24/03/2015

Polícia investiga se idosa morta no RS por cão atingia animal com vassoura

Olha o tratamento dado ao pit bull.... é para isto que existe esta raça? este pobre cão da história deu a maior sorte de encontrar uma ONG para adotá-lo e tentar encaminhá-lo a um novo lar.... o que, aliás, acho uma temeridade..... Ele não merece viver outra tragédia....
-----------------------------------
Relato foi dado por vizinhos da família ao delegado responsável pelo caso.
Pit bull que mordeu mãe do dono também seria eletrocutado com aparelho.

A Polícia Civil investiga se o cão da raça pit bull que matou uma mulher de 65 anos, mãe do dono do animal, na tarde deste domingo (22) em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, sofria maus tratos. O delegado Pablo Rocha, responsável pelo caso, disse ter ouvido de testemunhas que o cão recebia descargas elétricas e golpes de vassoura.

"Relatos de pessoas próximas e vizinhos dão
conta que o animal era tratado com choques elétricos, e havia conflito entre os donos e ele. A idosa costumava afastar o animal usando rodo e vassoura. Ela estava com um rodo próximo quando foi achada morta", disse o delegado.

O caso ocorreu na casa da vítima, na Rua Campinas, Bairro Mathias Velho. Segundo a Brigada Militar, a idosa de 65 anos foi mordida e não resistiu aos ferimentos. Ela estava sozinha em casa.

Um aparelho que dá descargas elétricas foi apreendido pela polícia na residência, junto a uma arma falsa. Em depoimento, o filho da vítima disse que, ao ver a mãe sendo atacada, disparou duas vezes com uma arma de fogo no cão. Ele alegou também ter sido atacado pelo animal.

Ainda segundo o delegado, o filho da vítima e responsável pelo cachorro poderá ser indiciado por homicídio culposo. "A situação de contenção do animal me parecia adequada, mas o pátio, não. Grades eram muito espaçadas, crianças corriam risco. Se uma criança cruzasse perto, poderia ter o braço arrancado", afirma.

O animal foi encaminhado para uma entidade de proteção a animais, onde será tratado e adestrado. Depois, poderá ser encaminhado a uma nova família.

FONTE: G1

5 comentários:

  1. Fádua Andrade24/03/2015 12:58

    Só não entendi...ela estava ou não sozinha quando do ataque? Poi li que quem tentou separar o cão da idosa (a pauladas) foi um vizinho, mas o cão só soltou depois de ter dilacerado a traqueia dela. Mas notícia diz que o filho disparou ao ver o ataque... que rolo! Só sei que o pobre bicho sofria, pena que ninguém denunciou a tempo de evitar o ocorrido.

    ResponderExcluir
  2. Conheço tantos casos de pit bulls bem tratados que são doces, amam crianças e até gatos que não posso crer que um cão (seja qual for a raça ) que age desta forma é bem tratado... Tenho um amigo íntimo, quase um irmão, que tem dois pits (um macho e uma fêmea ), qd vou a casa dele, deito no chão pra brincar com eles e os dois são muito "elétricos " o tempo todo, mas qd me deito eles só ficam me circulando e lambendo, sabem que estou vulnerável e que podem me machucar se pularem em mim, por exemplo.

    ResponderExcluir
  3. Tragédia anunciada, com resultado de inteira responsabilidade dos - e somente dos - "donos" da vítima maior = o pobre e indefeso animal.
    O problema não é a raça, são os "seresumanos", a pior espécie do planeta.
    Rita de Cássia - Curitiba/PR

    ResponderExcluir
  4. É uma situação difícil, mas se os vizinhos testemunharam que ele sofria maus tratos deve ser verdade. Porém, devo alertar àqueles que creem que cães não são capazes de atacar sem serem molestados, que estão totalmente equivocados. Aconteceu comigo por duas ocasiões e conheci outros dois casos que resultaram em morte. Em um deles, o cão nem era de raça.

    ResponderExcluir
  5. Se eu fosse tratada a vassouradas e descargas de choque elétrico, certamente me defenderia e mataria! Se os dois infames não sabem tratar um animal, então que não tenham!
    Bem, esta mulher não está queimando no Inferno, porque o Diabo não aceita concorrência e o lado bom do caso, é que o cão está em boas mãos. Será que ele vai se recuperar dos traumas sofridos?

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪