21/04/2015

Estou furiosa: Ibama Rio sem comida para os animais e caso Franklin

Pois é, fico louca quando leio mais uma matéria sobre a situação do Centro de Triagem do IBAMA aqui no Rio. Cliquem aqui para ler algumas delas desde 2012.

Agora mais louca fico quando lembro que dois macacos foram retirados de um amplo recinto no Sitio do Franklin sob alegação de maus-tratos. Estavam lá há mais de 20 anos, comiam "danoninho" e tinham árvores e pneus para brincar. Vimos isto nas imagens. Pois é, na "Operação salvadores dos animais do sítio dos horrores", eles foram recolhidos para uma jaula e passam fome lá no CETAS, este mesmo da reportagem.... 

É para isto que servem os tais pseudo-protetores que falei ontem. Isto sem falar que retiraram, segundo depoimento de envolvidos naquela "operação", 200 cães que foram distribuídos em situações das mais precárias possíveis. Feliz daquele animal que conseguiu uma adoção imediata porque o restante morreu, pelo que falam.... E olha, nem vem que tenho tudo printado para provar tamanha irresponsabilidade. Fora as éguas que pastavam livres há 15 anos numa área de 1 hectare e que foram roubadas do local para onde foram levadas. Seria bom as pessoas darem endereço de onde estão todos estes animais. Quem discorda? Aí poderíamos avaliar o resultado de tamanha insanidade por retirar do sítio animais que viviam lá há 10 anos, segundo depoimento de testemunhas.

Que o sitio do Franklin estava uma M, é indiscutível, mas, retirar os bichos bons para enfia-los num terreno que nem cobertura contra chuva e sol tinha, foi o certo? A autoridade policial que foi ao local deveria, sem sombra de duvida, dizer: olha, estes animais que precisam de um atendimento imediato estou levando agora para uma clínica veterinária e a despesa será paga pelo proprietário deste sítio. Voltarei em 24 horas e quero ver todos os procedimentos para cuidado dos restantes, do contrário vou levar todo mundo preso por culpa e omissão.... 


Eu hein!!!!! Se eu fosse advogado do Franklin eu ia pedir de volta todos os animais e ia querer saber que história é esta dele não poder receber mais nenhum animal. Que diabos é isto? O Franklin ajudava centenas de animais por dia e agora? quem está socorrendo aqueles bichos que são ainda levados para lá? até mesmo por bombeiros.... tá doido, meu? por causa desta "ordem" intimidatória a uma pessoa bem simples e de pouca instrução, dezenas de animais estão deixando de ser recebidos e tratados GRATUITAMENTE, sem que ninguém desta meleca de facebook doe um tostão. 

A alegação é que o Franklin era um matador.... ah, pelo amor de Deus, o cara dedica sua vida aos bichos, de segunda a segunda e por mais de 35 anos!!!!! Mas, supondo que seja verdade: mata 10 recém nascidos e salva 100 adultos.... E aí? vai falar o que? aliás, as pessoas deviam mandar o endereço para as pessoas que tem abrigo encaminhar as ninhadas diárias postas nos seus portões.... Que gente sem noção!!!! Como se houvesse um batalhão de pessoas disponíveis para tratar de 30 recém nascidos por dia/900 ao mês/10800 ano.... Fala sério!!!!! Nossa realidade é triste e não deve ser ignorada.....

Pior que estes pseudo-protetores, quando caem na real, simplesmente abandonam tudo deixando as consequências para nós, jurássicos ainda em pé, resolvermos as palhaçadas que promoveram. E olha que ninguém nunca viu nossas contas bancárias expostas pela internet, né mesmo? Queremos ser profissionais do direito animal e não profissionais na exploração do sofrimento animal....

Meu médico disse para não me aborrecer, mas, quem pode se calar? fico pensando nestes macacos desde que eles foram retirados de lá do sítio..... Jesus amado, será que e tão difícil entender como funcionam abrigos? O que estas pseudo-protetoras fariam se morassem nos EUA, Europa e boa parte da América do Sul onde todas as ONGs de proteção matam aqueles animais sem chances de colocação na vida social humana? se rasgavam todas..... Ai que meu coração dispara quando vejo tamanha sacanagem com os bichos......
--------------------------------------------

Não há verbas para alimentação dos animais silvestres resgatados pela polícia.

9 comentários:

  1. Heloisa Arruda21/04/2015 09:17

    Essas "salvações" são Impregnadas dei uma fúria que torna a ação irracional e a solução tão insatisfatória quanto o problema... Ressentimentos, inveja e vaidade só desqualificam a causa e prejudicam os animais... HelO

    ResponderExcluir
  2. Sheila, você é insubstituível!!! Ser iluminado e valoroso...oro a Deus para que seja abençoada com a cura completa!! Amém!!

    ResponderExcluir
  3. Você tem toda razão, Sheila. O que se fez foi lamentável e só foi feito porque Franklin é uma pessoa muito simples, humilde, de pouca instrução, que não sabe se defender, não sabe argumentar contra toda essa gente que grita palavrões, ameaças, calúnias pela internet - e a grande maioria, nem o conhece, nunca o viu na vida, mas já o condenou. A situação dos animais no sítio do Franklin estava ruim, podemos ver pelas imagens, mas será que as autoridades têm o direito de entrar e retirar os animais, simplesmente assim? Não deveriam antes considerar o perfil do responsável, examinar cuidadosamente o que levou o abrigo àquelas condições, propor melhorias e dar prazo para sua execução e só retirar os animais com planejamento, havendo local apropriado para sua transferência? E os animais podem estar sendo distribuídos em feirinhas e pela internet, para quem quiser e tiver acesso? O "fiel depositário" não fica como responsável pela localização, integridade e bem-estar desses animais que, no meu entendimento de leiga, deveriam estar identificados, protegidos e resguardados para uma decisão judicial futura? Como já disse, vivemos uma fase pior que nos velhos tempos da "carrocinha", que nunca ousou entrar na casa de ninguém e tirar os animais (ao que eu saiba). As protetoras internautas que condenam Franklin, sem nem o conhecerem, e que estão apoiando a ação de retirada de seus animais, não se preocupam que, amanhã, isso possa vir a acontecer com elas? Em sua maioria, essas internautas são apenas "observadoras" da causa animal, têm um ou dois animais em casa, nunca colocaram a "mão na massa" para salvar um animal sequer, contentam-se em ficar em frente à telinha desferindo ofensas e ameaças pelo Facebook, achando que assim estão "salvando" animais de "malfeitores". Na verdade, essa maioria não corre riscos efetivos, pois não fazem praticamente coisa alguma de concreto, suas ações são virtuais e não mudam em nada a vida dos animais. Mas há outras, em menor número, que, essas sim, resgatam animais das ruas, se sacrificam para cuidar deles e lhes dar um lar apropriado, costumam estar com suas casas lotadas de animais e que, ainda assim, fazem parte do grupo que está apoiando a retirada de animais das pessoas. Essas protetoras, com certeza, correm riscos. O que hoje está se fazendo com o Franklin, e que também foi feito com o Joelson e com outros protetores, amanhã pode ser feito com elas mesmas se continuarmos a permitir e, pior, apoiar esse tipo de ação abrupta e repressora. O que precisamos é nos unir, colaborarmos uns com os outros, ajudarmos uns aos outros e, logicamente, "puxarmos as orelhas" de quem precisar, mas sempre sendo respeitosos e cuidadosos uns com os outros. Os animais precisam e merecem isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariângela falou tudo e um pouco mais!
      É disso que falamos sempre: a proteção animal deveria estar sempre unida, sempre se ajudando, socorrendo, tudo pela causa, mas ao contrário, seja por excesso de vaidade ou por pura ignorância, vivem se engalfinhando e prejudicando, especialmente, os próprios animais.

      Excluir
  4. Duvido que aquelas pragas que prejudicaram o trabalho do Franklin, estão fazendo melhor! E quanto ao IBAMA, não duvido que verbas estejam sendo desviadas, afinal, afanar dinheiro público tá muito fácil.

    ResponderExcluir
  5. Tirar do sitio do Franklin pra deixar na falta de estrutura do Ibama é dose.

    E a incompetente Ministra do Meio Ambiente desconhecer os problemas é dose dupla.

    Concordo com o Secretario do Meio Ambiente, melhor ficar com quem cuida com carinho do que nesse furdúncio.

    Pobres animais !!

    ResponderExcluir
  6. E pasmem! O grupo de protetores que retirou os animais do sítio de Caxias, apoiado pela Policia Civil, e que os está distribuindo pela internet e em feirinhas, planeja voltar, assim que conseguirem doar todos os animais que levaram (foram mais de 200). Eles dizem, nas páginas do Facebook, que vão voltar ao sítio de Caxias e tirar os cães que ainda ficaram (pouco mais de 40) e também planejam invadir a própria casa do Franklin para retirar os animais que ele mantem aí. É o cúmulo da falta de respeito e da arbitrariedade! Essas pessoas, provavelmente sentindo-se apoiadas pelas autoridades policiais, pensam que podem tudo, se acham no direito de fazer "justiça" com as próprias mãos, pisam na lei e condenam e sentenciam por conta própria. Mas, é claro, fazem isso com quem não consegue se defender, como o Franklin, e por que se acham apoiadas pelas autoridades. Se isso realmente acontecer, acreditem, a justiça e a ordem em nosso Estado está verdadeiramente caótica.

    ResponderExcluir
  7. Neste país tudo que vem do poder público não presta. Vai ver algum político "Comeu a comida dos animais".

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪