20/10/2015

Abrigo de animais do DF destelhado após vendaval pede auxílio


Galera de Brasília, se puderem dar uma força, entrem AQUI para saber mais informações.
--------------------





Espaço mantido por voluntários no Gama cuida de 300 cães e 200 gatos.
Intuito é cobrir o imóvel antes da chegada da temporada de chuvas.

Um espaço que cuida de mais de 300 cachorros e 200 gatos no Gama, no Distrito Federal, foi destelhado durante vendaval e pede auxílio. O abrigo Flora e Fauna acabou sem teto até mesmo para
guardar ração. O imóvel se localiza na Ponte Alta de Baixo, na zona rural do Gama, se mantém há dez anos com a ajuda de doações. A maioria dos bichos é formada por cachorros de raça abandonados pelos donos na ou entregues na porta do abrigo.

Os voluntários temem que venha a chuva e estrague os alimentos para os animais, por isso querem reconstruir a área o mais rápido possível. As informações para saber como ajudar podem ser obtidas pela internet.

“Já está vindo a temporada de chuvas. Isso para eles vai ser terrível. Eles não vão ter onde ficar, eles vão ficar ao relento”, diz o voluntário Wellington Fabiano Anjo. “Se chover, vai ser muito complicado”, diz Vanessa Savatin.

Quem quiser também pode ajudar adotando um dos bichos. Em um dos galpões há 200 cães, todos vacinados e prontos para serem levados para casa.
Segundo os voluntários, hoje mais chegam animais do que saem. Há bichos que vão para o abrigo após acidentes. O cachorro Pedro é um exemplo. Ele foi atropelado e teve de amputar uma das pernas.

Em outros casos, o espaço oferece tratamento e recupera os bichos. Vitoria é uma cadela que tem diabetes e não enxerga. Ela chegou ao local bem magra, mas foi atendida pelos voluntários e melhorou. "Se você visse ela antes e visse ela agora, você não ia dizer que era o mesmo animal", afirma a voluntária Audenice Dromboski.

Quem cuida do abrigo é Orcilene de Carvalho. “Fui descobrindo que o meu propósito aqui nessa terra é esse, ajudar essas criaturinhas”, diz ela.

Tem até voluntária mirim no espaço. “A gente dá banho, agente limpa aqui as baias, E no final do tempo a gente brinca aqui com eles”, afirma Isadora Ali Bento, de 10 anos.

4 comentários:

  1. A menininha do final deve ser uma criança muito feliz e será um adulto maravilhoso, convivendo com animais, só pode dar nisso!

    ResponderExcluir
  2. Jorge Romano20/10/2015 17:57

    Minha avó já dizia que desgraça pouca é bobagem. Esse vento bem que podia ter errado o abrigo. Eles estão bem cuidados e tomarem continuem assim. Fiz uma pequena colaboração na conta poupança indicada no site: Banco do Brasil-001, Ag. 1239-4 conta 40059-9, variação 51.

    ResponderExcluir
  3. Fico imaginando... como essa história não comove os responsáveis pelo poder público? Afinal esse pessoal faz o que eles deveriam fazer. É, se não for o cidadão de bem a se comover...

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪