01/04/2016

Cientistas criaram carne artificial: vamos comer sem matar animais?

Volta e meia falamos aqui sobre o assunto: Carne artificial pode começar a ser vendida em cinco anos. E é sempre bom dar uma atualizada. A matéria é de um periódico de Portugal, daí a escrita ser diferente.
--------------------
Cientistas de uma start-up dos EUA dizem estar próximos da fórmula perfeita de produção de carne a partir de células estaminais. A ideia tem sido discutida pela comunidade científica há vários anos

Uma equipa de cientistas desenvolveu em laboratório um sistema de produção de carne a partir de células estaminais de animais, colhidas entre
nove e 21 dias, que pode impedir o abate em larga escala de animais.

Este sistema utiliza células estaminais, capazes de se renovarem sozinhas, e junta-lhe oxigénio e outros nutrientes, como açúcares e minerais. "É sustentável e livre de crueldade", disse ao The Huffington Post o cardiologista e co-fundador da Memphis Meats, Uma Valeti.

A ideia é discutida há alguns anos pela comunidade científica, que continua em busca de uma fórmula perfeita. Segundo os criadores desta start-up — três cientistas assumidos amantes de carne, mas adversos aos "efeitos colaterais negativos" da produção convencional —, a carne desenvolvida em laboratório não tem os efeitos de saúde perversos que são provocados pela carne de animais, como a contaminação de bactérias ou os níveis elevados de gordura saturada. "É mais segura, mais saudável e mais sustentável", dizem.


A start-up, que recentemente teve um investimento através de um fundo de capital de risco, espera começar a comercializar o produto nos supermercados daqui a cinco anos e nos restaurantes daqui a três.

Os cientistas, a trabalhar no projecto há cerca de três anos, querem começar com a produção com carne de vaca, porco e frango, por serem as mais consumidas mundialmente e aqueles que geram maior impacto ambiental e na saúde. Os testes com a carne de vaca já começaram.

Garantindo que a carne produzida em laboratório será idêntica ao nível molecular e celular, Uma Valeti traça o objectivo final: o dia em que esta "carne cultivada" mude a nossa forma de olhar para esta proteína e em que "a criação de animais para alimentação seja simplesmente impensável".

Fonte: P3 - Portugal

7 comentários:

  1. SEPDA NO BAGAÇO - POLITICAGEM ROLA SOLTA - CADÊ A PROTEÇÃO?
    DE PAI PARA FILHO E DE IRMÃO PARA IRMÃO - Diário Oficial - Rio de hoje
    DECRETO RIO “P” Nº 171 DE 31 DE MARÇO DE 2016
    O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,
    RESOLVE
    Exonerar, a pedido, LUIS ANTONIO DA COSTA RAMOS, matrícula60/217.451-4, com validade a partir de 31 de março de 2016, do Cargo em Comissão de Secretário Especial, símbolo S/E, código 014504, da Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais.
    DECRETO RIO “P” Nº 172 DE 31 DE MARÇO DE 2016
    O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,
    RESOLVE
    Nomear FÁBIO LUIZ DA COSTA RAMOS, com validade a partir de 1ºde abril de 2016, para exercer o Cargo em Comissão de Secretário Especial, símbolo S/E, código 014504, da Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais.

    ResponderExcluir
  2. Ótimo para quem ainda precisa de carne, mesmo de mentirinha. Para veganos veteranos quanto mais longe dela melhor, de verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Sandra. quanto menos parecer com carne é melhor.Não precisamos nem um pouquinho delas. Masssss há quem vá precisar.

      Excluir
  3. É possível viver sem desde sempre...

    ResponderExcluir
  4. Uma vergonha. Agora cargo público virou questão de família.Cadê a proteção que não se manifesta? Sheila nos todas gostamos de você, pelo seu passado atuante, e gostaríamos de te ouvir sobre esta sucessão da Sepda.
    Claudia Rodrigues e outras.

    ResponderExcluir
  5. Eu não como carne de jeito nenhum. Alguém acha a carne deliciosa? O que deixa a carne com gosto é o tempero. Desafio a quem gosta de carne, comê-la sem nenhum tempero, nem sal! Depois conta se achou mesmo tão “deliciosa”!

    ResponderExcluir
  6. sempre eu concordandando c a Victória. Tb ñ preciso de jeito nenhum de comer cadáveres.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪