30/05/2014

Pensamento: Sigmund Freud sobre cães

Eu fico encantada com nossos leitores.... Seguindo uma linha comum de pensamento, lembram de nosso trabalho e o enriquecem com o envio daquilo que lhes fez lembrar de nós.... encantador!!!! Vejam a colaboração do Franco:
-----------

“Cães amam seus amigos e mordem seus inimigos, bem diferente das pessoas, que são
 incapazes de sentir amor puro e têm sempre que misturar amor e ódio em suas relações.”
 Sigmund Freud


 S. Freud: "Que objeção pode haver contra os animais ? Eu prefiro a companhia dos animais à companhia humana."
George Sylvester Viereck: Por quê?

S. Freud: "Porque são tão mais simples. Não sofrem de uma personalidade dividida, da desintegração do ego, que resulta da tentativa do homem de adaptar-se a padrões de civilização demasiado elevados para o seu mecanismo intelectual e psíquico. O selvagem, como o animal, é cruel, mas não tem a maldade do homem civilizado. A maldade é a vingança do homem contra a sociedade, pelas restrições que ela impõe. As mais desagradáveis características do homem são geradas por esse ajustamento precário a uma civilização complicada. É o resultado do conflito entre nossos instintos e nossa cultura. Muito mais agradáveis são as emoções simples e diretas de um cão, ao balançar a cauda, ou ao latir expressando seu desprazer. As emoções do cão (acrescentou Freud pensativamente) lembram-nos os heróis da Antigüidade. Talvez seja essa a razão por que inconscientemente damos aos nossos cães nomes de heróis antigos como Aquiles e Heitor."
[entrevista concedida ao jornalista americano George Sylvester Viereck, em 1926. O texto integral foi publicado no volume Psychoanalysis and the Fut, número especial do "Journal of Psychology", de Nova York, em 1957.]

4 comentários:

  1. Queiroz Alcântara30/05/2014 13:45

    Freud foi perfeito em suas afirmações e não me envergonho de compartilhar de seu pensamento quando disse que preferia a companhia dos animais à companhia dos homens.

    ResponderExcluir
  2. eu tbm prefiro a companhia dos animais

    ResponderExcluir
  3. Gente culta, inteligente, bonita, famosa ou não, sempre demonstram afeto, compaixão aos animais. Já, os sem cultura, ignorantes, feios, sem talento, idiotas e sem noção não amam nem a si próprios e quando dizem que "gostam" de animais, dão preferencia aos de raça e que "estejam na moda", seja para cruzar e ganhar dinheiro com a venda ilegal de filhotes ou para aplacar seu complexo de inferioridade e feiura.

    ResponderExcluir
  4. Victória
    Afeto e compaixão aos animais não acho que esteja ligado a cultura ou inteligência, o respeito sim, este afeto já vem com vc, observo as crianças, umas já vem com uma afeto enorme pelos animais (sou um exemplo disso) e até mudam a opinião dos pais em relação aos animais e outras precisam ser educadas a respeitar.
    Mara

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪