04/05/2016

Ação PM - Posse de armas e animais silvestres - Lafaiete - MG

Agora vejam vocês.... a tal liberação de caça de javalis está promovendo um aumento enorme de prisões de caçadores porque estão soltos na buraqueira..... A polícia até que cumpre seu papel, mas, a justiça?  olha a potência das armas que se vê em qualquer prisão do gênero.... Não deixem de ler o que o IBAMA fala sobe as aves que estavam no local... é brincadeira!!!!! grifei para verem bem....
------------------------
Na sexta-feira 29 de abril às 17h45min, policiais militares, deram atendimento a uma denúncia do disque denúncia “181” onde cumpriram mandado de busca e apreensão expedida pela Comarca de Conselheiro Lafaiete/MG.

Na propriedade após apresentaram o referido mandado ao gerente da propriedade e acompanhados de testemunha foram autorizados a entrar na propriedade, onde constataram a seguinte situação: foram encontradas no interior da residência, sete armas de fogo; localizadas na cozinha quatro armas, sendo duas espingardas de um cano de retrocarga, sem número de série ou registro, uma carabina calibre 44 com numeração raspada, no interior de um quarto da casa, um revólver marca Smith/Welsson, calibre .357,
modelo Magno, nº série nº 43k3314 com 06 munições intactas e um fuzil calibre .762.

Ao entorno da casa dois papagaios, duas araras do espécime Canindé, duas ararajuba, um mico e dois macacos prego, sendo apreendidos no local apenas um mico e um papagaio; devido a impossibilidade de captura dos demais.

Não foram apreendidos as araras e os macacos pregos, pois se encontravam em um recinto, viveiro de maior dimensão, o que impossibilitou a captura dos bichos. Fez-se contato com a Médica Veterinária do Centro de de Controle de Zoonoses, que compareceu no local afim de auxiliar na captura dos animais, contudo, após esforços não logrou êxito devido à falta de meios e equipamentos necessários e também em virtude da altura e extensão do local de guarda dos animais.

Realizou-se contato com um Analista Ambiental do IBAMA em Belo Horizonte, o qual informou que possivelmente esses mesmos animais já foram apreendidos em data anterior, porém, foram restituídos ao proprietário. Disse ainda que, naquela data estava impossibilitado de deslocar ao local, e que posteriormente irá comparecer com os equipamentos necessários para a captura dos bichos.

No local não foram apresentados documentação expedida pelo órgão ambiental competente autorizando a permanência dos animais na propriedade. Diante dos fatos, foi realizada a apreensão das setes armas de fogo e seis munições intactas calibre ,357, sendo encaminhadas a presença da Autoridade Policial juntamente com a testemunha e gerente da residência.

FONTE: estadoatual

2 comentários:

  1. Se esses animais foram apreendidos em data anterior, por que então, foram devolvidos ao "proprietário"? Que papo é esse de não capturar todos os animais no local, por falta de meios e equipamentos? Isso é incompetência ou preguiça? Tô pasma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina Calixto06/05/2016 11:18

      Infelizmente as leis de proteção aos animais é muito branda. Falta infraestrutura pra tudo, além do desinteresse das autoridades. Essa é a nossa infeliz realidade.

      Excluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪