23/11/2015

Adolescente é apreendido após matar filhotes de cães em Cruzeiro do Sul - AC

Alguém pode dizer para que o mundo quer uma criatura desta? ainda bem que a própria mãe denunciou o infeliz......
----------------


Adolescente confessou o crime na Delegacia Geral de Cruzeiro do Sul.
Segundo a polícia, jovem vai responder por crime de maus-tratos.


Um adolescente de 15 anos foi apreendido na noite de sexta-feira (20), suspeito de ter matado um cachorro e ferido outro a golpes de terçado. O crime ocorreu no município de Cruzeiro do Sul, no
bairro Vila Lagoinha. Na delegacia, o jovem confessou o crime e disse que os animais estavam "fazendo raiva e sujando a casa". Ele deve responder por crime de maus-tratos contra animais.

O delegado Roberto Lucena informou que o menor não demonstrou arrependimento quando foi ouvido na Delegacia Geral de Cruzeiro do Sul.
“O menor está apreendido e vai responder por ato infracional pelo crime de maus-tratos contra animais, com o agravante da morte do animal. Ele disse que estava com raiva dos cachorros. Informamos o caso ao Conselho Tutelar e sugeri que ele tenha acompanhamento psicológico, pois essa não é uma atitude normal de um adolescente”, explicou Lucena.

Segundo o que consta no Boletim de Ocorrência, o jovem foi denunciado pela mãe de criação, que contou aos policiais que o filho bebia desde cedo, estava armado com um terçado e teria dito "hoje eu mato ou morro". Depois, saiu para o quintal e desferiu os golpes nos animais. Após as informações da mãe, os militares realizaram buscas nas imediações e apreenderam o menor.
'Decidi matá-los', diz adolescente

Ao G1, o adolescente disse que deu golpes nos dois cachorros da família, mas que só um foi atingido e morreu. “Os cachorros eram meus. Dei apenas uma terçadada. Um morreu, no outro o terçado pegou de leve e ele correu latindo. Eles estavam me fazendo raiva, sujando minha casa, daí decidi matá-los”, falou.

O menor disse ainda que costuma ingerir bebida alcoólica e que já foi apreendido quatro vezes por ter sido encontrado em via pública fora de hora. Segundo a polícia, após os trâmites legais na delegacia, o menor será encaminhado ao Judiciário para as providências legais.

Fonte: G1

10 comentários:

  1. Hoje em dia, após presenciar tantas crianças ao meu redor com alma de bandido já não me sinto confortável próximo a elas seja qual for a idade. Quando eu estudava e trabalhava em Recife, pelos idos de 1960 vi um filme (esqueci o tema) cujo beb^r dr 8 meses matou a mãe na hora do peito com mordidas na veia aorta.Hoje é 2015...imagino o que são capazes...terrível!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas isso é ficção pura. e ridícula, por sinal.

      Excluir
  2. Mais uma vez se comprova o que eu digo: Para alguns humanos, como esse adolescente, apenas 7 palmos de terra resolvem! Quando ele matar um humano talvez alguém faça alguma coisa. Por mim já poderia ir rapidinho para debaixo da terra.
    Mônica Luz - RJ

    ResponderExcluir
  3. Deus! O Acre é aqui pertinho :( Fico muito triste com situações assim. O mais triste é que são feitas por crianças (que em tese são inocentes, aí depois o ECA vai se meter e talz), e os crimes cometidos por animais ficam impunes. ¡Crueldad no más! Basta de crueldade para com os animais! Amo animais. Eles são anjos de luz enviados por Deus e já me salvaram da depressão em situações difíceis. Acredite, passei por coisas que nenhum ser humano iria querer passar, e quem me ajudou não foi uma pessoa, mas sim um cão. Tenho uma yorkshire, a Cleo, que é a alegria da casa, sempre me faz feliz. Amo muito ela. Aprendi sobre compaixão com um cão, quando vi meu amado Black, um pug preto morrer à mingua, por negligência do veterinário que deveria atendê-lo, mas não o fez porque não quis. Quero montar um canil de Kintamani, uma raça de cachorro de Bali, e, inclusive, consegui os contatos de um canil que vende essa linda raça. Mas meu amor por caes nao e limita apenas aos que tem raça e pedigree. Não mesmo. Quero me mudar para algum país caribenho e montar um abrigo com vista para o mar para cães e gatos de rua, abandonados ou em situação de risco. Enfim, quero basicamente montar um paraíso para esses animais que nunca conheceram a bondade humana, para que eles saibam que existem pessoas muito boas neste mundo. Quem tá comigo? Namastê e fiquem com Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viviane Pereira23/11/2015 23:56

      Que Deus conceda o desejo do seu coração!

      Excluir
    2. Muito obrigada, minha linda! Quero fazer isso como uma forma de acabar, ou, ao menos, aliviar o sofrimento desses pobres bichinhos que estão à mercê de todo tipo de maldade, infelizmente. Ainda vai demorar um tempo para que as pessoas se conscientizem de fato acerca dos direitos animais. Vivemos numa sociedade na qual nem a vida humana é valorizada, que dirá a vida animal... É triste. Se ganhasse na mega-sena, não gastaria tudo em viagens nem carros nem nada glamouroso: apenas compraria uma viagem só de ida para Anguilla ou República Dominicana e montaria um santuário para animais abandonados, bem em frente ao mar do Caribe, além de comprar uma pick-up para resgatar o máximo de animais que pudesse :) só isso.

      Excluir
  4. o planeta não suporta mais tanta gente inútil e cruel. pobres animais.

    ResponderExcluir
  5. Que futuro terá um monstro desses ??? Será um candidato perfeito para entrar para o Estado Islâmico e provocar terrorismo e chacinas por aí ...E o pior é que ficará impune pois o nosso Código Penal é vergonhosamente brando .
    Nadja Mesko González .

    ResponderExcluir
  6. A mãe dele poderia matá-lo também, afinal um filho assim, dá muito trabalho, não acham?

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪