02/12/2014

Polícia indicia servidores da Prefeitura de Bom Jesus por morte de animais - RS

Alguém tinha dúvida?  Cantei a bola no dia 21/11/14.... agora só falta dizer que o prefeito não sabia de nada..... Amigos que estão por lá, metam o cacete nestes bandidos!!!!!! Conta com a gente... Foi igualzinho o caso de Arari,  lembra não? Recorda aí, então:
----------------------------------------
Mais de cem cães e três gatos foram encontrados mortos na Serra (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Quatro pessoas vão responder por maus-tratos e associação criminosa.
126 cachorros e três gatos morreram envenenados no município gaúcho.

Quatro pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil por maus-tratos e associação criminosa na matança premeditada de 126 cachorros e três gatos em Bom Jesus, município da Serra do Rio Grande do Sul. Todos são servidores da Prefeitura Municipal e usaram veneno para matar os animais. As mortes foram registradas no fim de novembro.

De acordo com o delegado Flademir Paulino de Andrade, responsável pela investigação, a perícia comprovou que
os cachorros e gatos foram envenenados, mas o tipo de veneno usado ainda não foi identificado.

“As pessoas foram indiciadas pela prática do crime de maus-tratos contra animais, com pena majorada pelas mortes, e por terem sido praticadas em continuidade delitiva, ou seja, pelo fato de elas terem, na mesma noite, realizado várias ações que resultaram na prática do crime”, sustenta o delegado.

No último sábado (29), foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão na casa dos indiciados, em Bom Jesus. Foram apreendidas substâncias utilizadas como veneno, mas ainda não há provas suficientes para afirmar que o material recolhido foi utilizado para envenenar os animais.

Segundo a Polícia Civil, os indiciados terão suas identidades preservadas por não terem sido presos em flagrante e por ainda não terem sido condenados.

Todos os quatro envolvidos, segundo o delegado, trabalham na Prefeitura de Bom Jesus. “Não há comprovação de participação da administração municipal nos fatos, sendo comprovado no inquérito policial que pessoas que trabalham na prefeitura, de forma conjunta, mas por decisões apenas delas, resolveram promover a matança dos animais”, esclarece.

Se condenados, as penas poderão chegar a dois anos de prisão pela prática do crime de maus-tratos contra os animais e a três anos de reclusão pela prática do crime de associação criminosa.

FONTE: G1

6 comentários:

  1. Tem prefeitura tem prefeito,tem prefeito tem políticos.
    E ninguém sabe e ninguém viu,é o vírus brasiliensis se alastrando no Brasil

    ResponderExcluir
  2. Se o prefeito sabe ou não tem que ser provado. Pode ser coisa de um grupo de mal caráter anarquista. De qq maneira essas pessoas são responsabilidade da prefeitura, logo, no mínimo, devem ser exoneradas!!! Bandido é bandido. Assassino é assassino. É o tipo de gente que não deve viver em sociedade.Eu não acredito que assassinos seriais sejam facilmente readaptáveis e ressocializados.

    ResponderExcluir
  3. Ninguém vai dar uma surra nesses marginais? Eles é que merecem engolir todo o veneno que utilizaram nessa matança. Bandidos dos infernos. Faz falta um justiceiro que dê a esses malditos assassinos na mesma medida que dão aos animais.

    ResponderExcluir
  4. Estou com você, Rita. Lugar de assassinos é na cadeia, pois ela não foi feita para os outros animais, mas são eles que sempre se encontram enjaulados, pobrezinhos. Duvido que o prefeito não soubesse.

    ResponderExcluir
  5. "Eu temo pela minha espécie quando penso que Deus é justo" (Thomas Jefferson).

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪