30/10/2015

Comandante do CMA publica vídeo em que onça aparece brincando no rio Negro

Esta onça é conhecida de todos nós e acho que, dentro das condições que o destino lhe impôs, ela tem uma boa vida, né mesmo?
---------------------
A onça pintada do Comando Militar da Amazônia se refresca na água do rio e brinca com militares, com a Ponte Rio Negro ao fundo. A postagem já viralizou nas redes sociais

Um vídeo postado no fim da noite do último sábado (24), na página de Facebook do General Theophilo Gaspar, à frente do Comando Militar da Amazônia (CMA), está fazendo um enorme sucesso nas redes sociais. Nele, uma onça pintada aparece se “refrescando” nas águas do rio Negro, com a Ponte Rio Negro ao fundo.



Com a legenda “Jiquitaia, a mascote do Comando Militar da Amazônia, se ‘adestrando’ nas águas do Rio Negro”, o vídeo já tem mais de 1,6 mil curtidas, quase 2 mil compartilhamentos e mais de 170 comentários, totalizando mais de 78,2 mil visualizações ao todo.  O oficial de comunicação social do
CMA, coronel Nixon Frota, disse ao A CRÍTICA que o vídeo foi gravado pela manhã de sábado em uma área do Comando Militar, que fica localizado na avenida Coronel Teixeira, Ponta Negra, Zona Oeste. Conforme ele, foi um momento de descontração para o animal.

Crescendo com militares
“Essa onça veio filhotinho para o CMA no início deste ano e estamos criando ela. É dócil, mas está crescendo. O adestramento é para ela desestressar e brincar. Nesse caso foi mais uma brincadeira para ela, que é a 'sensação' do CMA. Todo mundo que chega lá quer bater a foto com ela”, comentou o oficial. Segundo ele, a "Jiquitaia" está sendo adestrada para ser a mascote do CMA.

O oficial de comunicação destacou que todas as normas de segurança são seguidas, e o filhote não fica solto no CMA, e sim preso numa espécie de coleira para evitar problemas, visto que, apesar dela ser nova, tem muita força. “No rio ela fica solta, mas com o pessoal no entorno dela”, salientou.

Ele ressaltou ainda que esses “banhos de rio” acontecem sempre. Conforme ele, o tratador a leva para a beira do rio até para tirá-la da jaula que, embora seja grande e ampla, atendendo as exigências, acaba deixando-a estressada por conta do cativeiro.

'Mascotes' do CMA
Além da “Jiquitaia”, Frota relatou que o CMA também conta com uma jaguatirica e uma jibóia, que são animais bem dóceis e tratados com carinho por todos. No entanto, a pequena filhote de onça, um dos animais mais belo da fauna amazônica, é o centro das atenções do Comando.

A onça também é o animal preferido dos visitantes do Zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus, de acordo com a bióloga e 2º tenente Sinandra Carvalho dos Santos.

Segundo ela, duas das seis onças pintadas mantidas em cativeiro no Cigs são especiais: a fêmea Cunhã e o macho Simba, que por apresentarem um comportamento mais dócil e terem chegado ainda filhotes ao Zoo, são tratados como mascotes e apresentando-se em formaturas e desfiles militares como o Sete de Setembro, Dia da Independência do Brasil.

FONTE: UOL

----------------
Onça resgatada vira mascote do CMA e recebe tratamento especial 

4 comentários:

  1. Ridículo isso. Me desculpem os que gostaram,mas queria saber o pq de manter um animal selvagem em cativeiro. Poque não reentroduzi-lo a natureza. E ainda tem mais seis!
    Eles foram resgatados ou o que? Na boa, Não gostei.

    ResponderExcluir
  2. Jorge Romano30/10/2015 16:26

    Também fiquei sem entender o motivo pelo qual ela está em cativeiro. Pior ainda esse papo de adestramento para ser mascote. E PODE ??? Na hora que ela atacar alguém vão querer sacrificar a coitada por ser "selvagem". Outra coisa, faz parte da função dessa turma adestrar mascote?

    ResponderExcluir
  3. Não gostei dela ficar presa...não concordo, é injusto, mas quanto a ficar com o pessoal, se foi encontrada bebê, sem a mamãe, e cresceu entre eles, é bem cuidada, talvez seja melhor do que ser solta e virar troféu de algum demente - já que eles grassam em nosso país com vírus, atualmente.

    ResponderExcluir
  4. Se ela foi resgatada filhote não pode ser solta na natureza, mesmo porque já está acostumada ao homem e seria presa fácil para caçadores. Nada contra ela ser mascote do comando militar, pois ao menos está sendo protegida, mas ela deveria ficar mais tempo livre para que a natureza a treine como tem que ser.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪