30/05/2015

Vendedor de carne canina morre com dardo envenenado - China

Deus que me perdoe, mas.... hehehehe..... bom, né?
Fonte: Express
Colaboração: Helô Arruda
--------------------------------------------------
Um vendedor de carne canina morreu após um dardo envenenado ferir sua perna durante uma demonstração sobre como lidar com uma besta mortal usada para executar caninos.


A vítima estava mostrando a outros membros de sua quadrilha de venda de carne como atirar e matar cães quando o acidente fatal ocorreu, tendo sido ainda levado a um hospital. Cinco outros membros
da mesma quadrilha mais tarde confessaram ter matado mais de 1.000 cães e foram presos.

A China tem leis de crueldade contra animais notoriamente tolerantes mas não está claro que punição os homens terão.

O grupo sem escrúpulos tinha guardado uma montanha de carcaças em freezers e esperava vender a carne depois.

A carne de cachorro é uma iguaria popular na província de Hunan na China, o local do acidente, e em todo o país, no entanto, há uma crescente condenação internacional do massacre selvagem dos animais, que são carinhosamente conhecidos como "melhor amigo do homem" por sua natureza amorosa e leal.

Uma petição online pedindo ao governo chinês para acabar com o comércio "horrível" carne de cachorro atingiu 460 mil assinaturas.  Muitos desses 10 mil cães são comidos em um festival de uma semana de “comer cão” embora isso não seja nada em comparação com os cerca de 1,7 milhões de porcos que são abatidos todos os dias para alimentar 1,3 bilhões de pessoas na China.

16 comentários:

  1. Como humana que sou digo que adorei a notícia. Uma erva venenosa a menos.
    Iraí

    ResponderExcluir
  2. Vc disse a china tem leis severa contra crueldade a favor do animais então por que os malditos comem cachorros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você mesmo respondeu, Anônimo: porque são malditos.

      Excluir
  3. Que esse país precisa ser passado a limpo, lá isso precisa sim, urgente.

    ResponderExcluir
  4. Acho bem desprezível pessoas falando o que sentem pelos chineses devido ao que fazem com os cães, mas esquecendo-se de que eles não comem apenas cães, mas toda a sorte de animais, incluindo vários tipos de insetos - até baratas. Eles também são seres sencientes, e merecem viver em liberdade, felicidade e saúde. Obrigada.

    ResponderExcluir
  5. Pena que tenha sido apenas um criminoso morto em meio a tantos milhões.

    ResponderExcluir
  6. Ana Lucia Nunes30/05/2015 18:55

    Tomara que isso vire rotina !!!

    ResponderExcluir
  7. Ganhou o prêmio merecido

    ResponderExcluir
  8. QUE MAIS DARDOS ENVENENADOS ACERTEM ESTES CHINESES CRIMINOSOS, DESALMADOS, SEM CORAÇÃO.

    ResponderExcluir
  9. Quero e que todos, que mata animais morra assim, ou morra da pior maneira possível,

    ResponderExcluir
  10. A noticia seria melhor, se morressem zilhões deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Mari, eu pensei isso? Que pena que foi um só...

      Excluir
  11. Sheila amiga, compartilha aí esta petição que mencionam na reportagem. Tem também uma petição contra o fetival de carne de cachorro em na provincia de Yu-Lin, a acontecer agora em Junho. Bárbarie pura, onde os cães tem sua pele arrancada ainda conscientes.

    ResponderExcluir
  12. Conceição01/06/2015 11:20

    ebaaaaaaa um fdp a menos na terra, mas como disse a Mari no comentário acima, ainda ""zilhões"" para irem para os quintos dos inferno.

    ResponderExcluir
  13. isto é castigo de deus,bem feito.

    ResponderExcluir
  14. Adorei a notícia. Espero que façam a reconstituição do acidente mais uns milhões de vezes, torcendo para o final ser o mesmo.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪