19/06/2014

Por que ninguém aplaude esta mulher no palco?



Realmente, acho que todos sabem.... o que falta é coragem para mudar os hábitos....
---------------
Tanto pela maneira como foi produzido (e conduzido) quanto pela reação da plateia com as informações que eram passadas.Todos ficaram assustados. Eu também ficaria.Veja o vídeo a seguir e depois me diga se você já foi enganado por uma dessas técnicas. Preste atenção nas expressões das pessoas que estão vendo a palestra. Aperte o play e assista. Lembre-se de ativar as legendas em português caso não entenda inglês.

Fonte: AWEBIC

Impactante, não é? De fato, nada torna a agricultura industrializada aceitável. Para quem quer mais informações, recomendo a vista ao site da organização que luta para combater essa questão.

6 comentários:

  1. Ela é bem direta em sua colocação, mas as pessoas não gostam de serem "culpadas" por uma atitude errada diante de outros. Ficaram chocados, mas não vão mudar seus hábitos. É mais fácil manter-se na ignorância que tomar uma atitude. Por isso, o mundo caminha para o fim com tanta rapidez. Eu a aplaudiria de pé, mesmo que sozinha no ato.

    ResponderExcluir
  2. Cristina Calixto19/06/2014 20:54

    Quando fiz um preparatório para concursos, havia uma aula sobre inovação. E esse tipo de assunto foi discutido e utilizei exatamente esse exemplo dos produtos de origem animal vendidos em propagandas com os animais alegres, cujos corpos estariam em embalagens divertidas, apenas para mascarar o absurdo da criação intensiva.

    Enquanto uns ficaram surpresos, porque nunca haviam parado para pensar no assunto, outros evocaram até a Bíblia para justificar que os animais teriam sido criados para nos servir de alimento.

    Causei um mal estar danado, mas acho que a gente sempre acende uma centelha na ideia das pessoas. Jamais poderão alegar que ignoravam o assunto...

    ResponderExcluir
  3. As imagens nem foram chocantes... nenhum animal confinado sendo espancado, nenhuma violencia física ao ponto de sangrarem, quebrarem pernas ... ou a coluna... ou mesmo o espancamento de animais até a morte por peões mal paridos... A fala foi direta sim... penso que essa platéia não sabe que grande parte de sua comida eram seres vivos antes de chegar aos seus pratos...

    ResponderExcluir
  4. Creio que muitas pessoas nessa sala sairão de lá abaladas. Eu fui alguém assim e mudei. Anoiteci onívara e amanheci vegan - simples assim. Quem quer, faz!

    ResponderExcluir
  5. Jorge Romano19/06/2014 23:24

    Manter o povo sem informação é sempre a estratégia perfeita para se atingir os objetivos espurios de uma minoria sobre a maioria. Mas um momento: e para que serve a internet? Para trocar e-mail e ter face? Dificilmente hoje em dia alguém globalizado não escutou falar em "ser vegetariano" ou nos malefícios da carne, ou tomou conhecimento do que se esconde sob a indústria da carne. Então não se trata mais de ignorância sobre o assunto e sim um opção de vida. Quando criança fui muitas vezes comprar miudos e viceras nas carrocinhas de tripeiros, como eram e são conhecidos até hoje. Nossos pais não tiveram a informação que temos hoje. Mas como as tais carrocinhas ainda são vistas pela cidade? Velhos hábitos? Coisa nenhuma, estupidez e teimosia em não querer evoluir e continuar consumindo o que pode existir de pior na alimentação animal. A palestrante apontou corretamente quem era o principal responsável por essa industria macabra, o consumidor. Mais um grupo que foi para casa com algo para pensar.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪