15/01/2016

Homem que vivia em floresta só aceitou ajuda depois de garantir o bem-estar de seus 31 cães

Parece que só nós mesmos para entender isto, né mesmo?
------------------------ 
Depois de morar 16 anos isolado da sociedade, ele estava com problemas de saúde mas não queria abandonar seus cachorros.

Nos Estados Unidos, um homem escolheu a floresta do Natchez Trace State Park como sua moradia e tinha a companhia de 31 cachorros.

Depois de 16 anos vivendo isolado da sociedade e sem qualquer recurso, ele estava com problemas de saúde mas se recusava a abandonar seus cães.


Com o apoio de membros da comunidade e da ONG Animal Rescue Corps, o homem aceitou ajuda após receber a garantia de que todos os cachorros iriam para um lugar seguro e seriam bem tratados.

Apesar do amor e da boa vontade, ele não tinha condições de alimentar e oferecer assistência veterinária aos animais. Por isso, nenhum dos cães era vacinado, alguns tinham ferimentos e todos estavam com parasitas internos e externos, como carrapato.

A organização transportou todos os cachorros a um abrigo de emergência. Eles serão vacinados, vão fazer exames veterinários e receberão os tratamentos necessários.

A Animal Rescue Corps vai cuidar dos animais até que estejam saudáveis e em abrigos esperando pela adoção.
FONTE: portaldodog

4 comentários:

  1. Queiroz Alcântara15/01/2016 10:46

    Um herói. Pensou primeiro nos bichos e depois em sua saúde. As vezes queremos ajudar melhor os animais abandonados e não temos condições de fazê-lo, então resolve-se fazer o melhor possível de cada um, para que os bichos não sofram tanto abandono.

    ResponderExcluir
  2. Ainda existem pessoas assim. Isso significa que a humanidade não está totalmente conrropida.

    ResponderExcluir
  3. Só lamento a liberdade e o amigo leal do qual os cães foram afastados, pois dependendo do abrigo... Não gosto de canis, para mim é uma prisão.

    ResponderExcluir
  4. Abrigo, prisão, campo de concentração, só conheço os piores, na verdade, nunca ví um maravilhoso.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪