20/10/2015

Consumo de proteínas animais vai descer e de vegetais subir

Isto é muito bom.... isto é bom demais....
------------------
O especialista em oceanos Tiago Pitta e Cunha defendeu hoje que o consumo de proteínas animais vai diminuir a favor das vegetais, como as algas, a par com a opção por mais peixe, devido às exigências das alterações climáticas.

"As algas vão fazer parte da dieta humana inevitavelmente, no futuro, e vamos consumir
cada vez mais proteínas vegetais que animais", salientou Tiago Pitta e Cunha, realçando que a aposta irá para atividades sustentáveis na aquacultura e na pesca.

"A aquacultura, a fileira do pescado e da transformação do pescado são indústrias que se vão desenvolver" assim como a biotecnologia, disse à agência Lusa o especialista, explicando que as proteínas vegetais são mais sustentáveis e mais saudáveis e emitem menos dióxido de carbono, um dos principais responsáveis pelas alterações climáticas.

Tiago Pitta e Cunha falava a propósito da conferência sobre oceanos, integrada na iniciativa 'Riviera Talks', que se realiza em Cascais, no domingo e conta com a participação do príncipe Alberto II do Mónaco, além do coordenador do grupo de especialistas das Nações Unidas responsável pelo Relatório Global de Avaliação dos Oceanos, recentemente publicado, Alan Simcock, e da ambientalista Patricia Ricard.

A iniciativa pretende dar um contributo de reflexão acerca das mudanças do clima e do papel dos oceanos, oportuno quando faltam cerca de dois meses para a conferência das Nações Unidas sobre alterações climáticas, agendada para dezembro, em Paris, com o objetivo de chegar a um acordo sobre este tema.

"Há um setor que se vai desenvolver muitíssimo e para o qual haverá uma procura global cada vez maior que é o ligado a todos os recursos vivos do mar, não no sentido de continuarmos a pescar de forma insustentável, mas no sentido de termos de corrigir a forma como capturamos os stocks pesqueiros e de desenvolver uma aquacultura sustentável", resumiu Tiago Pitta e Cunha.

Segundo dados que avançou, atualmente, cerca de 17% das proteínas animais e vegetais consumidas são de origem marinha, mas salientou não ter dúvidas de que, por causa da explosão demográfica - outro desafio fundamental - será necessária "maior segurança alimentar, de mais proteínas vegetais e animais".

"Não vamos chegar a 2050 com a mesma proporção de 80-20 [percentagens de proteínas de origem terrestres e marinha] que se vai desequilibrar muito para o lado das proteínas de origem marinha, principalmente por causa da história do clima", apontou.

Para o especialista, para combater as alterações climáticas, é necessário descarbonizar as sociedades e para isso há que apostar nas economias que descarbonizam e penalizar as que carbonizam.

As proteínas de pescado e das algas "consomem CO2", explicou, enquanto, no consumo de carne, "o gado bovino é um dos principais emissores de CO2 [dióxido de carbono]" e também "consome recursos hídricos a uma escala incompatível com a escassez desses recursos", que será mais acentuada devido às alterações climáticas.

Por isso, não tem dúvidas que dentro de 10 anos o consumo de carne vai diminuir e o de pescado e algas vai aumentar.

FONTE: noticiasaominuto

11 comentários:

  1. Isso é muito bom! Sheyla, muito obrigada por compartilhar uma notícia dessas conosco em prol dos animais, afinal, quem respeita a vida animal, respeita a vida humana. Não sou vegetariana, que dirá vegana, mas NÃO como carne bovina, suína ou as demais, apenas frango, arroz, peixe (meu preferido é salmão), camarao, farofa, pão e frutas (minha preferida é uma fruta chamada mangostão), e estou consumindo menos fast food e mais coisas naturais, afinal, a saúde e o meio ambiente agradecem! Também NÃO uso e jamais usei produtos confeccionados com pele de animal, pois acredito que causam sofrimento desnecessário para o animal, em nome do capitalismo, enquanto existem opções sintéticas tão ou mais bonitas que roupas feitas de pele ;) Meu maior sonho é me mudar para uma cidade litorânea (amo o mar, pena que meu Estado não tem mar) e montar um abrigo animal a fim de minimizar o sofrimento de tantos animais por aí, como os caezinhos e gatinhos que vemos nas ruas. Quem tá dentro? Ah, e mais uma vez, obrigada Sheyla, por abrir mais meus olhos para a crueldade animal e me ensinar que devemos tratar os animais com o respeito que merecem. Ah se todos pensássemos assim, como eu e você...

    ResponderExcluir
  2. Paulo Bastos20/10/2015 12:03

    Anônimo, comer animais é também crueldade animal. Se todos pensassem igual a você, muitos seres ainda sofreriam muito, como aves e peixes, ambos seres sencientes e que querem e merecem viver. O menos ruim é nos tornamos veganos e não propalarmos ideias de bem-estar animal, pois isso é apenas um embuste para que os comedores de cadáveres e de suas secreções, como leite e ovos, possam se empanturrar desses "produtos", sem culpa na consciência, enquanto os animais são explorados, aprisionados, torturados e mortos com requintes de crueldade. Pense bem nisso!

    ResponderExcluir
  3. Caro Paulo, respeito e admiro muito seu pensamento. Quero viver numa cidade litorânea e fundar um santuário de animais abandonados e/ou que foram resgatados de situações de risco, um dia, quem sabe, no futuro, eu monte esse abrigo.... Quem tá dentro? Odeio a hipocrisia capitalista, ao menos assumo que como certos tipos de carne, afinal, melhor ser sincera do que ser falsa protetora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser totalmente vegano é impossível mas deixar de comer carne é viável sim, é só pensar que o desespero e o medo dos animais que queriam viver se impregna em cada fibra "saudável" de suas vísceras para que sejamos "saudáveis" também. A energia negativa da morte deles não é um bom prato.
      https://www.youtube.com/watch?v=49OQ7QrMbBE
      https://www.youtube.com/watch?v=8bH-doHSY_o
      http://vista-se.com.br/docs/carnismo.htm

      Excluir
  4. Anônima, provavelmente vc é mulher... como é normal em qualquer ideologia, existem pessoas mais radicais ou menos, mais tolerantes. O que importa nisso tudo é que vc é uma pessoa que está no caminho certo! É só parar de comer qualquer tipo de carne, pois como o Paulo falou, frangos e peixes, como todos os animais, sofrem para morrer e viver. É muito difícil ser realmente vegano pois, em coisas que vc nem imagina, como tinta de parede e material de construção, existe o ingrediente animal. Acho que atualmente temos que fazer uma conta muito rápida: menos gente comendo carne=menos animais mortos e sofrendo. Respeito e admiro muito os veganos, Paulo, mas acho que as pessoas que estão cobertas de boas intenções devem ser estimuladas, e não condenadas... Abraços a todos,

    Beatriz

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigada, minha querida! Concordo plenamente com você: existem pessoas e pessoas, néh? Realmente é difícil me tornar vegana, mas respeito profundamente os animais, sobretudo cães, que acredito que guiem boas pessoas até o céu, afinal, se todos cultivássemos virtudes caninas todos iríamos ao céu. Sou cristã, mas acredito em Karma e acredito que quem maltrata um animal maltratara uma pessoa no futuro, e ira pagar por seus atos, de um jeito ou outro. Gostaria muito de viver num mundo onde nao houvesse nenhuma forma de sofrimento humano nem animal, afinal, isso me entristece muito!

    ResponderExcluir
  6. Jorge Romano20/10/2015 15:55

    Maravilha, antes de morrer estou assistindo uma "discussão" em que TODOS os envolvidos estão defendendo os animais, apenas diferem quanto a tolerância de cada. Temos que admitir que embora mais lendo do que gostamos, os hábitos alimentares estão mudando.
    Já conhecem o documentário : Cowspiracy: O Segredo de Sustentabilidade
    Muito bom.

    ResponderExcluir
  7. Algas sim, peixes não; meu cardápio vegano já está completo, satisfeita com ele, nada a acrescentar.
    https://lachicavegana.wordpress.com/2011/11/11/por-que-nao-comer-peixe/
    http://www.nempeixe.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Legal isso mesmo, Jorge! Como gostaria de, no meu Face, contar com um tipo de conversa desses entre todos os amigos. Mas posto as coisas e a maioria das pessoas preferem não ver, sabe como é, né? E no meu Face só tenho conhecidos, amigos e familiares... Que apoio! Mas fazer que? O importante é não perder a esperança!

    Abs

    Beatriz

    ResponderExcluir
  9. Legal isso mesmo, Jorge! Como gostaria de, no meu Face, contar com um tipo de conversa desses entre todos os amigos. Mas posto as coisas e a maioria das pessoas preferem não ver, sabe como é, né? E no meu Face só tenho conhecidos, amigos e familiares... Que apoio! Mas fazer que? O importante é não perder a esperança!

    Abs

    Beatriz

    ResponderExcluir
  10. Conscientização, Preservação e Sustentabilidade. Eis a Nova Ordem Planetária principalmente se quisermos responder a pergunta que não quer calar: "O que pretendemos deixar para as próximas gerações?"

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪