25/04/2015

Refúgio de Brigitte Bardot ameaçado por causa de vizinhos

Por favor, gente amiga, vamos assinar a petição pedindo para que o refugio de animais da Fundação Brigite Bardot não seja fechado. 

Como poderíamos imaginar que BB fosse viver o problema que nós vivemos em plena cidade, ou seja, intolerância de vizinhos irascíveis?????? CLIQUEM AQUI e assinem a petição. 

Olha, a tradução que fiz foi usando o Goolge, mas, dá para entender muito bem. Divulguem, galera!!!!! vamos mostrar que todo Brasil vai estar com ela nesta batalha absurda e inacreditável.


Brigitte Bardot folle de rage : Elle pourrait... por nonstoppeople-officiel

Sexta-feira abril 24 - 08:19
Em 1992, Brigitte Bardot montou o seu refúgio, criado pela Fundação Brigitte Bardot, em um terreno de oito hectares em Saint-Aubin-le-Guichard (Eure). Mas hoje este paraíso está ameaçado de
encerramento devido a queixas de alguns moradores.

Apesar de Brigitte Bardot estar longe dos holofotes há vários anos, a sua atividade não significa estar mais tranqüila. Muito envolvida com os direitos dos animais, a ex-atriz fundou sua ONG em 1992 com um abrigo de animais. Oito hectares de terra, uma casa senhorial, um estábulo e um pombal, Localizado em Saint-Aubin-le-Guichard é considerado um canto real do paraíso. Carinhosamente, ela havia chamado de "La Mare Auzou."

Seu projeto recolhe todos os animais que foram vítimas de abuso "Hoje é um extraordinário jardim com 1.000 animais: gansos, cisnes, burros, ovelhas, porcos, cabras, coelhos, pôneis, cavalos, vacas. bezerros ...: todos foram vítimas de abuso, negligência, loucura humana.

Há também 200 cães e 400 gatos que esperam na sua maior parte, ser adotadas.  Auzou La Mare é um  tesouro. Quarenta funcionários se revezam dia e noite para manter, cuidar, nutrir e mimar os sobreviventes do inferno.  A área de quarentena, enfermarias, vinte veículos, tratores , etc. tudo é projetado para atender o bem-estar animal e lidar com qualquer emergência. Uma centena de fornecedores da região (encanadores, pedreiros, mecânicos, direito, veterinária, ferrador, fornecedores de energia, etc.) também contribui para o funcionamento deste abrigo. "Aqui, a liberdade reina. Não existem caixas ou gaiolas para nossos protegidas ", disse Brigite para um repórter do Paris Match.

A PREFEITURA DE EURE ABRIU PROCESSOS ADMINISTRATIVOS
Apenas alguns querem ver o abrigo fechar suas portas. Um punhado de moradores locais já manifestaram o seu descontentamento há alguns anos, com queixa de barulho de cães latindo. A Fundação Brigitte Bardot utilizou todos seus recursos financeiros para satisfazer os manifestantes.

Assim € 3 milhões foram desembolsados ​​para criar cabines de isolamento acústico previstas para as noites de cães. Uma solução que pareceu acalmar as coisas, porque desde 2009, nenhuma nova denúncia tinha sido apresentada. Até julho do ano passado. Entretanto, um novo morador quer abrir sua casa nas proximidades e exigiu o fechamento do refúgio. A reivindicação foi apoiada por um punhado de vizinhos. Tendo sofrido insultos diários e ameaças, a Fundação Brigitte Bardot tentou, mais uma vez, responder às queixas de residentes, em vão. O estudo de ruído foi rejeitado pelo denunciantes.

Por enquanto, nada foi decidido ainda, embora a Prefeitura de Eure abriu vários processos administrativos. 1000 animais correm riscos. Para assinar a petição que proíbe o fechamento de refúgio, clique neste link.
------------------------------------------------
Outras matérias:

7 comentários:

  1. Quer dizer, um novo morador quer construir sua casa desalojando a maioria que já estava ali primeiro. Melhor seria que o reclamante baixasse noutra freguesia e cantasse pra subir que muito ajuda quem não atrapalha.

    ResponderExcluir
  2. Absurdo. Em detrimento de um maluco querem expulsar centenas. Quem disse que humanos são melhores que animais???
    Iraí

    ResponderExcluir
  3. Raça de gente mal amada é uma boxxxxxxxxxta mesmo viu !!

    ResponderExcluir
  4. Vou te contar heim? o gentinha...

    ResponderExcluir
  5. Se os denunciantes rejeitam o estudo de ruídos, é porque não existe ruído nenhum.
    Como diz uma amiga minha que mora ao lado de um cemitério: "Vizinho bom é vizinho morto"!

    ResponderExcluir
  6. o velho ditado : os incomodados que se mudam,ela faz um trabalho maravilhoso isso é inveja.

    ResponderExcluir
  7. Amo BB! Ela abandonou a carreira no auge da beleza e do sucesso para se dedicar aos animais - bem diferente das "atrizes" e afins deste país de bananas. Ela merece todo o nosso apoio e carinho. Assinado e compartilhado.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪