10/04/2014

Toxoplasmose: a culpa não é do gato!

Leitor Carlos Alberto nos mandou matéria publicada no Yahoo. Só o título já é o máximo.....muito bom!!!!!
___________

A toxoplasmose é uma doença causada por um protozoário chamado de Toxoplasma gondii. Popularmente, ela é conhecida como "doença do gato". Esse nome foi dado porque o felino, sendo ele doméstico ou não, é o hospedeiro definitivo (que libera o parasito no ambiente). Ou seja, para completar o ciclo, esse protozoário passa por um gato ou outro felino. Porém, o que a maioria das pessoas desconhece é que não é através do contato direto com um bichinho
que um humano contrai a doença. A culpa não é do gato!
Para entender melhor, é importante saber que nem todos os felinos possuem esse protozoário. A grande maioria dos gatos domésticos não o tem. O Toxoplasma gondii está espalhado pelo mundo todo e a maioria das pessoas entra em contato com ele através da ingestão de carne crua, de verdura mal lavada ou água contaminada. ÉAquele seu churrasco com carne mal passada, por exemplo, pode ser o verdadeiro transmissor da toxoplasmose.
Como pegar a toxoplasmose?
Os animais contaminados eliminam oocistos nas fezes. Esses oocistos vão para o solo e podem contaminar as verduras, por exemplo. A pessoa faz a salada, não higieniza o alimento direito e ingere-o. Nem todas as pessoas desenvolvem sintomas. Muitas são apenas portadoras do toxoplasma e nem sabem disso!
No geral, pode-se contrair o protozoário através de:
  • Carne mal passada ou crua que esteja contaminada; 
  • Verdura contaminada e mal lavada; 
  • Leite cru: aquele leite que não é industrializado e nem fervido; 
  • Queijo feito com leite cru que esteja contaminado; 
  • Transplacentária: da mãe portadora do protozoário para o bebê; 
  • Comendo fezes de felino que esteja contaminada: ingestão acidental de fezes de um animal que possua o oocisto esporulado. Para isso, é necessário que as fezes fiquem no ambiente por diversas horas ou dias e depois seja ingerida. 
Cuidados para evitar a doença
  • Tenha o mínimo de higiene no seu dia a dia. Lave bem as mãosantes de preparar alimentos; 
  • Lave as verduras, frutas e legumes antes de consumir ou servir; 
  • Não coma carne crua ou mal passada; 
  • Não beba leite cru. Os vendidos nos supermercados são pasteurizados e podem ser bebidos sem ferver; 
  • Não coma fezes de gato e não deixe as crianças comerem, principalmente os menores que muitas fezes brincam na terra e colocam a mão na boca se lavar; 
  • Mantenha a bandeja de areia do seu gatinho de estimação sempre limpinha e lave as mãos depois de limpá-la. Se possível, use luvas na hora de lavar a bandeja; 
Como evitar que os gatinhos se contaminem:
  • Alimente seu gato com boa ração: isso ajudará a evitar que ele ingira caça e possa se contaminar; 
  • Não dê carne crua para o seu gatinho: a carne pode estar contaminada e passar para o seu felino; 
  • É muito raro um felino que tenha o protozoário, apresentar algum sinal clínico, devido às características do ciclo. Leve o seu gatinho frequentemente ao médico veterinário para ser examinado e tirar todas as dúvidas.
É muito importante saber que:
  • Pode fazer carinho à vontade nos gatinhos. Não há risco; 
  • Não abandone seu bichinho por causa da doença. Ele não tem culpa da carne contaminada que você come no seu churrasco! Cuide bem dele e dê muito carinho. Ele depende de você; 
  • Para pegar a toxoplasmose você precisa comer coco ou ingerir alimento contaminado, ou seja, tenha o mínimo de higiene para evitar a doença. Não culpe o gato! 
  • Não existe vacina contra a toxoplasmose; 
  • Está grávida e está com medo? Continue sem comer coco de gato e cuidando da higiene e dos alimentos, que tudo dará certo! Não se esqueça de fazer o pré-natal. 

FONTE: Yahoo

6 comentários:

  1. Adorei ler esta informação. Vou guardá-la e toda vez que alguém quiser culpar o gato pela toxoplasmose, eu mando este texto que informa muito bem a real transmissão da Toxoplasmose.

    ResponderExcluir
  2. Não como carne nem coco de gato. Mas abraço e beijo os meus o tempo todo, há vinte anos, e não tenho problemas com isso!

    ResponderExcluir
  3. Quando eu nasci, mamãe ganhou um gatinho de presente. Desde então, sempre tive gatos e nenhum problema. Quanto mais as pessoas tentam fugir aos problemas, com mais frequência eles surgem. Amo todos os animais e eles sempre fizeram-me bem, menos o humano.

    ResponderExcluir
  4. Esta campanha é da Gabi Toledo do PEA, o texto é dela.

    ResponderExcluir
  5. É isso mesmo, me criei no meio de bichos entre os quais muitos gatos e nunca tive qualquer problema de saúde que pudesse ser atribuída a eles. Meus filhos foram criados em meio a bicharada e nem alergia tiveram. O povo come carniças mal passadas, sem critério algum de escolha e de higiene na manipulação dos alimentos, pega uma doença e põe a culpa nos gatos... Pelo visto a Idade Média não acabou.

    Em tempo: tenho uma rinite alérgica atribuída à poeira e mofo, mas que se manifesta principalmente quando na presença de certos tipos humanos.

    ResponderExcluir
  6. Ana Lucia Nunes14/04/2014 10:51

    Precisaram fazer pesquisa pra saber isso ????
    O ser humano que se diz racional é que não é higiênico e põe a culpa dos bichinhos !!!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪