07/08/2014

Reencontro com o gorila Kwibi

Prepare seu coração.... lindo...
----------------------------------------
Ele Cuidou Deste Gorila Como Se Fosse Um Filho. 5 Anos Depois de Libertá-lo, Eles Se Reencontraram Damian Aspinall cuidou do gorila Kwibi por anos como se fosse um filho. Recentemente, Kwibi mostrou-se agressivo com outros humanos. Preocupado, Damian resolveu procurá-lo e, cinco anos mais tarde, eles se reencontraram
.

10 comentários:

  1. Eu já conhecia o vídeo,mas não me canso de revê-lo e sempre com lágrimas. É tão lindo. O abraço do gorila no amigo humano é emocionante.,

    ResponderExcluir
  2. Que amor e respeito incrível estes dois tem um pelo outro, apaixonante e grandioso.

    ResponderExcluir
  3. Lindo, lindo e lindooooooo!!!! Amor sincero!
    Lígia

    ResponderExcluir
  4. O amor de um animal quase humano sem diferença alguma para o amor de um humano quase animal. Afinidade e empatia na magia de um reencontro de amigos inesquecíveis. Para que palavras nesta hora?

    ResponderExcluir
  5. Ai Meu Deus, chorei como uma criança. Lindooooo!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. maria do carmo07/08/2014 21:14

    Impossivel não chorar.....aí eu me pergunto...como conseguem matar um ser desses....inimaginável...como conseguem matar qualquer animal...são seres especiais de Deus....

    ResponderExcluir
  7. Dá para entender, o por que destes biólogos amarem tanto o seu trabalho. É magnífico só de vê-los em meio aos animais! Quem deseja se aposentar, vivendo em meio à natureza?

    ResponderExcluir
  8. Lindo demais , reencontro de dois grandes amigos ...
    Nadja Mesko .

    ResponderExcluir
  9. Lindo demais esse reencontro.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪