14/04/2014

Funcionário da Claro brinca de jogar gato para o ar - Guatemala

Gente, fiz questão de publicar o vídeo completo para que possamos analisar o que  um humano é capaz de fazer.... O indivíduo acaricia o gatinho, disfarça o tempo todo até hogar o pobre para o ar..... Ah, a empresa o despediu por causa do ato, Claro!

(vídeo completo)
________________________

CIUDAD DE GUATEMALA - El video que tituló Descripción gráfica del gato volador, muestra cómo Obando Mendoza espera a que no haya nadie en la calle para cometer su fechoría y después de lanzar al
felino, corre para que los vecinos no lo vean, se escucha su risa y la de otra persona quien graba el video.

Debido al uniforme que el joven portaba, trascendió que trabajaba para la compañía de telefonía Claro, no obstante, los directivos de la empresa aclararon a través de un comunicado oficial que no son empleados directos, pero confirman que los empleadores despidieron a Obando Mendoza, a consecuencia de estos actos.

"Claro se reserva el derecho de accionar legalmente contra los individuos y reitera su compromiso de velar por el respeto a la vida", concluye un comunicado emitido en su página de Facebook.



Actualmente, el Decreto 810-1952 que da vida a la Ley Protectora de Animales establece en su artículo 22 que quien cometa crueldades con los animales, "los maltrate o les cause la muerte sin necesidad, o los someta a trabajos manifiestamente excesivos, podrá ser detenida y puesta a disposición de la autoridad competente, y penada con una multa gradual de Q1 hasta Q20".

El Artículo 490 del Código Penal señala que quien incurra en este delito será sancionado con arresto de cinco a 20 días.

Interpondrán denuncia

Alberto Ovando, representante de la Asociación de Protección Animal de Guatemala, comentó que interpondrán una denuncia ante el Ministerio Público para que identifiquen al responsable de este hecho.

El activista recordó que hay una iniciativa pendiente de aprobación en el Congreso para reformar la Ley de Protección de Animales, la cual busca fortalecer las sanciones contra personas que cometan algún tipo de crueldad contra estos seres.

"Hay empresas de seguridad que se dedican a matar animales que llegan a las residencias o empresas", comentó Ovando e hizo referencia a la necesidad de aprobar las reformas lo más pronto posible.

Fonte: PRENSA LIBRE.COM / GUATEMALA

17 comentários:

  1. A humanidade é suja! Se você observar, ele comete o ato, mas outros acompanham rindo, assistindo, filmando...Ou seja, cúmplices. Que humanidade é essa que sente prazer com o sofrimento alheio?

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Pois é, sobreviveu ou não?

      Excluir
    2. Pois é... a(o) repórter esqueceu de mencionar se o gato sobreviveu ou não.

      Excluir
  3. Idiota, imbecil!!! Cretino sem mãe!!! Perder o emprego foi pouco pra ele. Merece muita porrada e, de preferência, ser jogado pra cima também. Veremos se ele consegue cair em pé.

    ResponderExcluir
  4. E o gato? Nem tive coragem de ver o vídeo.

    ResponderExcluir
  5. Cristina Calixto14/04/2014 13:57

    Acredito que com tamanha repercussão, o babaca não só perdeu o emprego como ainda responderá às leis locais e tão cedo não conseguirá emprego informal. O que tenho pena é de ele não ter tentado essa graça com uns gatinhos selvagens, daqueles que, até para dar remédio, agridem a gente, que lhes quer bem. É muita safadeza enganar o gato tão mansinho e que nãofazia nada além de cuidar da vidinha dele. Pqp!

    ResponderExcluir
  6. ao menos a claro deu um peh na bunda do imbecil.

    ResponderExcluir
  7. mais um psicopata livre...
    elzaspanot2gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Tadinho do gatinho, tão mansinho! O infame foi dissimulado o tempo todo enquanto havia o perigo de ser visto, covarde. É tão covarde como covardes são todos aqueles que maltratam animais inocentes! As pessoas passantes também são culpadas, pois nunca param para averiguar a situação, tentar verificar se o animal corre perigo, eu sempre faço isso.

    ResponderExcluir
  9. Jorge Romano14/04/2014 16:23

    Não consegui encontrar nada na net sobre o que aconteceu com o gato. Vi o video quadro-a-quadro, mas não aparece o momento em que ele cai. O gato sabe virar no ar e cair sobre as patas, mas do keito como foi atirado para o ar, será que ele conseguiu? E os outros cornos que estavam rindo? Certamente também deviam ser funcionários da Claro.

    ResponderExcluir
  10. Espero que tenha sido despedido por justa causa e que a ficha dele fique bem suja dificultando encontrar outro emprego. Imbecil.Idiota. O que estava filmando é tão cretino quanto o maltratador. Espero que o gatinho tenha conseguido cair em pé e fugir destes monstros. Será que conseguimos ter notícias do que aconteceu com o pobrezinho?

    ResponderExcluir
  11. Nem vi o final do video, pra nao escrever um monte de palavrão aqui.....
    esse sujeito é filho do demonio

    ResponderExcluir
  12. Ana Lucia Nunes14/04/2014 20:43

    Não tive coragem de ver ...
    Só espero que lá seja um país sério e não essa pida que é o Brasil, que não pude essas bestas humanas.

    ResponderExcluir
  13. Miseráveis canalhas merecem que se faça o mesmo com esses vagabundos.

    ResponderExcluir
  14. Muita vontade de encher a fuça desse imbecil de po...da! Bater até fazer ele se cagar todo de dor e depois mandar ele pedir perdão de joelhos pro gatinho. Esses tipos não deveriam ter direito algum.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪