03/05/2014

Cães sofrem maus tratos em abrigo no Rio

Gente, é o abrigo da D. Lazica.... que encrenca, meu Deus!!!! quem denunciou foi uma pessoa que trabalhava direto lá e, pelo que entendi, ela acha que a D. Lazica está meia perdida nas idéias.... até pode ser.... Temos muitas aqui no Rio.... Só Jesus na causa mesmo.....

Balanço Geral RJ - Rede Record - 30/04/14

18 comentários:

  1. Muitos são os casos de protetoras na mesma condição de D. Lasica e isto acontece por conta da irresponsabilidade dos que abandonam os animais na sua porta e nunca mais aparecem. Vale lembrar também a dinheirama gasta com o tratamento supérfluo e absolutamente dispensável dado a alguns tutelados, cujos proprietários não sabem mais onde gastar com seu pet e o cumulam de tratamentos de beleza carésimos, roupinhas,coleiras preciosas e extravagâncias mil, sem se lembrar de auxiliar em casos como esse, onde falta o básico para animais igualmente sagrados.

    ResponderExcluir
  2. Isso é muito comum , em qualquer cidade tem uma senhora que faz a mesma coisa do mesmo jeito, é dever do ESTADO catalogar, acompanhar e monitorar essas pessoas, porque em, algum momento o abrigo se torna um antro e a pessoa não percebe.Tem que ter fiscalização e apoio.

    ResponderExcluir
  3. Eu não entendo muito, sempre pedem ajuda pra esse abrigo e sempre quem vai lá diz que é deplorável. Tem que ter acompanhamento e fiscalização... Pelo que sei a ajuda sai só não sei se chega...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simone, vc já foi na SUIPA? Ou outro abrigo de animais que luta para dar um mínimo de dignidade em vez de deixar os animais vagando pelas ruas procriando e sujeitos às doenças e maldades desta sociedade? Eu conheço o abrigo, e é realmente triste ir lá e ver cães abandonados e sem a infra ideal, mas todos são alimentados, vermifugados, castrados, existem mutirões de veterinários para tratá-los. Não é um depósito guardado por uma insana. Acho que em vez de tentarem julgar ou destruir um trabalho de anos de muito amor, as pessoas deveriam participar mais, da forma como puderem e sobretudo verificarem se denúncias como essa têm de fato fundamento ou se existem outros interesses ou aspectos pessoais distorcendo os fatos. Um abraço, Carlos Pinto

      Excluir
    2. Conheço a Lazica, pessoa de carácter, boa de coração, ama os animais e cuida da maneira que pode! Agora, tenho certeza que essa mulher que denunciou está querendo se promover de alguma forma em cima do abrigo onde existe um trabalho sério com veterinário(a)s que trabalham gratuitamente no local aos sábados levando os animais para castração e o que mais for preciso. Animais com doenças sempre terá, pois até minha cadela que é criada com todo conforto em apartamento já pegou pulgas ao passear na rua, quem dirá um lugar onde tem muito mato como é lá, existe ainda uma facilidade maior de aparecer carrapatos, pulgas, ratos e qualquer outra peste dessas, inclusive doenças de pele etc...

      Excluir
  4. Em vez de espalhar fofocas, como jornalista (já que tem um canal de comunicação), deveria apurar os fatos. D. Lazica é uma senhora idosa sim, mas totalmente lúcida. Não é acumuladora já que sempre apoiou adoções e feirinhas. Simplesmente tem um coração enorme e não nega abrigo aos que são abandonados em sua porta. Sua dedicação total aos animais deveria ser retribuida com respeito e não com esta calúnia.

    ResponderExcluir
  5. marisa, parabéns pela defesa. Realmente as pessoas tem que ajudar D Lazica com funcionários e como puderem. O coração da gente sofre muito com os poucos que temos, tenho 11 idosos meus, que foram alguns de rua também, imagina dessa senhora que não conheço mas que quer ajudar de qualquer forma pois tem um coração imenso como você disse, pois so que tem esse coração é que cuida desses abandonados. Sinto muito e o que puder fazer, você entra em contato com meu email. Moro no Rio de Janeiro email bethstel@gmail.com.
    Não e caso de julgar, mas de AJUDAR essa senhora para que ela possa continuar com seu trabalho, abraços.

    ResponderExcluir
  6. Concordo com tudo que a Sandra, Enaira e a Marisa postaram. Realmente é um problema de ordem publica, obrigação do serviço público, mas que na total ausência deste, é feito por pessoas que se condoem da situação de animais, muitos dos quais abandonados na porta destas pessoas que por compaixão, não querendo ver os bichinhos sofrendo nas ruas, os recolhem, muito embora não tenham as minimas condições de abrigo, alimentação, tratamento veterinário, atendimento sanitário, mas tentam fazer o que seus corações mandam. Ressaltando-se a questão daquelas pessoas, que por doença maior ainda, ao invés de adoção, "COMPRAM" um bichinho de estimação, mas por questões de suas mentes doentias e por problemas psicológicos, tentam dar ao animal uma vida diferente de suas naturezas, transformando-os em vedetes e beldades, com recursos financeiros gastos sem a minima noção do ridículo que agem com seus animais. São pessoas tão doentes quanto aquelas que abandonam estes animais a porta de abrigos quando se cansam de te-los. Em resumo, é um problema SOCIAL e de EDUCAÇÃO. Começamos pelas escolas e mais tarde não se precisará punir os homens. Se isto fosse seguido a décadas por nossos políticos e homens públicos, hoje não estaríamos lamentando estes fatos, e nem os presídios estariam superlotados.

    ResponderExcluir
  7. tq difíl dona lazica é uma idosa ms ama muito os animais mas infelizmente sozinha não pode cuidar deles e limpar toda a sujeira é dificil mesmo assim jogam os animais na porta dela e seu coração colhem esses coitadinhos então em breve vão ser recolhido para ser tratados como eles merecem que jesus a protega dona Lazica poe esa sua atitude até agora de tratar esses animais

    ResponderExcluir
  8. SE NÃO HOUVESSE TANTA GENTE RUIM E CORRUPÇÃO AS BOAS NÃO SERIAM TÃO SOBRECARREGADAS.
    Simone

    ResponderExcluir
  9. Sheila Moura.eu sempre acimpanhei o trabalho e sou testemunha até mesmo por contribuir com doações e com campanhas de adoção.
    Infelizmente d. Lazica está idosa e tem um temperamento forte.
    Ultimamente não estava mais permitindo animais sairem para feiras de adoção e a denunciantw tentou levar veterinário para ajudar o abrigo e descobriram varias doações de remedios que nunca foram dados aos animais fazendo com que os mesmos viessem a falecer e também qdo a doença era contagiosa vindo a se espalhar por todos os animais.
    Sei que a denunciante sempre fez campanhas de adoção sendo eu e minha irmã também adotantes e sei que a denuncia não é inverdade.
    Sendo assim.e tendo estado lá no dia da denúncia posso dizer que a única intenção da denunciante foi exclusivamente em ajudar e retirar os animais daquele holocausto.
    o que me admira são pessoas que vieram me falsr a respeto da situação do abrigo e de repente estarem crucificando a denunciante.
    Os seres humanos são mesmo deploráveis e muitos se escondem em pele de cordeiro.
    O abrigo realmente está em petição de miseria e não é por fslta de ajuda e sim por falta de vergonha na cara de muitos que estão se escondendo atrás de d. Lazica por motivos escusos.

    ResponderExcluir
  10. Bom Sheila, acho que tenho q esclarecer algumas coisas para vc, e as pessoas que aqui postam na fala bicho. Conheço D. Lazica, tem 08 anos. Já estive no abrigo com pessoas para adotar os animais que lá são despejados. A Lidia tem uma parceria com ela p adoção de vários animais. Essa Sra. que fez a denuncia, nunca a vi em nenhum evento de adoção do abrigo, e ela não tem entrada livre lá. São vários motivos que não cabe a mim publicar. Os colaboradores do abrigo desconhecem essa bondade de pessoa que se diz tão preocupada com os animais que lá estão. D. Lazica, não coleciona animais, ela paga um absurdo de aluguel pelo espaço onde os patutos ficam. Ali moram várias pessoas que nada tem a ver com o abrigo. Portanto se tem lixo acumulado lá, não é só dela. Quanto a essa sra., me pergunto, quais foram os eventos por ela patrocinados que ela faz questão de falar? Fui em todos e nunca a vi. Pessoas que sempre trabalharam p os animais de lá, são MONICA MAC CORD, FATIMA, CARMEM MOUZO, PATRICIA, e hoje a LIGIA E O FERNANDO e seus simpatizantes. Não sei qual a intenção da denunciante em denegrir e caluniar uma pessoa como a Lazica, alias sei bem, o mesmo motivo da época do orkut, onde essa sra. foi afastada do abrigo. E de lá para cá, ela atua vergonhosamente contra uma sra. de 71 anos que nunca lhe fez mal algum. O único mal que ela fez, foi recolher todos que são jogados na sua porta. Essa denunciante diz que tosava, dava banho e ia limpar o abrigo. MENTIRA, nunca esteve lá fazendo nada pelos animais, nem qdo fazia parte dos colaboradores até ser retirada pelos outros membros. Vergonhoso o que essa mulher está novamente fazendo. Mas, ela vai ter que responder na justiça, ah isso com certeza. E se certas denúncias que D. Lazica fez aos seus amigos sobre essa pessoa, a situação dela vai piorar bastante. Espero ter ajudado a esclarecer certas coisas sobre essa pessoa simples e de alma tão grande como a Lazica.

    ResponderExcluir
  11. Iara e todos mais,
    publiquei esta postagem, exatamente, objetivando que a verdade seja dita. Não conheço a Lazica e nem poderia fazer nenhuma analise sobre qualquer protetor com base no que os outros dizem. Nossos leitores aqui ficam a vontade para opinar e dar sua versão dos fatos. Espero, sinceramente, que tudo seja esclarecido e a Lazica tenha apoio que merece, até mesmo, psicologicamente, se for o caso. Obrigado a todos pelos esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  12. Se essas pessoas que reclamam ajudassem essa senhora e outras que jogaram os cães lá para ela cuidar não o tivesse feito, com certeza a situação estaria outra, por outro lado, ela teria que ser indenizada, pois esse serviço pertence ao município e não aos munícipes.

    ResponderExcluir
  13. Ana Beatriz Fischman04/05/2014 15:30

    Infelizmente vou dar meu testemunho, não como colaboradora do abrigo, pois meu auxilio foi mínimo e pontual nestes anos todos, ao contrário do de minha irmã, que se fez presente em todos os segmentos e rotineiramente(apesar desta Sra afirmar que ela não pisa no abrigo há 3 anos, foram só 2, sendo que acompanhando a dita Sra), pois de forma independente continuou frequentando e ajudando; ou será que nem mesmo contar ela ainda sabe??? A sra Monica Fischman, nunca se importou de trabalhar nos bastidores, diferente de pessoas que adoram alardear seus feitos e maquiá-los. Assumindo cirurgias, internações, medicações, alimentos e ampla reforma do abrigo. O abrigo há 10 anos atrás era toda de pedaços de madeira e a Sra Monica Fischman foi a pioneira e grande responsável pelas melhorias; pois hoje o mesmo se encontra cimentado. A Sra Lucia Xavier, ao contrário do que afirma, nunca entrou com ajuda $, até porquê esteve sempre em dificuldades financeiras, apesar dos inúmeros títulos apregoados que não resultaram em ajuda monetária efetiva, e cabe ressaltar, a maioria falácias. Apesar de seu enorme amor aos animais e trabalho em prol deles, que isto pelo menos é verdade! Somente quero descaracterizá-la totalmente como pessoa isenta, em pleno gozo e uso de suas faculdades mentais! E olha que não precisa ser psicóloga(Minha formação) para verificar que a mesma desenvolveu traços mitomatos( crenças nas próprias mentiras), egóicos, fora a prepotência e arrogância natural de sempre se achar melhor que os outros ou que faz mais que os outros. Inclusive a colocação de um curriculum vitae se autointitulando a grande divulgadora e mantenedora do abrigo.; chega a ser risível Por outro lado, afirmo que toda esta situação é de uma tristeza enorme e profunda decepção, principalmente para Dona Lazica, para os animais que dependem dela ,e em grau menor para pessoas que julgavam conhecer o carater e o comprometimento desta Sra não somente para com os animais, mas também com a pessoa que sempre a acolheu e abriu seu abrigo com a crença que poderia achar nela uma verdadeira parceira e facilitadora nas adoções de seus animais. Infelizmente é muito triste verificar que todo o bem que ela fez ao abrigo e aos animais ela acabou de desfazer com fealdade, mentiras e manipulação da mídia e de pessoas ligadas a causa. Só um desequilibrio mental grave, justificaria este ato insano da Sra Lucia Xavier.

    ResponderExcluir
  14. Essa denúncia é uma mistura de egocentrismo/egoísmo, surto psicótico, autopromoção, e ingratidão. É uma demonstração de como a visão unilateral (seja oportunística ou talvez meramente doente psíquica, sem poder afirmar com precisão) tenta destruir em poucos instantes todos os dias, meses, anos de trabalho, amizade, carinho e dedicação de todas as pessoas que se envolveram e se envolvem no trabalho de apoio à Lazica. O que mais chama atenção é como a Lúcia Xavier parece achar que o mundo gira ao redor dela e tudo o que aconteceu no abrigo foi por que ela fez/quis/percebeu/mobilizou. Qualquer tentativa de ser protagonista dos acontecimentos deslancha na maior das injustiças e distorção da realidade. Eu conheço este abrigo há mais de 10 anos e sempre lutaram com dificuldades, mas com muita garra e ele está de pé porque a Lazica está lá todos os dias e é ela a verdadeira heroína desde sempre. Na "egotrip" de Lúcia, parece até que a própria Lazica virou personagem secundária. Difícil de diagnosticar os interesses da Lúcia neste momento, mas não creio que alguém que busque somente o bem estar dos animais conseguiria alguma coisa de construtivo agindo da forma que agiu. E continua agindo, chamando cada vez mais atenção para si, agora com uma surreal carta de auto-desligamento, que mais uma vez se preocupa, em boa parte do texto, em auto-elogios e se auto-promoções. E procura reforçar a percepção de ter alguma autoridade moral ou histórica que lhe façam ser capaz de avaliar algum possível substituto (?!) para uma posição que qualquer voluntário sabe que não existe. Esta Sra. Lúcia Xavier deve estar em busca de alguma atenção, mas seja ela qual for, provavelmente não será boa para os animais. Há um quê de personalismo, revanchismo, intriga, ressentimento, autocracia no ar e isso jamais ajudará ao abrigo ou a alguma solução inteligente. O intuito de tanto esforço é mesmo destruir, ainda que travestido por demonstrações dramatizadas de nobreza e preocupação com os 300 animais que lá estão. Parece que pensar diferente de Lúcia Xavier, a começar pela própria dona do abrigo, faz com que automaticamente sejamos enquadrados como seus antagonistas. Creio que a resposta neste instante é evitarmos essa energia negativa e direcionarmos os esforços no sentido de que esta atitude má seja devidamente anulada junto às autoridades. Tenho certeza de que todos aqueles que acompanham e conhecem o trabalho da Lazica e dos seus protetores e voluntários, irão se mobilizar e comparecer a esta audiência absurda na próxima segunda feira e de cunho mesquinho provocada pela insanidade (ou repito, não sei mais quais interesses obscuros) de Lúcia Xavier e darão os seus testemunhos para, dentro dos limites da Lei e do bom senso, encontrarmos uma saída equilibrada tanto emocionalmente quanto pragmática, para um fato gerado por alguém que carece destes atributos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este depoimento não é anônimo. Foi feito por mim, Carlos Pinto Silva. Convivi tempo suficiente para conhecer a denunciante Lúcia Xavier e suas características pessoais, de quem preferi me afastar há muito tempo por não concordar com seu comportamento. O que está acontecendo hoje, lamentavelmente apenas reforçou a minha percepção sobre esta Sra.

      Excluir
  15. Sou biólogo e tive acesso ao vídeo entregue à SEPDA relativo ao abrigo da sra. Lazica. A parte externa do abrigo esconde a situação de calamidade de seu interior. Animais presos em jaulas cimentadas, cheias de buracos com comida espalhada pelo chão e pote de água. No telhado, enormes quantidades de um tipo de tapete preto de borracha imundos e com baratas. Essas jaulas se espalhavam pelo interior da estrutura. Li muitas linhas sobre a denunciante, tantos disparates que até parece que essa pessoa não existe, é uma figura fantasmagórica criada para cada tipo de conveniência pessoal dos chamados "portetores".
    Mas sobre os muribundos animais daquele abrigo, nada se discutiu. O vídeo é claro, as imagens daquele sofrimento não me remete a proteção. Se isso for proteger animais, não sei o que é maus-tratos e crime por melhor que sejam as intenções.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪