18/01/2016

Homens se arriscam em correnteza e salvam cachorros de enchente - RO

Meu Deus, como as pessoas vão embora e largam os bichos p´ra trás...
--------------------
Homens se arriscam em correnteza e salvam cachorros de enchente, em RO
Resgate de animais foi feito após forte chuva em Ji-Paraná.
Dono diz que não teve tempo para retirar cadela de casa.



Dois moradores arriscaram a própria vida para salvar dois cachorros de uma forte correnteza em Ji-Paraná (RO), município localizado na regiãocentral do estado. O G1 acompanhou o resgate dos
animais na sexta-feira (15), após a cidade ser atingida por uma chuva que durou mais de 12 horas. Ao ver que os cães estavam presos dentro dos quintais, os dois homens pularam na enxurrada e foram até as residências para resgatá-los. "Não vejo diferença entre a vida de um cachorro e de um humano", disse um dos voluntários.

Um dos homens que ajudou a salvar os cachorros da enchente, Wellington Gilliard, conta que estava ajudando alguns moradores a retirarem pertences de casa quando ficou sabendo que dois animais estavam presos na correnteza. Em entrevista, o jovem de 25 anos conta que não pensou duas vezes e pulou na água para resgatar os animais.
"Eu não vejo diferença entre a vida de um cachorro e de um humano. A nossa vida não vale mais do que a dos animais não", afirma Wellington. Após chegar na casa, o rapaz colocou a cachorra debaixo do braço e foi andando calmamente na água até sair no barranco, às margens de uma via.

Animais estavam presos em quintais durante enchente (Foto: Pâmela Fernandes/ G1)
Animais estavam presos em quintais durante enchente 
(Foto: Pâmela Fernandes/ G1)

De acordo com o dono de um dos animais, que preferiu não se identificar, ele a família tinham saído de casa e deixado a cadela de sete meses no quintal. "A inundação veio de repente. Ela era a única coisa insubstituível que tinha lá dentro, pois móveis e objetos a gente compra de novo. O pessoal que estava nos ajudando propôs a ir buscá-la e entraram na correnteza", relembra. O proprietário do outro cachorro resgatado da enchente não foi localizado por Wellington.

Alagamentos
Várias ruas da cidade ficaram alagadas nesta sexta-feira por causa da chuva que começou desde a noite de quinta-feira (14). O morador Reinaldo Ferreira, que reside no Bairro Casa Preta, contou  ao G1 nesta sexta que perdeu todos os móveis e eletrodomésticos por causa da forte chuva. "A água subiu muito rápido. Inicialmente consegui subir os móveis, mas logo depois a água voltou a subir e precisei sair da casa. Falta pouco para a casa ficar encoberta", diz.

Conforme os Bombeiros, o Centro e o 2 de Abril foram os bairros mais atingidos. Por causa da forte chuva, alguns estabelecimentos comerciais alagaram e os funcionários precisaram retirar aparelhos eletrônicos para não serem danificados. Três pontos da BR-364 foram alagados durante o temporal.
Na sexta-feira, um motociclista foi derrubado pela enxurrada enquanto tentava atravessar uma rua alagada. Após cair do veículo, a moto do piloto foi arrastada pela água.

Fonte: G1 Rondônia

7 comentários:

  1. É verdade, Wellington, não existe diferença entre vidas humanas e animais mas existe uma enorme diferença entre humanos maus e você que provou ser tão nobre e bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí. Vc é um herói e um verdadeiro ser humano.

      Excluir
  2. "Ela era a única coisa insubstituível que tinha lá dentro, pois móveis e objetos a gente compra de novo."

    Com certeza!

    ResponderExcluir
  3. Na hora de correr, as pessoas devem correr junto com seus animais, pois esses homens puseram suas vidas em risco.
    É a segunda notícia hoje sobre tragédia mostrando os heróis da vez. Isso é tão gratificante!

    ResponderExcluir
  4. Estes são os verdadeiros Homens com HHHHHHHHHHHHH maiúsculo,

    ResponderExcluir
  5. Jorge Romano19/01/2016 16:46

    Nem tudo está perdido. Ainda (ou já) existem seres iluminados entre nós.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪