06/01/2015

Com popularidade dos gatos na internet, preconceito fica de lado

Gatos  estão ficando poderosos...... eu não sei como alguém pode não gostar de gatos.... tem gente que fala tranquilamente que: eu gosto de cachorro, mas, não suporto gatos.... Como assim? 
------------------------------------------
Tamiris e Tiki não se desgrudam  (Foto: Divulgação)
Por muito tempo taxados como indiferentes, egoístas e frios, os gatos sofrem com a rejeição e o desprezo das pessoas. Mas graças à internet e à fofura dos felinos, a situação tem mudado. Cada vez mais, quem gosta de animais tem  se rendido aos gatos e deixado a preferência exclusiva por cachorros para trás.

“A popularidade de vídeos e ‘memes’ com gatos na internet ajudou a desmistificar a imagem negativa que muita gente tinha”, opina a barista Tamiris Costa, 26 anos, que se rendeu aos gatos e hoje é apaixonada por sua companheira, a gatinha chamada Tiki. 

“As pessoas estão começando a entender que gatos não são frios e calculistas, e que
na verdade eles apenas têm um jeito diferente de demonstrar atenção e que são ótima companhia e muito engraçados”, complementa.

De fato, o grande número de vídeos na internet envolvendo gatos e suas façanhas, como tocar piano e brincar com crianças, tem trazido uma nova percepção sobre os felinos.

“Aquele mito de que gatos são interesseiros e não gostam do dono ficou no passado. Hoje, não ouço mais coisas assim. Mesmo aquelas pessoas que ainda não gostam de gatos não repetem mais esses mitos”, avalia outra fã dos animais, a servidora pública Luciana Lara, 25 anos, que se diz mãe de quatro felinos (Sophie, Sarah, Duque e Manhoso) e é administradora de uma página no Facebook dedicada aos bichanos, a “Dicas para gateiros”.

Em Campo Grande, a técnica em enfermagem Brandali Silzelda Lemos, 53 anos, defende os gatos com unhas e dentes. “Eles são calmos, inteligentes, dão carinho e amor para gente”, diz. “É só conviver e passar a cuidar,  que a pessoa se apaixona pelo bichinho, são muitos lindos e queridos”, define.

Na última semana, Brandali encontrou um gato abandonado e já o levou para casa. De acordo com ela, os gatos gostam mesmo da casa onde moram, mas não se esquecem dos donos. “Depende se a pessoa dá carinho para ele”, conclui.

7 comentários:

  1. Problema de cabeça. É mais fácil dizer que não gosta daquilo que não se pode manipular e os gatos não são manipuláveis. Têm personalidade, têm vontade própria e sabem como nos "dominar". Tenho um gatinho que, sempre que faz algo errado e eu chego perto ele deita de barriguinha pra cima e vira a cabeça de lado. Uma forma de me "engambelar" pois não consigo ficar com raiva dele (como se isso fosse possível).

    ResponderExcluir
  2. Carmen Lucia06/01/2015 13:44

    Os gatos são criaturas maravilhosas, verdadeiro presente de Deus aos seres humanos.
    Se eles não pudesse ser domesticados, seria uma grande perda para todos nós.
    Conviver com eles é tudo, tudo de bom.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente, na região onde moro, as pessoas tem o habito de criar pássaros em gaiolas e como a maioria da população não castra e nem prende seus gatos, já que são apenas serviçais para a caça de ratos e baratas, os pobres bichanos acabam vitimados por gente ruim que os quer longe de suas gaiolas.

    ResponderExcluir
  4. Gatos são maravilhosos! Quem não gosta de gato é pobre de espirito que não entende que recebemos amor por olhares, ronronadas, esfregadas felinas entre outras mil demonstrações. Impossível não amá-los muito!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre soube que tudo o que diziam (e dizem) de mal sobre os felinos é pura maldade e inveja. Gatos são lindos, meigos, inteligentíssimos, espertos, carinhosos, manhosos e, por mim, sempre muito mimados. Ammmmmo-os!

    ResponderExcluir
  6. Todos os animais são lindos e queridos, mas os gatos são a mais perfeita criatura do reino animal.

    ResponderExcluir
  7. maria do carmo10/01/2015 21:15

    Amoooooooooooooo gatos...tenho atualmente a Brenda, a Vitoria e a Dorinha....amores de minha vida!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪