolicionistas que “mudaram a freqüência” na marra, com seu próprio suor e sangue, homens negros estariam sendo espancados no tronco até hoje, esperando "mudar a freqüência" para serem libertos. Não fosse a bravura de ativistas veganos, como por exemplo, Gary Yourofsky, a freqüência do Planeta estaria ainda mais baixa, inferior e degradante do que está hoje e os animais estariam ainda mais longe de sua alforria. Ainda bem que ativistas não costumam esperar quando se trata de salvar animais, libertando-os de suas correntes, jaulas, gaiolas, armadilhas e aquários. Ainda bem.

    ResponderExcluir
  6. Pergunta: a médium do vídeo come carne?

    ResponderExcluir
  7. Tá, tudo é Deus. Nós somos Deus. Então expliquem a cadeia alimentar. O pobre cervo e outros tão dóceis como ele tem que sofrer a dor, o medo de ser devorados. Tá, nós somos Deus, como vamos interferir nos grandes matadouros. Deus existe? Ou inventaram esse nome para explicar o que ninguém consegue entender. Quero acreditar em Deus, mas tá complicado.

    ResponderExcluir
  8. “Cada um tem o livre arbítrio para viver aquilo que quer viver, na frequência que quer viver” – Não concordo com essa frase e é muito difícil encontrar alguém que confirme isso. A moça do vídeo diz belas frases, muitos dizem, mas a realidade é dura de aceitar e é por isso estamos na luta para mudar. Quem dera as coisas fossem apenas de escolhas.

    ResponderExcluir
  9. Vital Fernandes20/10/2016 00:38

    Exatamente isso, L.Copstein, Neusa, Sandra e Myrian Duarte. Se quisermos falar de algo que mexe ainda mais com a "sensibilidade" humana, milhões de crianças, no mundo, estão fora de seus locais de origem ou longe de suas famílias, e vão dormir com fome todos as noites. E isso, apesar de todas as religiões, crenças ou deuses que a maioria acredita que existam. Deve ser muito bom ter algum tipo de fé para aliviar a consciência...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, colega, não tenho nenhum “ tipo de fé para aliviar a consciência” mas se eu não acreditasse em Deus assim como um bebê acredita em sua mãe que o amamenta, veste e o faz dormir, eu não teria nenhuma razão para achar razão na vida e no primeiro teste de avaliação, chamado DOR, ZÁS! eu já teria me matado, ciente de que não encontraria Deus no nada para onde iria. Só não entendo como se consegue respirar sem Ele, eu não consigo, mas respeito quem consegue e testemunha publicamente isso. Eu respiro Deus, impossível não acreditar no ar, como impossível é para um peixe não crer no oceano. DEUS É VITAL PRA MIM.

      Excluir
    2. Vital Fernandes21/10/2016 21:13

      Desculpe, colega, mas eu me referia à outra "Sandra" que, assim como eu, não espera por soluções divinas, que nunca virão.

      Excluir
  10. Vital Fernandes21/10/2016 21:32

    Sou filho de uma católica praticante, já fui evangélico e hoje sou ateu. Depois de muita reflexão, cheguei a uma conclusão muito polêmica sobre pessoas muito religiosas: ou são muito ingênuas e simplórias, apenas repetindo padrões sociais preestabelecidos sem refletir a respeito, ou são muito egocêntricas, por acharem que o mesmo deus que ignora milhões de seres que sofrem todos os dias, age diferente com elas, protegendo-as, atendendo suas súplicas e lhes garantindo a salvação de suas almas. Como aceitar que o mesmo deus que é "tudo para mim" não faz nada por milhões que padecem todos os dias? Repito: ou é muita ingenuidade, ou muito egocentrismo.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Vídeo sério sobre o assunto é este aqui : https://www.youtube.com/watch?v=HtNs-M0fZ1g Este grupo pode até fazer o bem mas as explicações do médium não esclarecem nada.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪