03/04/2015

Seu gato está estressado? O remédio é música clássica

Os animais foram expostos a diferentes tipos de música durante a cirurgia(Thinstock/VEJA)
Pesquisa realizada em Portugal revelou que os animais relaxam ao ouvir canções instrumentais, enquanto pop tem pouco efeito e hard rock faz com que fiquem agitados

Quando seu gato estiver muito agitado, uma dose de música clássica, especialmente do período barroco ou composições líricas, vai ajudá-lo a se acalmar. De acordo com uma pesquisa publicada na última segunda-feira no periódico Journal of Feline Medicine and Surgery, esse gênero musical pode ajudar a tranquilizar os felinos durantes consultas veterinárias e até
cirurgias.

O estudo, conduzido por um grupo de veterinários da Universidade de Lisboa, decidiu testar o efeito da música instrumental no estado fisiológico dos bichos. Miguel Carreira, veterinário e autor principal, conta que percebeu durante as consultas que esse tipo de música provocava um efeito de mais confiança e tolerância nos felinos, especialmente as composições de um dos mestres do barroco europeu, o germânico naturalizado britânico George Handel (1685-1759). "Depois de ler sobre a influência da música nos parâmetros fisiológicos em humanos, eu decidi fazer um estudo para testar essa hipótese com animais submetidos a cirurgias", conta o pesquisador.

Música na cirurgia - Participaram do estudo doze gatas que passaram pelo processo de castração (remoção do útero e dos ovários). A respiração e o diâmetro das pupilas dos animais foram registrados durante o procedimento. Com fones de ouvido, os animais foram expostos durante a cirurgia a dois minutos de silêncio (como forma de controle), dois minutos de música clássica - Adagio for Strings, do compositor americano Samuel Barber (1910-1981) - seguida por parte de Thorn, da australiana Natalie Imbruglia e Thunderstruck, da banda de rock AC/DC.

Os resultados mostraram que os gatos estavam mais relaxados quando ouviram música clássica. O pop resultou em valores intermediários nas medições e o heavy metal provocou a situação mais estressante. Os pesquisadores acreditam que o uso de músicas do gênero adequado na sala de cirurgia pode levar a uma redução nas doses de anestesia, reduzindo os riscos aos animais.

No futuro, os autores pretendem estudar o efeito da música em outros parâmetros fisiológicos dos animais, como cortisol, e estender a pesquisa a cães.

Dormir tanto
Os gatos têm um estilo de caçada que leva sua capacidade física ao limite. Costumam esperar pela presa e, quando ela aparece, atacam com ímpeto, usando todo o potencial de sua visão, audição, olfato e músculos. Depois de tanto esforço, precisam de um longo período de descanso. Gatos dormem em média 18 horas por dia: é o tempo necessário para recarregar todas as energias.

FONTE: Veja

5 comentários:

  1. Que novidade! Óbvio que a música clássica é relaxante para os felinos - é calma, tranquila - e rock é pernicioso - é barulhento, irritante. Para os bebês humanos também é assim, para os vegetais... Por que não seria para os felinos e outros animais?

    ResponderExcluir
  2. Só agora descobriram isso? Dr. Miguel Carreira e equipe, com todo o respeito, parece que vocês sem tomar anestesia dormiram no ponto porque nós protetores leigos já utilizamos esse remédio grátis para acalmar nossos bichos e fazemos uso dessa terapia para o nosso estresse de cada dia, sem pagar consulta à domicílio.

    ResponderExcluir
  3. - Gatos tem bom gosto rsrsrsrs....

    ResponderExcluir
  4. Tenho alguns CD's de músicas relax para animais, eles dormem enquanto estou em meus afazeres.

    ResponderExcluir
  5. fabiola ratton06/04/2015 16:28

    No último dia de vida do meu gato Dedé, que estava com insuficiência renal, quando nada mais poderia ser feito por ele na clínica veterinária, levei-o para casa, coloquei música clássica e ficamos com ele no colo, acariciando-o. Ele ficou visivelmente mais confortável e tranquilo. Gostaria que fosse assim o meu último dia de vida nesse planeta.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪