08/10/2015

Porca: Não mexa no meu filhote...



Só para a gente lembrar que, no mano a mano, humanos perdem para os animais....
------------------------


6 comentários:

  1. o imbecil foi devagarinho, sorrateiro, achando que a mãe não estava atenta. BEM FEITOOO!

    ResponderExcluir
  2. O vídeo tinha a pretensão de fazer rir, mas eu não achei a menor graça. O que aquele brutamontes queria era apanhar o filhotinho para, provavelmente, fazer um churrasco com ele - tem até um fogaréu aos fundos. "Homem" horroroso, obeso, feio, um verdadeiro saco de adiposidade, credo. Vá comer algumas alfaces que lhe farão bem, seu troglodita, e pare de atormentar o pequeno que nada lhe fez. Tomara a mamãe porquinha tivesse lhe dado uma bela mordida nesse seu traseiro gordo, inútil e feminino, boneca deslumbrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não preciso dizer mais nada, você já disse tudo o que estou pensando. Nem quero imaginar o final daquele coitadinho.

      Excluir
  3. O vídeo tinha a pretensão de fazer rir, mas eu não achei graça. O que aquele brutamontes queria era fazer churrasco com o filhotinho - tem até um fogaréu aos fundos. "Homem" horroroso, gordo, verdadeiro saco de adiposidade, credo. Vá comer algumas folhas de alface que lhe farão bem e deixe o pequeno que nada lhe fez. Tomara a mamãe porquinha tivesse dado uma mordida nesse seu traseiro gordo e feio, sua boneca deslumbrada.

    ResponderExcluir
  4. Jorge Romano08/10/2015 16:47

    Um bom dum FDP. Com aquela churrasqueira e mesa posta não estava bem intencionado.

    ResponderExcluir
  5. O que o porcão humano acharia de ser assado???

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪