17/03/2014

Homem é acusado de matar cachorro e tentar afogar outro - AM

Deus meu, o que fazer com um indivíduo deste? pior é que quantos casos acontecem e a gente nem sabe.... Esta gente precisa ter uma resposta nossa...
_____________________

Segundo vizinhos,
cachorros foram maltratados pelo funcionário público
Em depoimento na Dema, Genocildo Ferreira negou a autoria dos crimes, mas delegada o indiciou por conta da consistência do depoimento das testemunhas.

Manaus - O funcionário público Genocildo Pereira Ferreira, 37, foi indiciado por maus tratos a animais.  Ele matou um cachorro após jogá-lo da varanda de sua casa e tentou matar outro afogado, mas foi impedido por vizinhos.

O crime ambiental aconteceu por volta do meio-dia desta sexta-feira, na Rua
Barbosa Rodrigues, no bairro São Francisco, zona centro-sul de Manaus.  Genocildo mora de aluguel nos altos de uma casa que fica na rua, e de acordo com vizinhos sempre se incomodava com os cachorros da rua, que eventualmente entravam na casa dele para fazer necessidades.

Testemunhas afirmaram que Genocildo, que trabalha no Tribunal de Justiça do Amazonas, pegou dois cachorros da rua, levou para o pátio da casa onde mora e afogou os dois em um balde cheio d’água. Segundo os vizinhos, o primeiro cachorro teve o pescoço quebrado pelo funcionário público e foi atirado da varanda da casa, morrendo na hora.

O outro cachorro, que está em estado grave, foi socorrido por vizinhos, que ouviram os gritos do animal e impediram que Genocildo o matasse. A polícia foi chamada e conduziu o funcionário público à Delegacia Especializada em Meio Ambiente (Dema).  Quando foi detido, Genocildo, que é natural de Aracaju (SE), estava bem vestido e ria dos vizinhos que o denunciaram.

Em depoimento na Dema, ele negou a autoria dos crimes, mas, de acordo com a delegada Isolda Castro, Genocildo foi indiciado com base no artigo 32 da Lei 9605/98, a Lei de Crimes Ambientais, por conta da consistência do depoimento das testemunhas. A pena para crimes desta natureza é de três meses a um ano de detenção, além de multa. Como houve morte de um animal, a pena pode ser ampliada em um sexto a um terço, de acordo com a lei.  A  audiência do caso será realizada no próximo dia 26. 

O fato gerou muita comoção na vizinhança, porque apesar de morarem nas ruas, os cachorros eram cuidados pelas crianças do bairro. 

FONTE: d24am

4 comentários:

  1. e ainda ri dos vizinhos que o denunciaram... vai rindo desgraçado, o que é teu ta guardado !

    ResponderExcluir
  2. Um "grandão" desses sendo punido seria uma boa para dar exemplo aos "pequenos". Assim mostrava que a justiça não arregou tudo. Mas eu duvido que haja algum avanço nesse caso. A menos que façam justiça com as próprias mãos...linchando ele...

    ResponderExcluir
  3. Fátima da Silva17/03/2014 13:19

    O problema dele já tem inicio no nome "Genocildo" que vem de genocídio.... A caminha dele já está preparada.... As pessoas podem ter privilégios desse lado de cá, mas do lado de lá a conversa é outra...

    ResponderExcluir
  4. com esse nome GENOCILDO só pode ser gente do mal PQP

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪