14/06/2016

Bill Gates conta o que faria se vivesse com apenas US$ 2 por dia

Li e reli.... não consigo declarar nada.... lamento, tão somente....
----------------------
Bill Gates publicou em seu blog Gatesnotes o que faria para viver com apenas com US$ 2 por dia. Antes mesmo de responder, ele aponta que essa é uma questão real para quase um bilhão de pessoas que vivem na pobreza extrema atualmente. Portanto, é algo urgente. 

Antes, Gates lembrou que a resposta difere para cada situação, obviamente, mas que de forma
geral praticamente qualquer pessoa nessa situação vive muito melhor se tiver galinhas. Sim, galinhas!

1. Elas são fáceis de cuidar e dão poucos custos 
Muitas espécies de galinhas podem comer qualquer coisa que acharem no chão, apesar de ser melhor alimentá-las adequadamente, uma vez que crescerão mais rápido. Galinhas precisam de algum abrigo para fazer seu ninho e, conforme o tempo passar e os animais forem se reproduzindo, você precisará de um pouco de madeira e arame para fazer um galinheiro. Além disso, frangos precisam de algumas vacinas, mas elas são muito baratas. 

2. Elas são um bom investimento 
Imagine que um fazendeiro comece com cinco galinhas. Um dos vizinhos tem um galo para fertilizar os ovos da galinha. Após três meses, essa pessoa pode estar com 40 pintinhos. Eventualmente, com um preço de venda de US$ 5 por animal, essa pessoa poderá ganhar mais de US$ 1 mil por ano, acima da linha de extrema pobreza de apenas US$ 700 por ano. 

3, Elas ajudam a manter as crianças saudáveis 
Má nutrição mata mais de 3,1 milhões de crianças por ano. Apesar de que comer mais ovos, que são ricos em proteínas e podem ajudar a resolver o problema, muitos fazendeiros com pequenas quantidades de animais acham mais econômico deixar os ovos chocarem, vender os animais e usar o dinheiro para comprar comida. Mas se ele tem ovos sobrando, pode usar alguns quebrados para cozinhar para a família. 

4. Elas empoderam as mulheres 
Gates explica que como galinhas são pequenas e tipicamente vivem perto de casa, muitas culturas consideram esse um animal exclusivamente das mulheres, em contraste com vacas ou cabras, por exemplo. Essas mulheres que vendem galinhas, portanto, provavelmente reinvestirão os lucros em suas famílias, e terão mais poder aquisitivo. 

Gates comentou, inclusive, que a fundação Bill & Melinda Gates está apostando nas galinhas. Junto com parceiros na África Subsaariana, a fundação está trabalhando para criar sistemas de mercado sustentáveis para a o comércio de aves. É especialmente importante que as pessoas consigam comprar animais vacinados e adequados para as condições locais e a meta deles é ajudar 30% das famílias na região a criar animais com vacinas.

Fonte: Yahoo

9 comentários:

  1. Que pena, Bill Gates, que pena, que pena.

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus!!! Tomara que gore essa ideia!!! Decepção!

    ResponderExcluir
  3. Jorge Romano14/06/2016 16:54

    É triste, mas real. No interior isso é prática comum. Alguns criam apenas para tirar e vender os ovos, mas muitos vendem os frangos em feiras, vivos ou não. Bill Gates é culto e ainda tem esse pensamento, o que dizer de quem pouco tem para sustento?

    ResponderExcluir
  4. KARINA MEDAGLIA14/06/2016 17:48

    bill gates é mais do mesmo, que acham que animais existem pra uso humano

    ResponderExcluir
  5. Pessoalmente sou vegetariana, mas temos que ver que o mundo tem que evoluir muito para deixar de consumir animais. Infelizmente estamos ainda muito longe dessa evolução. O que Bill Gates aponta é mesmo a unica condição de sobrevivência de pessoas extremamente pobres em diversos países inclusive aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso, colega, que o mundo não precisará evoluir tantão assim não, se houver mais compaixão pelos animais de qualquer espécie no coração das pessoas, não importa sejam elas pobres ou ricas, alfabetizadas ou iletradas e Bill Gates perdeu a preciosa chance de sinalizar com opções alimentares outras que não fosse o extermínio de vidas porque "a terra, em nela se plantando, tudo dá".

      Excluir
  6. Um dia, não muito distante, admirei esse Sr. porém, não mais. Há algum tempo, uma amiga minha, vegana, havia me dito que ele é um mau caráter que explora africanos com trabalho escravo. Como ela é um tanto exacerbada em tudo o que faz, cri que fosse exagero, mas, pensando melhor, após essas barbaridades ditas, talvez ela esteja certa. Horrível, em pleno século XXI, alguém com tanta capacidade intelectual dizer tantas sandices, sobretudo porque o que ocorre conosco é apenas uma consequência daquilo que fazemos de correto ou não - a maioria de nós nada faz de que deva se orgulhar, mas culpar o próximo é mais fácil. Se cada miserável jamais tivesse filhos, em um tempo não muito distante, a miséria se extinguiria.

    ResponderExcluir
  7. Parece que o cérebro de Bill Gates parou de evoluir. Que pena!

    ResponderExcluir
  8. Mas então ele não tem nada de vegano!A terra dá tudo o que se precisa, sem machucar ninguém.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪