16/10/2015

Chineses ricos estão comprando cada vez mais pedaços de animais em extinção

Chineses ricos poderiam modificar toda a interpretação do seu povo sobre o respeito à vida animal. Mas, pelo contrário..... que horror!!!!!!!!!
---------------------------------
Diversas pessoas ricas da China estão comprando produtos provenientes de animais selvagens de forma ilegal, que incluem as partes de tigres em extinção, elefantes, rinocerontes e ursos. Tais itens são cada vez mais vistos como uma forma de investimentos cujos valores irão subir devido à raridade dos bichos, segundo o site ativista TakePart.



Armazéns em toda a China guardam anualmente centenas de cadáveres de tigre embebidos em ervas e garrafas de vinho de arroz. Estes itens acabarão sendo vendidos, em sua maioria, por valores
entre US$ 80 e US$ 300. Quanto mais tempo as garrafas esperarem, mais valiosas se tornam.

A busca por marfim também aumentou entre a elite chinesa. À medida que mais colecionadores têm entrado no mercado, a caça ilegal de espécies ameaçadas de extinção que fornecem marfim, como elefantes e rinocerontes, têm aumentado. Em 2006, o preço de atacado para o marfim era US$ 564 por quilograma, hoje a mesma quantidade vale US$ 2 mil.

A maior parte do comércio ilegal de animais silvestres é online. Produtos que incluem presas de elefante, chifres de rinocerontes, vesículas biliares de urso e bicos pássaros raros, como o calau, têm sido vistos para venda, de acordo com Zhou Fei, que trabalha em uma rede internacional de monitoramento de comércio de espécies selvagens na China.


(Reprodução/NextShark)

Fei explicou que estes produtos podem ser encontrados em sites de coleção de arte, fóruns on-line, grupos de WhatsApp e até mesmo no Facebook.
Preços de peças feitas de marfim podem variar de US$ 1.000 para um pequeno anel a mais de US$ 100.000 para um chifre de rinoceronte completo, de acordo com o Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal (IFAW).

No ano passado, uma atriz chinesa de 28 anos foi presa por vender produtos de marfim ilegais e outros feitos de espécies ameaçadas de extinção, de acordo com o China Daily. Ela estava participando do negócio desde outubro de 2013 e já tinha alcançado um lucro de 450.000 yuan (US$ 72,405) antes de ser capturada.

Inicialmente, produtos animais selvagens ilegais eram procurados por questões de crenças que diziam que tê-los traria benefícios à saúde. Ao longo dos últimos anos, no entanto, estes produtos evoluíram para símbolos de status da elite chinesa ou como investimentos para a classe média.
"Precisamos abordar todas as peças do quebra-cabeça: pressão internacional, mudança de comportamento, liderança do governo, boa aplicação da lei e revisão das leis existentes", disse o diretor de campanhas da Agência de Investigação Ambiental, Julian Newman.

No entanto, o tempo está se esgotando.
"Os elefantes, rinocerontes e tigres não podem esperar muitos mais anos por uma mudança. Nós não temos muito tempo para algumas destas espécies ", completou Newman.

Fonte: Yahoo

6 comentários:

  1. Pobres que só têm dinheiro porque se fossem ricos de verdade estariam aplicando seus valores em obras de Proteção a Fauna, aplaudidos e copiados pelo mundo, ao invés de contribuir para destruí-la, ecologicamente incorretos, humanamente inferiores e sem nenhuma importância para o Planeta, nem vivos e nem mortos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem, Sandra. Quem é rico de verdade tem valores...esses nojentos só tem dinheiro e ostentação. Tem tanto artista famoso e rico comprando ilhas, pedaços de terra...para transformar em santuários e esses nojentos fazendo isso. Mas se eles fazem é pq tem o aval dos ditadores ( tão imundos qto esses chinas ) para fazer o que fazem. Pq será que aquele vagabundo dentista que matou o leão Cecil ficará impune ? Aposto que deu dinheiro para alguém que devia proteger a fauna africana.

      Neusa

      Excluir
  2. Jorge Romano16/10/2015 14:45

    Eles tem dinheiro para fazer essas aberrações graças a países como Brasil e outros que acabaram com suas indústrias e passaram a comprar produtos fabricados na China com mão de obra certamente escrava. Só compro made em china, OU da R.P.C (que é a mesma coisa), por total falta de opção, no caso das lâmpadas, por exemplo, que nenhuma é fabricada no Brasil. Algumas raras ainda são do USA.

    ResponderExcluir
  3. Que horrível!! De tamanho mal gosto, mostra o quanto são ignorantes, frios e calculistas. Não aceito este tipo de coisa, total absurdoo. Como pode estarmos em 2015 com tanta tecnologia e ainda vivermos na era das cavernas, só que agora mata-se por luxúria, matando e escravizando os animais. Até quanto teremos que ver tanta crueldade e falta de respeito à vida??

    ResponderExcluir
  4. Raça miserável que ainda se intitula "humana". Concordo com todos vocês. Ninguém de direito faz, de fato, NADA!
    Tudo é dinheiro. Que Deus faça justiça. Pena que tantos sofram para que outros paguem.

    ResponderExcluir
  5. Não há dinheiro que pague a falta de inteligência.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪