21/07/2015

Curso de Caça em Universidade Federal no Brasil... socorro!! !

Nas minhas andanças pela internet deparo sempre com a patifaria de caça no Brasil amplamente discutida em nosso blog, por anos seguidos. Para quem não lembra,  um resumo:

1 - fizemos uma campanha aqui no blog em 2010 para o cancelamento da portaria que permitia a caça controlada de javalis usando o argumento de que, na verdade, havia apenas exploração e venda de caça no Brasil. 2 - diante dos fatos e provas irrefutáveis colocados em mãos da policia federal e do IBAMA a portaria foi suspensa. 3 - infelizmente esta gente maldita que explora a caça no Brasil, sob o disfarce de ajudar o controle de javalis em fazendas, conseguiu permissão novamente para voltar  às caçadas nojentas em 2013. Vejam o nosso dossier:Nossa luta contra caça de javalis desde 2010 - dossier

Alguns companheiros lá no sul andaram metendo o cacete na liberação da caça de javalis
através do Movimento "Ocupa IBAMA " , inclusive com ações no MP. De minha parte, fiquei meio em banho maria depois de constatar a patifaria que existe em nosso país por conta deste desgoverno onde tudo é resolvido na grana.

Mas, não posso me calar diante da comprovação de que existe sim a tentativa de implantar a caça amadora no Brasil e que a coisa é tão absurda que a Universidade Federal de Viçosa promove curso de caça.... Gente, caçar é crime no Brasil!!!!!! Uma Universidade que promove um curso destes é como se fizesse um "Curso de como matar pessoas".... EM QUE PAÍS ISTO É POSSÍVEL? NO BRAZZZZZZZIIIIIILLLLLLLLLLLLLLL (com z mesmo)

Pois bem, estas informações foram obtidas no blog "Aqui tem javalis" que é de um engenheiro que diz claramente que trabalha pelo reconhecimento da atividade da caça amadora no Brasil (reconhecimento já que para ele é uma realidade) e que se dedica a implantar "Cursos de Caça"... Céus, nosso país está perdido!!!!!!!!!!!! não podemos nos calar!!!!!!!!!!!

Precisamos encaminhar isto a polícia federal e ao IBAMA  para perguntar qual é? Leiam o conteúdo desta postagem feita no blog deste caçador que se reconhece tranquilamente como tal e onde algumas pessoas pediram sua intervenção com outro caçador   por ele estar postando vídeos que chamam a atenção pela sua crueldade com os animais.... 
----------------
(Os grifos em vermelho são meus e no link tem a foto do camarada com uma faca e da sua criação de cães para a caça)

Bom dia aos amigos caçadores de todo o Brasil,
Já fazem alguns anos que estamos juntos trabalhando pela regulamentação do abate de javalis, pelo reconhecimento da atividade da caça amadora no Brasil e sobre a posse e utilização de armas de fogo na zona rural brasileira.

Eu gostaria de agradecer todos os contatos na maioria educados (alguns nem tanto) que recebi por email, Facebook,  Whatsapp e ligações, nos últimos dias sobre os vídeos do Mário Knichalla do Canil do Caçador no YouTube.


Eu tenho acompanhado também estes vídeos e publicações,  e apesar do sucesso de público após algumas publicações que fiz do canal no www.aquitemjavali.blogspot.com o canal cresceu dez vezes o número de inscritos de 400 para 4000 e devendo bater hoje mais de um milhão de visualizações com uma proporção descomunal de likes com muito poucas negativações (dislikes), muitos companheiros de longa data manifestaram preocupacões claras e justas sobre exposição inadequada de imagens/vídeos sobre controle de javalis, realizadas pelo Mario Knichalla.

Segundo acompanhamento que tenho feito o número de visualizações do canal do Mário Knichalla supera hoje os vídeos oficiais da série "Rei dos Patos", o apresentador Richard Rasmussen e mesmo canais estrangeiros como MeatEater, Outdoors Channel e Sportsman Channel.

Mas conforme me escreveram:

"Isto tem gerado um sentimento de preocupação muito grande em todos os controladores quanto ao fato dele estar vindo diretamente a prejudicar na manutenção da liberação de controle."

"Você por toda sua influência direta e preocupação na manutenção e aumento das atividades cinegéticas no Brasil, acredito que poderia estar ajudando ainda mais a todos da classe, se conseguisse conversar com ele sobre suas ações."

Estou escrevendo este post não pra dizer que vou "resolver" esta polêmica, mas para que entendam que não tenho como me manifestar neste momento porque esta semana além de minhas atividades familiares incluindo uma cadela minha que internei ontem no veterinário, e profissionais ou seja o meu "ganha pão", temos um marco importante que é talvez o primeiro "Curso de Caça" em uma Universidade Federal brasileira que estará sendo ministrado hoje pelo amigo Prof. Rômulo Ribon em Viçosa, MG e amanhã o primeiro curso de "Controle de Javalis" que estarei ministrando também lá na UFV/MG, tenho que me concentrar em fechar minha apresentação do curso, pegar quatro horas de estrada (com recursos próprios).

Adianto que na medida do possível eu evito me expor pessoalmente e tento focar mais nos trabalhos e nos objetivos para buscar resultados concretos, abro aqui uma exceção para compartilhar foto de ontem com a faca javalizeira recebida da www.jpcutelaria.com.br e que me deixou feliz pra caramba em meio à esta correria e confusão,  como disse pra muitos dos amigos polêmicas só servem para nos roubar o foco de nossas metas e objetivos!

Por isso além da agenda dessa semana gostaria de convidar a todos para o Encontro Nacional de Criadores de Hounds que será realizado mês que vem no dia 22 de agosto no Parque de Exposições de Varginha, MG e é considerado por muitos o maior encontro de caçadores do Brasil!

Na edição deste ano além dos tradicionais leilões e concurso de toque de buzina estão previstas novidades como a campanha #CAÇADORLEGAL onde será feito o cadastramento no IBAMA dos interessados no controle de javalis, haverá palestra sobre atividade profissional de Manejo de Fauna com o proprietário de uma empresa líder no Brasil e que já está oferecendo serviços de manejo de javalis, lebres, búfalos, capivaras e outros, além do 1o. Encontro de Cães de Aponte, exposições de falcoaria, cutelaria, arquearia e equipamentos. Espero encontrar muitos amigos por lá!


Grande abraço e boas caçadas a todos!


Eng. Agr. Rafael Salerno
www.aquitemjavali.blogspot.com
31-9882-7421 TIM/Whatsapp
31-8584-8535 OI
Skype: Panda_br
-------------------------------------
Ah, se quiserem ler tudo que publicamos no nosso blog sobre o assunto CLIQUE AQUI  e AQUI.



22 comentários:

  1. Respostas
    1. "Universidade Federal de Viçosa: Acabe com o curso de caça imediatamente. Isto é uma evidência de brutalidade e violência contra a vida e contra a natureza. A universidade, enquanto uma instituição disseminadora de conhecimento jamais poderia abrir um curso infame como este."

      http://www.change.org/p/universidade-federal-de-vi%C3%A7osa-acabe-com-o-curso-de-ca%C3%A7a-imediatamente-isto-%C3%A9-uma-evid%C3%AAncia-de-brutalidade-e-viol%C3%AAncia-contra-a-vida-e-contra-a-natureza-a-universidade-enquanto-uma-institui%C3%A7%C3%A3o-disseminadora-de-conhecimento-jamais-poderia-abrir-um-cur

      Excluir
    2. O melhor que é depois de pesquisar na Internet, descobrimos que se trata de um curso teórico realizado dentro de um evento que já TERMINOU. Então vamos fazer o abaixo assinado para terminar o curso imediatamente?
      O abaixo assinado está com informações incoerentes. Acho que antes de solicitar uma ação, temos que pesquisar para não acusar e espalhar informações erradas e depois quem sabe até responder judicialmente por difamação. Fica a dica.

      Excluir
  2. MEGA RETROCESSO - DE VOLTA Â BARBÁRIE

    ResponderExcluir
  3. Desgoverno do petê em Minas Gerais - os descalabros instalados !

    ResponderExcluir
  4. Isso tem que ser proibido

    ResponderExcluir
  5. Queiroz Alcântara21/07/2015 16:04

    Legalizar o assassinato de animais é a gota dágua que faltava para o caos total no país e o pior, vinculado a uma universidade federal

    ResponderExcluir
  6. ABSURDO, COVARDIA TOTAL CURSO DE CAÇA, !!!!!! VA CAÇAR A FAMILIA, DAR TIRO NA PQP, VAGABUNDOS TEM MAIS É QUE PRESERVAR A NATUREZA, DEIXE OS ANIMAIS EM PAZ, QUE MAL TE FIZERAM PRA SER EXPLORADOS E TORTURADOS PARA SEU PRATO,!!! MISERAVEL, INFELIZ, QUE DROGA DE UNIVERSIDADE FEDERAL É ESSA QUE LEGALIZA UMA ATROCIDADE COM OS BICHOS??? NÃO, NÃO E NÃO BANINDO ESSA IDEIA DE ALGUNS ESCROTOS, CORNOS MANSO, VINGANDO SUA IMPOTENCIA NOS BICHOS, TEM COISA MAIS INTERESSANTE PRA FAZER DO QUE MOSTRAR SUA FORÇA E VIRILIDADE, NÃO NOS MAIS FRACOS E INDEFESOS, LAMENTAVEL.!

    ResponderExcluir
  7. Em minha opinião a caça, dependendo do caso, não é condenável. Algumas vezes populações elevadas de uma espécie podem acabar prejudicando e até destruindo o meio em que vivem. E mesmo se houver uma proibição a caça continua ocorrendo, então pelo menos podem ser dadas instruções, através de cursos, de como realizar o controle de populações com a melhor "técnica", gerando assim o menor nível de dor possível, e regulamentando a caça para não haver abusos. Se é pra acontecer que sejam seguidas regras. Mas como disse é apenas minha opinião, sem ameças por favor rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O desequilíbrio só acontece quando os humanos introduzem animais exóticos num ambiente. É só passarem a raciocinar, que esse problema acaba. O que não está certo é continuarem trazendo animais e depois descobrirem que eles estão se reproduzindo demais e prejudicando outras espécies, e, aí passarem a assassiná-los.

      Excluir
    2. Javalis são espécies introduzidas que fugiram e não devem ser tratados como nativas, causam impactos enormes a fauna nativa e não suas populações tem que ser manejadas.

      Excluir
  8. É incrível o número de pessoas no Brasil, capacitados a fazer e ensinar o que não presta. Breve, por causa destes acéfalos, até trabalhadores rurais estarão tomando bala em meio aos campos, porque animais como a onça, já são caçados sob a ineficiência de nossas "autoridades".

    ResponderExcluir
  9. Que vergonha !!!!!, o que uma faculdade dessas pode passar pros seus alunos??

    Colocar a mãezinha dele ali seria o ideal.
    Essa foi a gota mesmo

    ResponderExcluir
  10. Só faltava essa!! Temos que entrar em equilíbrio, respeito e sabedoria para lidar com a natureza e não ensinar a destruir mais do que já está destruído.
    Basta de destruição e ignorância nesse mundo, meu Deus, a natureza nos dá tudo que precisamos, precisamos ama-la muito respeitar nossa mãe Terra, pois estamos aqui de passagem e o que ficará para as gerações futuras?? Usar os recursos com prudência, inteligência, POR FAVOR!!!!

    ResponderExcluir
  11. Esses lixos de universidade só ficam drenando o dinheiro que nós trabalhadores pagamos de impostos para usar em coisas que não prestam - torturar animais em aulas práticas ou laboratórios de falsas pesquisas, ensinar conceitos ultrapassados a alunos da área biomédica, e, agora, ensinar a caçar. Daqui a pouco vão ensinar rodeio, vaquejada, rinha...

    ResponderExcluir
  12. Um Absurdo. Como é que o MEC autoriza um curso desse?

    ResponderExcluir
  13. Não consigo nem acreditar nessa crueldade nos dias de hj e depois vamos reclamar da China, outra especialista em tortura animal?Temos q.amar os animais nossos irmãos e não trucidá-los. Q. retrocesso!!!

    ResponderExcluir
  14. Esta é a " Pátria Educadora " ?? Vergonha ! Porque não fazem cursos para caçar bandidos ? Seria bem mais útil , teríamos menos assassinos , estupradores e corruptos . Os " caçadores" já teriam muito com o que se distrair e deixariam os animais em paz !
    Nadja Mesko .

    ResponderExcluir
  15. Alguem sabe sobre o posicionamento da universidade a esse respeito? O cidadão que se dá o titulo de professor - Rômulo Ribon - diz que ministrou o curso na Semana do Fazendeiro. No dia 15. Entrei no site da universidade e verifiquei o programa. Não consta absolutamente nada relativo à caça ou javali na programação dos cursos regulares e extras. Ele vincula o nome da universidade a essa aberração que ele chama de curso. Na fanpage da universidade tambem não se encontra nenhuma informação a respeito. Muito pelo contrario, a semana do fazendeiro teve como tematica a “Campo e cidade: diálogo para um futuro sustentável” A universidade deve satisfações sobre essa aberração de curso, caso tenha ciência do corrido. Há possibilidade do cidadão estar usando o nome da universidade sem autorização para divulgar-se como professor e bem como divulgar e ganhar dinheiro com esta pratica que ele considera legal. Tem um abaixo assinado rodando a internet pendido para a universidade parar com o curso. Mas isto foi apurado e comprovado? Porque realmente não encontrei este curso na grade da universidade. Quais são realmente os fatos? Os esforços devem ser concertados em ações efetivas e direcionas ao problema real e certo. Do contrario não estaremos combatendo nada! Se a universidade não sabe de nada disso e esse curso não existe oficialmente, o cidadão Rômulo é que deve ser denunciado como estelionatário por usar o nome da universidade e vender um curso que não existe!

    ResponderExcluir
  16. "Universidade Federal de Viçosa: Acabe com o curso de caça imediatamente. Isto é uma evidência de brutalidade e violência contra a vida e contra a natureza. A universidade, enquanto uma instituição disseminadora de conhecimento jamais poderia abrir um curso infame como este."

    http://www.change.org/p/universidade-federal-de-vi%C3%A7osa-acabe-com-o-curso-de-ca%C3%A7a-imediatamente-isto-%C3%A9-uma-evid%C3%AAncia-de-brutalidade-e-viol%C3%AAncia-contra-a-vida-e-contra-a-natureza-a-universidade-enquanto-uma-institui%C3%A7%C3%A3o-disseminadora-de-conhecimento-jamais-poderia-abrir-um-cur

    ResponderExcluir
  17. Gente doente..>! Pessoas que matam por prazer tem sérios problemas mentais! Que horror!

    ResponderExcluir
  18. Fico muito triste ver essa reação. Ela evidencia uma enorme ignorância quanto ao papel ecológico extremamente negativo da Lebre e do Javali no Brasil, ou ainda das possíveis ações para a redução e controle desse efeito na nossa fauna. Ambas são espécies exóticas, e que tem exercido uma enorme pressão sobre as espécies nativas. Ser a favor da manutenção do Javali e da Lebre é, em última instância, ser contra a manutenção das espécies nativas.

    Eu fico boquiaberto ao ver que existem pessoas que acham que um profissional com doutorado em manejo e conservação em uma das universidades mais renomadas do país poderia atuar contra a conservação das espécies nativas!!! O que passa na cabeça dessas pessoas? O que elas acham que se estuda num curso de manejo e conservação, as melhores formas de acabar com nossa biodiversidade? Meus Deus. Qualquer crítica é bem vinda (tenho certeza de que o Rômulo acha o mesmo), desde que não venha desprovida de embasamento científico e trasbordando de preconceitos. O fato é que as populações de Javali e da Lebre têm trazido sérios problemas à nossa fauna, por meio da competição ecológica. A caça pode sim auxiliar no controle do tamanho populacional, o que reduz o processo competitivo. Isso foi demonstrado há quase 50 anos pelos trabalhos Robert Paine!!! Será que o autor das críticas tem conhecimento desse trabalho básico da Ecologia? O que ele propõe para controlar as espécies exóticas? Pelo vi no seu texto, nada.

    Uma pena. Uma triste demonstração de desconhecimento de como se faz ecologia ou conservação. Um texto é um desserviço à conservação das nossas espécies.

    Carlos

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪