02/07/2016

Apaixonados por animais, idosos cuidam de 73 cachorros dentro de casa em Arapiraca - Alagoas

Como tem gente boa neste mundo afora...... Galera de Alagoas, dá uma força?
----------------------
O cotidiano do casal de aposentados Benedito Floriano da Silva e Marilene da Silva é compartilhado com 73 cachorros e cinco gatos. Os animais foram acolhidos das ruas e vivem em uma casa simples localizada na avenida João Saturnino de Almeida, no bairro Guaribas.

A vida de dedicação à causa animal já dura mais de 15 anos, quando o casal adotou a primeira cadelinha, uma poodle que vive até hoje com eles. Em entrevista ao Portal 7 Segundos, dona Marilene contou que sempre sonhou em ter um cachorro, mas como trabalhavam viajando nunca teve a oportunidade.


"Antes de nos aposentarmos a gente trabalhava como caminhoneiros e viajávamos muito. Em uma dessas viagens, em Fortaleza, nós encontramos uma cadelinha dentro de um tonel e resolvemos levá-
la conosco. Durante um ano ela passou viajando pra todo canto com a gente", relatou.

A vontade de ajudar começou, de fato, após dona Marilene sofrer de um câncer de mama. Segundo ela, pediu muito a Deus para não entrar em depressão e começou a ajudar os animais como forma de escapar e esquecer um pouco dos problemas.

"Quando me recuperei do câncer, comecei a ajudar os animais que eu encontrava na rua e graças a Deus meu marido concordou", relatou.

Dona Marilene e senhor Benedito não podem ver um animal sofrendo nas ruas que levam para casa para ajudar.

Alimentação

São mais de 20 sacos de ração de 25 quilos todos os meses para alimentar os cachorros. Apesar das doações recebidas, para mantê-los, os protetores gastam mais da metade da aposentadoria para garantir a alimentação dos animais.

Dívidas

Além de comida, os animais constantemente precisam de remédios e atendimento médico, mas infelizmente eles não têm condições de custear tudo sozinhos.


"Estamos devendo muito dinheiro já, tanto em comércios de ração quanto em consultórios médicos. Devemos mais de R$2 mil se formos contabilizar tudo", disse dona Marilene.

Abandono

Um problema constante enfrentado por eles é o controle da população animal e também a negligência das pessoas que abandonam seus animais.

Para evitar que os cães fossem abandonados dentro do imóvel dos aposentados, senhor benedito teve que instalar uma tela na porta da frente.

"As pessoas chegavam aqui e atravessavam os filhotes pelas brechas do portão para que a gente cuidasse. Infelizmente eu tive que colocar uma tela para impedir isso", disse.

Há algum tempo, um grupo de protetores de animais de Arapiraca chegou a fazer um feirão de adoção para diminuir a quantidade de animais no imóvel dos aposentados, mas infelizmente não deu muito certo.

"No princípio pensamos que o feirão seria um sucesso. Foram adotados cerca de 28 cachorros, mas em menos de uma semana pelo menos metade dos animais foram devolvidos. Segundo as pessoas que adotaram, os cães não se adaptaram na nova casa", disse senhor Benedito.

Ajuda

Quem puder ajudar dona Marilene e senhor Benedito, seja com quantia em dinheiro ou com sacos de ração, pode fazer uma visita na própria residência dos aposentados, localizada na avenida João Saturnino de Almeida, 54, bairro Guaribas, ou pode também entrar em contato com a dona Marilene, através do telefone: (82) 99975-5972.

Fonte: Sete Segundos

4 comentários:

  1. Amor é isso, Religião é isso, tudo mais é acréscimo, nem sempre útil, nem sempre bom.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns para o casal, lindo gesto, amor e respeito ao animais.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, lindo gesto de amor aos animais.

    ResponderExcluir
  4. Cristina Calixto05/07/2016 12:26

    Sacanagem de abandonarem lá e de quem adotou, devolver. Bando de irresponsáveis e gente sem coração. Se tivessem mesmo amor, fariam com que os animais adotados se adaptassem. Também estou com super população. E passei por poucas e boas com desova. As pessoas prometem que vão ajudar e somem.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪