09/03/2015

Porco pedindo misericórdia? será?

Quando vi esta foto e vídeo rodando para lá e p´ra cá pelas redes sociais, tive uma impressão estranha. Procurei informações consistentes pela internet sobre o que me pareceu uma historia inventada, mas, só achei a matéria do Daily Mail dizendo que o porco havia fugido de uma fazenda próxima e que do nada, se ajoelhou por longo tempo na entrada do templo. Monges vieram cantar para ele, mas, o animal foi mesmo para o abatedouro. Disse o dono do animal, segundo o jornal, que ele não o teria matado se soubesse que o fato teria tido a repercussão internacional que teve. Ontem li o que o Jota Caballero escreveu e resolvi a publicar por conta da dimensão que ele conseguiu  dar ao episódio.


Porco que fugiu de um matadouro, e se ajoelhou diante de um templo budista, pedindo misericórdia. 

"Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em
consideração as condições dos animais"

Essa frase é de Abraham Lincoln, e traduz perfeitamente essa incapacidade ética dentro da religião
A grande maioria dessas doutrinas tem dificuldade de serem justas com aquilo que pregam. 

Sempre admirei o budismo por respeitar todas as formas de vidas, porém infelizmente como quase todas, sua teoria é mais real do que a própria prática, ou seja, não fazem aquilo que pregam. Suas atitudes valeriam mais do que essas bocas, que cantavam mantras, e isso não impediu o fim trágico desse ser.

Essa imagem chocou o mundo, porém o fim desse pobre ser que pedia misericórdia, não foi poupada, seguiu seu destino, matadouro. 

Obs: Se o porquinho estava ou não ajoelhado pedindo misericórdia, isso não é relevante, o que é relevante nesse história, é que aconteceu em frente a um templo budista, onde os animais tem o mesmo valor espiritual que os humanos, e não fizeram absolutamente nada, a não ser tirar fotos e cantar.

Por Jota Caballero 
#jotacaballero 
Direito dos Animais

6 comentários:

  1. Jota Caballero disse TUDO! Não há um pingo a ser acrescentado. "Faças o q eu mando, mas não olhes o q faço." = essa é a verdadeira pregação de qualquer religião. Sem exceção!
    Rita de Cássia - Paraná

    ResponderExcluir
  2. Adiantou muito essa cantoria idiota dessa cambada de hipocritas !!!!

    ResponderExcluir
  3. Mas pessoas, olha o país que aconteceu o fato - China! precisa dizer mais..? é claro que iam matar o animal, o Bhuddismo tem várias caras, assim como os humanos que praticam a religião de acordo com suas conveniencias...

    ResponderExcluir
  4. O grande problema com a maioria das religiões são os "homens" por detrás delas - e pela frente, lados, etc. O ser humano sempre irá deturpar, desvirtuar, distorcer tudo o que elas pregam em benefício próprio. Por essa razão é que não me volto contra a maioria das religiões, mas sim contra seus seguidores. A culpa é nossa!

    ResponderExcluir
  5. Sinto dizer, não é fácil ser uma pessoa sem fé, mas não acredito mesmo em nenhuma religião, não acredito na humanidade, não acredito em nada. Bom seria poder acreditar numa força maior, pedir pelos mais fracos e ser ouvida, ver o bem vencer e o mal ser suprimido, mas isso não existe e ponto final.

    ResponderExcluir
  6. Jorge Romano10/03/2015 19:12

    Fato raro praticado pelo porco e idiotice normal praticada pelos humanos. Cantar para salvar o porco da faca?

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪