15/11/2014

Resolução da Unicentro causa polêmica em Guarapuava

Sei que pessoas querem ajudar mas perdem noção do aspecto higiênico que espaços comunitários devem ter. Por sua parte, as autoridades locais devem regulamentar favorecendo não só o alimento desses animais como também castrando-os e dando atendimento veterinário. Afinal, "todo animal é tutelado pelo estado" conforma estabelece o Decreto-lei 24.645/34
------------------------
Paraná TV 2ª edição – Guarapuava - 14/11/14

A resolução proíbe que cães sejam alimentados no Campus Cedeteg.

6 comentários:

  1. Preocupo-me com o possível "descarte básico" dos animais através da Cúpula insatisfeita, já que podem sumir sem deixar pistas e escafeder-se sem aviso prévio, antes que simpatizantes comecem a estudar o que fazer com eles se a página for virada sem apelação e sem prova nenhuma do que haviam escrito nela. Sugestão é que alunos simpatizantes criem uma Ong on line de Proteção aos animais e se engajem neste trabalho voluntário de recolhimento, tratamento, castração, vacinação e adoção dos baixinhos. “A união do rebanho obriga o leão a ir dormir com fome”. (Provérbio Africano) mas sumir com eles ou deixa-los com fome não é a solução porque outros animais virão para curtir o barato do pedaço ou serão abandonados ali por seus próprios tutores sem estimação.



    ResponderExcluir
  2. Definitivamente não alimentar não é a solução. Remoção para um abrigo decente.

    ResponderExcluir
  3. Izilda Inácio da Silva16/11/2014 08:28

    Onde estão as leis de proteção aos animais?? Deveria se fazer uma campanha de adoção, pois com certeza esses seres inocentes desejam um lar, alguém que lhes dê muito mais que comida e água, mas também lhes deem carinho.

    ResponderExcluir
  4. Que façam com o ser dito humano o mesmo que ele faz com os animais.

    ResponderExcluir
  5. o Paraná tem a Lei 17422 que fala em um de seus artigos do cão comunitário:

    Art. 7º O animal reconhecido como comunitário será recolhido, esterilizado, identificado, registrado e devolvido à comunidade de origem.

    Art. 8º Para efeito desta Lei considera-se:

    I - animal comunitário: aquele que estabelece com a comunidade em que vive laços de dependência e de manutenção, ainda que não possua responsável único e definido;

    a universidade deve respeitar esta lei!

    ResponderExcluir
  6. Tal problema ocorreu numa empresa onde trabalhei há uns quinze anos atrás. O problema foi resolvido quando colocamos as casinhas e alimentação dos animais num local distante do restaurante e onde não houvesse o trânsito de carros e pedestres.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪